Ervas Medicinais, Especiarias e Temperos

Principais especiarias e suas propriedades:

Especiarias e ervas indianas:

– Anis ou Erva doce (Sounf): semente de cor verde clara e com aroma doce, estimula a digestão, e usada como refrescante após as refeições. Regula a mestruação e alivia dores abdominais.

– Assa-fétida (Hing): é uma combinação de várias resinas obtidas de certas plantas persa. De cor amarela-marrom, tem um aroma muito forte, seu nome origina-se do persa aza–resina , e do latim fetida-mau cheiro. É um poderoso agente digestivo e também indicado para o tratamento de problemas respiratório. Indipensável na culinária indiana, deve ser usado em pequenas quantidades, quando frito em óleo fervente adquiri um sabor refinado lembrando as trufas.

– Canela (Dalchini): originária do Sri Lanka, esta árvore de folhas brilhante e flores branca e amarela é cultivada também na Índia, Brasil, Indonésia e Antilhas. São retiradas as mais belas partes da casca de seu tronco e enrroladas a mão, formando canudos até tornarem secos e lisos originando a famosa especiaria usada na culinaria. Usado como estimulante das funções digestivas é usado também no tratamento de sinusite, gripe e dores de garganta. É um bom analgésico, desintoxicante e expectorante.

– Cardamomo (Ilaichi): muito estimado por sua capacidade digestiva, regula  a quantidade de ácido no estomago e ajuda a parar vômito e tosse. Ajuda a regular o metabolismo do açucar e previne a formação de muco, antídoto de lactícinios como o leite e iogurte.

Coentro (Dhaniya): As sementes na forma integral ou em pó talves sejam a especiaria mais utilizada em toda Índia.  São bons para as constipações, gripes e condições de sangue tóxico. Também limpam e descongestionam o fígado e são bons para a digestão nervosa e hiperacidez. Essencial no preparo de masalas.

– Cominho(Jira): bom para o tratamento da diarréia, disenteria e cólicas. Quando tostado ou frito, solta mais aroma e se torna mais facíl de moer. É um dos principais ingredientes da garam massala.

– Cravo-da-índia(Loung): produto da flor do cravoário, moderadamente afrodisíaco, estimula as atividades do estômago, promove a digestão, rejuvenecedor e purifica o sangue. O óleo de cravo é usado como poderoso analgésico e alivia a dor de dente.

– Curcuma ou açafrão da terra (Haldi): membro da família do gengibre, é uma raíz de cor amarelada. Pode ser usado na forma natural, mas é geralmente usado em pó para refogados e pratos de legumes. Antibiótico natural. Melhora a digestão e desenvolve a flora intestinal. Purifica o sangue e estimula a formação de novas células. Deve ser usado em alimentos com muita proteína.

– Gengibre (Adrak): é um bom expectorante, analgésico e estimulante. Usado no tratamento de gripe, indigestão, vômito, dores abdominais, hemorróidas, dor de cabeça. É fartamente usado como tempero

– Gergelim (Til):bom para rejuvenecer, fortalece as articulações e é usado para solidificar as fezes nos casos de diarréia. As sementes preta são boas para os dentes e ossos porque contém maior quantidade de energia solar .É usado normalmente em doces e para polvilhar pães.

– Mostarda (Rai e Sarsõ): negra, branca e castanha. Muito usada para temperar os refogados e nos picles. Tem propriedades analgésicas, alivia a congestão e neutraliza as toxinas. Serve como antídoto para constipações e comidas pesadas, como o queijo.

– Noz-moscada (Jaifal): sedativo eficaz para dores abdominais, dismenorréia e insônia. É um ótimo calmante, alivia a contração muscular. Tem um sabor aromático e açucarado.

Agnimukhi, Kalikari: Glória lírio, lírio-Escalada
Amalaki, Adiphala: Amla, groselha indiana
Anantamul: Sarsaparilla indiana
Aristakah, Phenila: Sabão porca, Soapnut
Ashwagandha, Penneru: Winter Cherry, Asgand
Bhumyaamlaki: Bahupatra, Phyllanthus niruri
Bhunimba, Kirata: King of Bitters
Chitraphala, Aindri: Cabaça selvagem indiano, maçã Bitter
Doshahari: Anganpriya, Ashoka, Sarca indica
Ghrita kumari: Aloe Vera, Aloe barbadensis
Jambuh: Jambolão, Syzygium cumini
Kadali, Kela: Banana, Musa paradisiaca
Kanana randa: Jatropha
Kapikachu: Cowhage, Cowitch
Karavella: Cabaço amargo, frutas Carilla
Karshaphala: Beleric Myrobalan, Hela
Khaskhasaphala: Ópio / sementes de papoula
Krishnadhattura: Roxo Datura
Kuberaksh: Malaca feijão, Gachcha kaya
Kushtha: Costus, Saussurea lappa
Madagandha, Parvathi: Linhaça, semente de linhaça
Magadhi: Lindipipper, Piper longum
Mandukaparni: Gotu Kola, Indian Penny – Erva
Nidigdhika: Amarelo-berried nightshade
Pancangulah: Mamona
Pitratarpana: Sesame, Gingli
Rasonah, Rason: O alho, Allium sativum
Shatamuli Shatawari: Shatwaar Espargos,
Shati: Turmeric Branco, Karucha
Shilajeet: Passo Mineral, Asphaltum
Shivamallaka, Virataru: Arjuna Myrobalan, Chitrayodhi
Siddhartha: Mostarda Branca, Lahi
Simhadanti: Dandelion Taraxacum Officinalis,
Sunthi: Gengibre seco, Zingiber officinale
Svarnapatri: Senna, Shonamakhi
Talispatra: Taalisapatri, Zarunab
Vaboula, Babbula: Indiano goma arábica, Nallatumma
Vachha: Calamus, Vacha, Bach, Vasambu
Vasaaka: Justicia Adhatoda, Adulsa Arusa
Vashini: Planta Humble, Toque-me-não
Vidanga: Embelia ribes, Embelia Indica
Yashtimadhu: Alcaçuz, Glycyrrhiza glabra
Yavah, Yavaka: Cevada, Hordeum vulgare