Especiarias

Especiarias:


Especiarias: qualquer planta aromática usada para condimentar.  As especiarias são produtos aromáticos que fazem realçar aspectos desconhecidos dos ingredientes – e apenas algumas, como o piripiri, as pimentas e o gengibre, ardem na língua. Uma especiaria bem adicionada a um prato suave pode torná-lo extremamente agradável. Também pode ser um tempero miraculoso no último momento para muitas coisas, tanto salgados como doces. O sabor das especiarias é mais pronunciado quando as compramos inteiras e apenas as moemos quando necessitamos delas.  Se puder tenha um moinho de café que use só para moer especiarias, mas pode limpar o seu moinho de café e servir-se dele, ou utilizar um almofariz, embora isso seja mais difícil com as especiarias mais duras, como a canela, o cravo-da-índia e o anis-estrelado. No Norte de África e no Médio Oriente, geralmente, põem uma vagem de cardamomo em infusão no café. Poderá fazer experiências com diferentes especiarias, do mesmo modo que com as ervas, as pessoas ficam intrigadas com o gosto difícil de definir de uma determinada especiaria num certo prato. Também poderá fazer a sua própria mistura de especiarias, para usar nos pratos, como as donas de casa fazem na Índia. Um cuidadoso tempero da comida parece animar as pessoas, e as comidas condimentadas, numa festa, são quase sempre mais notadas e mais recordadas.

Absinto Russo (Artemisia dracunculus): o mesmo que estragão (ver).

Absinto ou Losna (Artemisia absinthium): erva usada como aromatizante, na preparação de certos licores (vermutes). Não é recomendada sua utilização contínua ou em excesso. Toulouse-Lautrec era viciado em uma aguardente feita com absinto. Fama de alucinógena. Família das compostas.

Açafrão (Crocus sativus): de origem mediterrânea, é utilizado para dar cor amarelo-ouro a determinados pratos, como paellas, molhos, farofas, dobradinhas, carne de carneiro, sopas e risotos. O europeu é o estigma ou pólen da flor do croco ou lírio. (500.000 flores dão 1 kg de estigma). Usar em arroz e pratos de peixe (paella, zarzuela e boulabaisse). Também em bolos, pães e biscoitos. Espanha. Estes estigmas secos de um caroço especial são a especiaria mais cara do mundo, visto que são colhidos manualmente. O açafrão transmite uma forte cor amarela e tem um gosto único e penetrante – basta uma pitada para condimentar e colorir qualquer prato. Para captar melhor o sabor, colocar alguns filamentos no líquido fervente, para fazer uma infusão de, pelo menos, 15 minutos, e depois juntar o líquido dourado pelo açafrão aos ingredientes principais. A sua melhor utilização é com arroz e peixe – por exemplo, na paella espanhola, risottos italianos e pilaffs indianos. É bom com pratos de peixe que têm molhos cremosos, e as natas com sabor a açafrão são excelentes no purê de batata. Também é tradicionalmente usado em bolos e biscoitos. Francês = safran, Inglês = saffron, Espanhol = azafrán, Italiano = zafferano – Estigmas secos da flor de um membro da família açafrão. Especiaria mais cara. O seu aroma e sabor não pode ser duplicado. Confere uma cor amarelo escuro. (tópicos inteiros ou em pó): Secas amarelo-laranja estigmas da planta açafrão.  Sabor suave e característico. Deve ser rica em líquidos quentes antes da utilização. Usos: Bolos, bouillabaisse, ensopados, molhos e pratos de arroz, frango,  receitas espanholas (paella), bolos e pães suecos. O açafrão é uma especiaria muito cara com um sabor suave e distinto e utilizado principalmente em pratos de aves, arroz e frutos do mar. –  não pode ser fervida ou reduzido em molhos ou outro líquido, sem perder uma grande porcentagem de sua fragrância. Para desenvolver o sabor, embeber os fios ou em pó em uma pequena quantidade de caldo quente ou alguns minutos e imediatamente antes de servir adicionar a mistura para a cápsula preparada. Saffron pertence à família Iridaceae, que inclui íris e açafrões. Saffron consiste nas profundas de cor laranja estames do açafrão. Demora aproximadamente 35.000 flores para produzir um quilo de açafrão.  Uma vez que leva em torno de 35.000 flores para produzir um quilo de açafrão (de estames das flores), o açafrão é a especiaria mais cara do mundo. O açafrão é laranja escuro e fio-like, com um sabor picante e aroma. Mesmo triturados, é adicionado direito antes de servir para manter o seu sabor e aroma.

