A lenda de Mulan: a jornada da mulher e do feminino

http://www.psicologia.pt/artigos/textos/TL0119.pdf

A lenda de Mulan: a jornada da mulher e do feminino

2008  – Cogeae – PUCSP (Brasil)

Trabalho para obtenção do título de Especialista em Abordagem Junguiana: Leitura da Realidade e Metodologia de Trabalho

O presente artigo traz o processo de transformação da consciência coletiva no sentido de incorporação do feminino em nossa sociedade e de novos potenciais na identidade da mulher. Para tal, foi realizada uma análise qualitativa embasada nos pressupostos da psicologia analítica de Jung, a partir da qual pudemos perceber a relação entre a jornada do feminino e da mulher e os mitos e contos de fadas, apresentados em forma de filmes na atualidade. Foi utilizado como recurso metodológico o filme Mulan da Disney. Também foi realizada uma pesquisa bibliográfica que aborda a questão do feminino e da mulher desde o início dos tempos até a atualidade. A análise simbólica do filme Mulan nos mostrou o quanto os filmes abarcam, na atualidade, questões arquetípicas como antigamente era colocado à sociedade através de contos de fadas e da mitologia. Mulan traz em sua história o processo de desenvolvimento da sociedade perante a necessidade de reincorporação do feminino através da jornada da heroína em que se consegue uma ampliação na consciência individual e cultural. Assim, pudemos perceber que a reintegração do feminino na sociedade e na psique de cada um é essencial para que se consiga estabelecer uma relação de alteridade entre as pessoas, já que o contato com o feminino externo também permite o contato com o feminino interno, a anima.