Açafrão-da-Terra ou cúrcuma ou tumerique (curcuna longa): (em pó). é uma zingiberácea de raiz aromática com sabor ligeiramente amargo, ideal para dar uma tonalidade amarela em diversos pratos, como arroz e caldos. Muito utilizada em pratos da cozinha baiana indiana e asiática. Planta da família do gengibre. Brasil.

Aceto balsâmico: vinagre preparado com uvas maduras e envelhecido em barris de carvalho. Usado para temperar carnes, aves, peixes e em molhos (termo italiano).

Aceto: o mesmo que vinagre (termo italiano).

Agrião (nasturtium officinale) hortaliça da família das crucíferas, sabor picante, usar (como tempero) da mesma forma que uma pimenta suave ou o gengibre.

Aipo (Apium graveolens): hortaliça de sabor marcante cujas folhas são utilizadas para temperar caldos ou sopas. Seu talo pode ser consumido cru em saladas ou cozido em ensopados. Da mesma família que o salsão, só que mais graúdo, com o talo branco mais rijo e mais grosso. Ótimo nas saladas, canapés, ensopados. Muito usadas na Europa e estados Unidos são as sementes, para temperar assados, sopas, picles e saladas. Na Grécia antiga, era considerado sagrado e foi utilizado em emblemas de nobres. Aipo Marrom ou sal de aipo ou aipo em pó: aromatiza o sal. Principalmente usado em pratos com ovos, aves, sucos de tomate, saladas de batata, atum e cozidos com carnes e vegetais. Tempero feito principalmente com a semente. Também chamado aipo em pó: tempero de salada de folhas ou legumes, molho de tomate, sopa de legumes, de cebola e caldo verde. Origem Europa.

Albahaca: o mesmo que manjericão (termo espanhol). Não confundir com alfavaca (basilicão)).

Alcaparra: (do árabe al-cabbara) é o botão da flor de um arbusto nativo do Oriente, da região mediterrânea, hoje cultivado em muitas regiões quentes. De sabor acentuado, são utilizados em molhos, carnes, saladas, conservado em vinagre ou na salmoura. Guarnições. Obrigatório no bife tártaro. Facilmente encontrada em vidro, conservada em sal e vinagre. Bom em saladas, pratos de carne diversas, peixes e frutos do

mar, molho e pizzas. Indispensável para o bife tártaro. Para os molhos, as mais valorizadas são as de tamanho pequeno, que não precisam ser picadas.Ao contrário, da maioria dos temperos, as alcaparras guardam seu aroma e seu sabor depois do cozimento e se misturam muito bem com a cebola e azeitona para caracterizar os pratos mediterrâneos.- Pickled botão de flor de um arbusto crescendo no Mediterrâneo Sugestão de uso: molhos para peixes e frutos do mar.Em pratos de peixe, frango e batata.

Alcarávia: o mesmo que cominho-armênio, kummel ou cominho de pão ou cariz. as folhas novas são usadas para enfeitar vegetaias cozidos. As folhas e as hastes mais lisas podem ser consumidas em saladas ou cozidas com outros vegetais. – Esta semente, fruto de uma planta da família da salsa, é doce, noz e picante. Sementes de cominho são populares em queijo pão de centeio, e aspergiu sobre cordeiro ou de porco antes de assar. Caraway ajuda a reduzir o cheiro de repolho em muitos pratos. sementes secas aromáticos de erva da família cenoura. Sugestão de uso: Em chucrute centeio, pão, bolose biscoitos, também em queijo. As folhas cortadas finamente e lisos, cabeças-esverdeado brancas flores se assemelham aos de cenouras. As sementes foram fama para ajudar à digestão, fortalecer a visão, melhorar a memória, curar a calvície, pare inconstância de um amante, e prevenir o roubo de todos os objetos que os contenham. Rígido marrom cimitarra em forma de sementes de uma planta da família da salsa. Nutty, delicado, sabor de anis, como usado em cozinha alemã, austríaca e húngara. Pães, chucrute, queijo, macarrão, carne de porco assada, goulash, maçãs assadas, e Kummel licor. As sementes dão um sabor picante a assados. Polvilhe as sementes de alcaravia pela porta, cordeiro ou de vitela antes de assar, e maçãs assadas.Adicionar aos pratos de queijo, maçã e torta de maçã. Sementes de alcaravia: Descrição tempero (secas sementes inteiras): Sementes de uma erva da família salsa, noz, o sabor de alcaçuz, sabor pão de centeio familiares. Usos: Pães, Queijo para barrar, decapagem, legumes, repolho, e receitas alemãs, austríacas e húngaras.

Alecrim (Rosmarinus officinalis): com aroma forte e gosto adocicado e acentuado, o alecrim enriquece o sabor de sopas, carnes, aves, peixes, patês de fígado, saladas, molhos, ovos, mexidos, omeletes, ensopados e grelhados. Pode ser encontrado seco (folhas ou pó) ou fresco. Nas carnes deve ser esfregado na superfície e, em aves, também por dentro. Usar com discrição. Obrigatório no assado de cordeiro. Bom em assados. Mediterrâneo : Itália, Espanha e Grécia. Ensopados (carneiro fica sensacional), aves, peixes, molhos, sopas (principalmente as ervilhas e de tartaruga),. As folhinhas secas bem maceradas, passadas em carne de porco ou galinha, antes de assar, dão um toque especial. Bolo de fubá, mas com calma que alecrim é forte. Frutos do mar.  Beringela, patês, coquetel de marisco, Minestrone e sopa de tomate, Batatas, couve-flor ou tomates, Omeletes, ovos recheados, Cozido de carne, assado de porco, frango, Peixes grelhados e cozidos,marinadas, Molho Branco para legumes, molho a bolonhesa, vinha-d’alhos, suco ou salada de frutas e biscoitos. Muitas vezes usado com carneiro, o alecrim também é excelente com carne de porco, coelho, frango e salsichas. Tem um sabor forte, pelo que convém usá-lo cuidadosamente e finamente picado. Os pés inteiros fazem uma boa base para grelhar carne. Experimente-o em infusão em pratos doces, como cremes, molhos doces, xaropes e gelado de baunilha.     Francês = romarin, Inglês = rosemary, Espanhol = romero, Italiano = rosmarino    Folhinha de perfume doce e fresco, que vai muito bem no preparo de carnes, ensopados (carneiro fica sensacional), aves, peixes, molhos e sopas (principalmente a de ervilhas), omeletes. Como suas folhas pontiagudas são ruim de mastigar (e ficam ainda mais duras quando secas), esta erva é usada durante o cozimento e depois retirada da comida. As folhinhas secas bem masseradas, passadas em carne de porco ou galinha, antes de assar, dão um toque especial. Um pouquinho também no nosso bolo de fubá, mas com calma que o alecrim e forte. Use o galhinho para decorar o prato que for feito com essa erva. Se pulverizar, faze-lo logo antes de temperar, para não perder o perfume. – erva (ramos frescos ou em pó integral): prata-verde, pinho agulha em forma de folhas, membro da família de hortelã. Dica, doce de limão e pinho. Usos: caçarolas, peixes, saladas de frutas, cordeiro, frango, sopas, recheios, molho de tomate. Folhas de alecrim: pertencentes à família mint. Sugestão de uso: recheio, pratos assados, como cordeiro, carne de porco, aves e caça selvagem.Pimenta vermelha: . chão, inteiro ou moído quente pimentas vermelhas Sugestão de uso: A variedade de usos onde o calor é desejados; como em molhos, sopas, pratos de ovos, etc.

Alfavaca ou Basilicão: Família das labiadas, gênero ocimum, erva cujas folhas são usadas como tempero em diversos pratos da cozinha italiana, saladas, tomates, ovos, queijos, peixes, carnes, milho, massas, molhos e como aromatizador de vinagres. A alfavaca tem um sabor adocicado e é muito parecida com o manjericão, também ocimum embora suas folhas sejam mais graúdas. Origem brasileira. Seu chá substitui o café. Também é bom no arroz feito com tablete de caldo de carne. Esta folhinha e o melhor tempero para peixes, carnes e aquele arroz que se cozinha com um tablete de caldo de carne. Duas folhinhas bastam. É meio parente do manjericão, porém mais saborosa. Fácil de se ter em casa plantada. Pode-se deixar secar as folhas e guardar em vidro.

Alho poró (Allium porrum L.): (Poireau-Leek) é uma hortaliça com sabor muito semelhante ao da cebola. Utiliza-se tanto o bulbo (parte mais branca) quanto as folhas. De sabor suave e levemente adocicado, é empregado em sopas, saladas, ensopados e quiches. As folhas também são usadas secas como tempero. Parece com a cebolinha, porém maior.

Alho (Allium sativum): empregado como condimento para todos os tipos de pratos. Membro aromático e forte da família da cebola. A quantidade utilizada depende do gosto individual. Excelente em molho de tomate, carne, peixe, aves, pão de alho. É comum ser utilizado em combinação com a cebola. EQUIVALÊNCIA: 1/8 de colher de chá de alho em pó ou granulado corresponde a aproximadamente 1 dente de alho. Usar muito pouco. O seu aroma típico é fornecido por uma substância que o compõe, de noma alicina, a qual contém enxofre. O segredo é usa-lo com exatidão. viatminas B1, B2 e C. ( Quando fritar o alho, tenha cuidado para não queimá-lo, pois o prato ficará com um sabor ácido.) (Para retirar o cheiro do alho das mãos, experimente esfregá-las debaixo da água corrente com uma colher de inox, como se fôsse sabonete.) (Para eliminar o desagradável hálito provocado pelo alho, masque salsa fresca ou grãos de café.).  Embora seja um membro da família das cebolas, o alho é um ingrediente tão aromatizante como qualquer erva fresca. O aroma do alho nos cozidos é mais apetitoso do que qualquer outro. Liga bem com quase todos os ingredientes, exceto os mais delicados, se for utilizado da maneira devida. Quando cru ou ligeiramente cozido, o seu gosto é forte e intenso, mas, quando cozido     durante longo tempo com calor brando, o alho torna-se suave e doce. Por isso alguns pratos ou molhos necessitam apenas de uma pequena porção de alho, enquanto os pratos de cozedura prolongada beneficiam da adição de diversos dentes. Até mesmo as pessoas que afirmam não gostar de alho ficam surpreendidas com a melhoria de sabor.  Francês = ail, Inglês = garlic, Espanhol = ajo, Italiano = aglio.   – Alho – bulbo, membro da família da cebola tem uma longa história e foi considerado como uma erva sagrada pelos antigos egípcios. O alho é um dos cerca de 700 espécies de Allium, ou cebola, cultivada em todo o mundo pelo seu valor culinário e medicinal. Aroma do alho, característico sabor picante e fizeram dela uma das mais populares ervas. Alho acrescenta um toque clássico a todos os tipos de alimentos de vegetais, carne e peixe e é amplamente utilizado em molhos, molhos e saladas, como a tradicional mediterrânica aioli (maionese ao alho). Alho é melhor fresco e tem um sabor forte aromático utilizado numa ampla variedade de pratos. (Disponível em pó, sal, picada, ou picadas) Modo de Usar: Usado em praticamente qualquer tipo de molho para carnes, frutos do mar ou aves de capoeira. Ótimo para massas, sopas, etc.Sementes de Funcho: Semelhante endro e erva-doce desta erva aromática da família cenoura tem um sabor distinto muito próprio.Sugestão de uso: No pão de centeio molhos, tomate, feijão, lentilha e sopas. Ao cozinhar com alho, use lâmpadas que são firmes e unsprouted. Velho, brotando dentes de alho com brotos verdes que crescem em seu centro-pode ser aguda e amarga. Chefes deve ser difícil sem dar quando pressionado e sem nenhum traço de mofo ou brotação. Alho: bulbo Sabor da família da cebola. (Disponível em pó, sal, picada, ou picadas) Modo de Usar: Usado em praticamente qualquer tipo de molho para carnes, frutos do mar ou aves de capoeira. Ótimo para massas, sopas, etc.
Allspice: o mesmo que pimenta da jamaica (termo inglês). Gosto parece mistura de noz-moscada, cravo e canela, com ardor muito leve. Usada em pó, é um tempero gostoso e versátil, que valoriza salgados ou doce, bolos ou pães. Especialmente indicada para sopas, ensopados, carne de panela, molhos, bolos de frutas e bebidas quentes, tipo grog.
Aneto (Anethum graveolens), Aneth-Dill ou Dill: erva utilizada como aromatizador de licores, xaropes e vinagres. Como condimento em picles, molhos para pratos de peixe ou camarão, sopas e cremes, vinagre aromatizado, salada de batatas, molhos a base de maionese e iogurte, pães de ervas. É um tempero de cor verde brilhante, com aroma refrescante e sabor delicado. Pode ser encontrado fresco ou seco. Originário da Índia. Adotado Escandinávia, Europa Central e Oriental. Bom em batata, pepino, queijos cremosos, queijos frescos, omeletes. Também gostoso no arroz. A companhia das ervas considera o mesmo que endro. (Existe no comércio:  folhas picadas e secas, ou as semente, maiores que as da salsa). Bom em arroz, molhos, carnes, legumes e frango. Muito parecido o sabor com o do  funcho. – Semente de forma oval pequena tan da planta daninha dill. Aroma suave semelhante ao cominho.        Carnes, aves, peixes, frutos do mar, os mergulhos, picles, ensopados, sopas, saladas, molhos, molhos, pães e pratos de ovos.
Anis estrelado (Illicium anisatum): usado em pratos orientais como porco, pato ou galinha, vegetais e pratos com molho de soja. Também usar uma estrela em um bule de chá mate. China. Família da magnólia. Seco fica marrom, sabor picante. Família da magnólia. – Essas sementes pequenas, ovais estão relacionadas com endro e do cominho e vêm de Espanha e México. Eles têm gosto e cheiro de alcaçuz. Anis é usado em doces para assar, fazer licores, e nos curries para stoups e ensopados na Índia e no Oriente Médio. Originado no Oriente Médio, onde é cultivada hoje como uma cultura comercial. Pequenas flores brancas florescem em meados do verão, seguido por pequenas alcaçuz-flavored frutos chamados anis. Anis acrescenta sabor rico para biscoitos, bolos, doces, pão e sumo de maçã. É amplamente utilizado em curries indianos e ensopados. Use folhas frescas em saladas. Pertencente à família aipo esta planta vem de Espanha, México, ou a Holanda. Anis tem um sabor de alcaçuz. Sugestão de uso: bolo de café, pães doces, biscoitos, conservas, doces, e xarope para a tosse. Grande marrom fruta em forma de estrela de uma árvore verde. Cada ponto contém uma semente.Anis-como o sabor. Um favorito decapagem dos velhos tempos.Disponível desde o levantamento do embargo comercial a China. Cozinhas asiáticas, aromatizantes de chá, licores e produtos de panificação. Encontrado no chão forma-in Spice Cinco chinês. Sementes de anis: Pequenas cinza-marrom sementes de uma planta da família salsa.  Alcaçuz-como o sabor. Seu óleo é muito usado em aromatização de alcaçuz, alcaçuz verdadeiro, mas é derivado das raízes de uma planta diferente. Licores, doces, pães, sobremesas de frutas, molhos, bolos, biscoitos e pratos de carne. (inteira ou moída): Pequenas verde-marrom, em formato de vírgula sementes. Membro da família da salsa. Sabor doce de alcaçuz. Usos: pães, bolos, doces, biscoitos, molhos de frutas, receitas Sudeste Asiático, salsicha italiana. Sementes de anis pode ser inteiro ou moído e tem um sabor de alcaçuz agradável. É basicamente usado em salsicha italiano, mas também pode ser utilizado em produtos de pastelaria, biscoitos e pães. Anis: ou Aneto erva-doce (pimpinela anisum). As sementes são temperos para  bolos e broinhas de fubá. E para o quentão. Usadas com sabedoria melhoram sopas como o “borsch“, creme de tomate e pratos de peixe. Use também em pasta de queijo. As folhas, como as sementes, dão chá tranqüilizante. Licor.


Anis-doce: o mesmo que funcho.
Arruda (ruta graveolens): É folha bastante aromática, que se pode usar para temperar assados e saladas. Mas o paladar é forte. Há quem não goste.
Artemísia: o mesmo que Sálvia (salvia officinallis) A erva-dos-cem-gostos (há outras artemísias)
Avelã: componente do Dukkah, tempero egípcio.

Assa-fétida (Hing): é uma combinação de várias resinas obtidas de certas plantas persa. De cor amarela-marrom, tem um aroma muito forte, seu nome origina-se do persa aza–resina, e do latim fetida-mau cheiro.
Azeda (Oxalis acetosa). (Por seu teor amargo, esta planta não deve passar pelo cozimento.). Saladas e sopas. Será a azedinha?
Azedinha: utilizada na cozinha egípcia e muito consumida pelos faraós. Existem dois tipos de azedinha comestíveis: a francesa e a jardim. Podem ser consumidas cruas, em saladas, ou cozidas, em refogados, sopas e peixes. Também chamada azeda-miúda e azedinha-miúda.
Basilicão: Pouca gente conhece, poucos sabem usar. O sabor e o aroma são bastante fortes, ma vale a pena experimentar ate acertar, porque é tempero excelentes para molhos e massas. No carneiro fica espetacular. 5.7Também é nome de ungüento.
Basilico: o mesmo que manjericão (termo italiano).  Manjericão – Embora existam muitos tipos de manjericão utilizadas na cozinha (manjericão, manjericão limão, roxo tailandês de manjericão), a folha de manjericão é conhecido por seu aroma penetrante e sabor semelhante ao hortelã e cravo. O manjericão é uma erva versátil adequado para tomate, pratos de carne (especialmente na culinária tailandesa), e é um ingrediente básico do molho pesto. manjericão, para os italianos, é um símbolo do amor. O que a maioria de nós o amor é manjericão picante, sabor picante, cravo e aroma. Nenhuma outra erva se destaca muito como manjericão, pelo seu aroma. Fragmente suas folhas e do cheiro acre enche o ar, e tem um sabor a condizer. Basil pode ser fresca de seca. É uma erva aromática com um cheiro doce e sabor. Basil é utilizado em pratos de tomate, molho de macarrão e grandes com costeletas de cordeiro, pratos de carne e saladas. Folhas verdes brilhantes de uma erva da família das mentas. Especialmente adequado para tomate com sabor de pratos.Atualmente desfrutando o crescimento mais rápido a popularidade de qualquer erva! Licor de Chartreuse, saladas, sopas de vegetais, molhos de espaguete, pizza e cozinha italiana outro. Erva (folhas frescas ou secas e desintegrado) A maioria das variedades têm folhas verdes, algumas roxas. Membro da família de hortelã. Doce, picante sabor aromático. Usos: frango, ovos, peixes, massas, molho pesto, tomate, italiana e receitas mediterrâneas. Pertencente à família mint esta erva é um dos mais amplamente utilizado. Sugestão de uso: Ideal para molhos de tomate, pesto, e vinagretes. Spice Barbecue (Tempero): A mistura de especiarias e temperos, como páprica, pimenta em pó, sal, açúcar, alho e Sugestão de uso: Para galinha ou costelas, também para marinadas ou molhos.

Baunilha (vannila aromática ou Fructus Vanillae): descoberta no sul do México, em 1571, a baunilha é um fruto tropical, vagem de orquídea trepadeira. Amplamente utilizada em cremes de Pâtisserie, pudins, molhos doces, bolos e sorvetes. Vagens devem ser castanho-escuras, estreitas, compridas, enrugadas, cerosas e flexíveis. Guardadas em recipiente com açúcar, usar o açúcar para adoçar leite ou chocolate quente e também em bolos e pudins. A bebida asteca xoco-late era feita com cacau e baunilha. Este maravilhoso condimento deriva das vagens de uma orquídea mexicana. A melhor baunilha cresce em Madagascar, e são os cristais brancos da vanilina que se agarram à vagem que lhe dão o seu sabor e magnífico aroma. As vagens são caras, mas podem ser utilizadas várias vezes e guardadas num bujão com açúcar, a que transmitem o sabor, para utilização em pudins. O sabor da essência de baunilha sintética não se compara ao que se obtém com a baunilha verdadeira, mas pode-se comprar essência de baunilha natural. A baunilha também pode ser usada para condimentar peixe assados e molhos para peixe. Francês = vanille, Inglês = vanilla, Espanhol = vainilla, Italiano = vaniglia
Beldroega: erva (portulacácea ou urticácea) usada em saladas e sopas.
Benishooga: gengibre em conserva. Avermelhado.

Borragem (Borago officinalis). Seu uso excessivo pode causar reações alérgicas e induzir ao câncer. Planta herbácea que atinge até 50 cm de altura e cujos caules são cobertos por uma penugem. Suas folhas são verde-acinzentadas, e as flores, em forma de estrela, vão do púrpura ao azul. Folhas frescas em molhos, saladas, vegetais, queijos e bebidas. Flores em saldas, sopas, tortas e bebidas. Sabor semelhante ao do pepino.-  (folhas frescas): erva Europeia com folhas peludas. Sabor pepino. Utilizações: Saladas e legumes, chás
Brassica é um género botânico pertencente à família Brassicaceae. O grupo inclui inúmeras espécies de interesse económico para o Homem, como alimento ou condimento culinário. A família das Brassicaceae é representada por uma grande diversidade de espécie, valorizadas pelas suas folhas (couves), raízes (nabos, rabanetes), sementes (colza, mostarda), gemas (couves de Bruxelas) e flores (couve de flor). Copiado integralmente wikipedia . Brassica oleracea- couve e suas variedades, Brassica rapa – nabo, Brassica nigra – mostarda-preta,  Brassica hirta – mostarda-branca,  Brassica juncea – mostarda-da-Índia.  links para wikipedia .
Canela (Cinnamomum zeylanicum): originária do Ceilão e também cultivada na América do Sul e na Índia, pode ser utilizada em pó ou em pau (casca), em molhos, bolos, doces, caldas, compotas, biscoitos, panquecas, canjicas, pães, bebidas quentes ou frias e até e algumas receitas de carne, incluindo presunto à Virginia e caças. Bananas assadas ou fritas, tortas, arroz doce. Casca de uma planta perene natural do Ceilão, é vendida em paus ou moída, e conserva-se bem. A cássia é semelhante à canela, mas tem uma textura mais grosseira e um gosto menos delicado. Utilize os paus de canela para condimentar o frango, o carneiro ou legumes cozidos e a canela moída para pratos cozinhados e sobremesas. O sabor é especialmente bom com maçãs, pêras e chocolate. Francês = canelle, Inglês = cinnamom ou true cinnamom, Espanhol = canela, Italiano = cannella In troduzidana Europa pelos fenícios.Estimulante da insulina, anticoagulante brando, combate gripe e estresse 1. Estudos da Associação de Medicamentos dos Estados Unidos (USDA) indicam que o uso de canela na quantidade de uma colher de chá diariamente reduz significantemente o açúcar no sangue e melhora a taxa de colesterol (LDL e triglicerídeos). Os efeitos, que podem ser conseguidos também ao utilizar canela em chás, beneficiam também diabéticos. Não se sabe ao certo se o consumo de canela é efetiva no combate à hipertensão arterial. Há três estudos em andamento monitorando a questão do efeito na pressão sangüínea. (links para wikipedia). Geralmente mais barata do que a cassia, nativa da China e de Mianmar, normalmente a substitui.  – está disponível em pó ou em bastões. É um membro da família Lauraceae ou louro e cresce na ilha de Sri Lanka e ao longo da costa sudoeste da Índia. A casca interna ou a árvore produz o “canela” vendido em rolo-como varas. Quebre estes pousada pergaminhos como peças pequenas como possível e depois triturá-los em uma fábrica de tempero ou moinho de café limpo. Provavelmente o tempero mais comum fermento, a canela é feito da casca seca de várias árvores de louro, nativo a Sri Lanka e outras regiões. Canela tem um sabor doce e amadeirado e é usado em bebidas, pratos de maçã, e muitos pratos de carne saborosos. Casca de várias árvores verdes na família cinnamomum. Cor marrom-avermelhada. Forte sabor. Também conhecida como cássia. O mais significativo tempero de cozimento. Vai bem com chocolate. Adiciona um sutil sabor aos pratos de carne e molhos. Casca de diversas árvores da família canela Sugestão de uso: bens de aterramento para assar ou inteiro para picles, bebidas quentes, e conservas. (varas inteira ou moída): Casca do Ceilão (lustre colorido) ou uma árvore Cassia (escuro marrom avermelhado).Aromático, pungente. Paus de canela são adicionados aos pratos durante o processo de cozimento para o sabor, não são feitos para serem comidos. Usos: bolos, biscoitos, bebidas quentes, tortas, vegetais (cenoura, abóbora, batata doce). A canela é uma casca aromática usada em presuntos, batatas-doces e bebidas quentes.
Capers – Os botões de flores de um pequeno arbusto encontrado nos países mediterrânicos. Para fazer as alcaparras, as gemas são secos e depois em conserva no vinagre com um pouco de sal. Para reduzir a salinidade, lavar antes de usar. O sabor picante de alcaparras permeia todo o molho rapidamente, e apenas uma fonte de alguns sabor de um impulso grande.
Capuchinha (tropaeolum brasiliensis, magnus, minus e tuberosum): com exceção da brasiliensis, é originária do Peru. Medicinal e culinária. As folhas e flores são usadas empanadas ou em saladas frescas; os frutos são usados no preparo de picles; os botões florais servem para substituir a alcaparra e são usados em conservas de vinagre e sal para temperar saladas e verduras cruas.
Cardamomo ou cardamona (Elettaria cardamomum): semente de aroma intenso, da família (zingiberácea) do gengibre, que deve ser usado com moderação, é um dos componentes do curry ou masala, o cardamomo é um condimento aromático com sabor forte e adocicado, utilizado em sopas, carnes de porco, fígado, saladas, bolos, tortas, biscoitos, pudins, licores, conservas de arenque, etc. Também em salada de frutas. Originário da Índia, onde seus grãos são mastigados após as refeições para ajudar na digestão e refrescar o hálito. Molhos cremosos doces. Origem na costa do Malabar (Índia). Guatemala e Ceilão. Planta herbácea, decorativa. Flor cor-de-rosa. Existe a verde, a marrom e branca, mas no Brasil só a branca. Também no café. –  – pode ser vendido como vagens, pó de semente, ou. As vagens são de cor branca, verde ou preto e conter apenas algumas sementes, cada qual, uma vez chão, mal preencher um oitavo de uma colher de chá. Manter cardamomo ao abrigo da luz e que irá manter fresco durante um tempo surpreendentemente longo. Tenha em mente um pouco vai um longo caminho. Sementes pertencentes à família do gengibre Sugestão de uso: As sementes são usadas para decapagem, e bolos variados. É um membro da família ou do gengibre Zingiberaceae, e é um dos mais caros das especiarias. Ela vem do sudeste da Índia e é utilizada não só na culinária tailandesa, mas também muitos pratos escandinavos.Tem um sabor doce intenso. Um pouco vai um longo caminho com este tempero. O cardamomo é usado em países árabes ao café sabor, em muitos pratos escandinavos, e em muitas misturas de caril na Índia. Estas pequenas sementes marrons são doce e aromática e pode ser usado para decapagem, bolos e curries.Sementes escuras cultivadas em vagens de uma planta da família do gengibre. Sabor doce, exótico usado em indiana, árabe, e os pratos escandinavos. Café, vinho, licores, picles, socos, pudins, cremes, tortas, bolos e biscoitos. (todo, sementes ou moída): As sementes são em vagens do tamanho de uma amora, dentro de um casulo branco ou verde. Membro da família do gengibre. Spicy-doce aroma, pungente, caro.Usos: bolos, biscoitos, caril, frutas, receitas indianas, pães escandinavos
Caril ou Cari (termo espanhol) o mesmo que curry ou masala: mistura de vários condimentos, usado na culinária indiana. Também é o nome do preparo de pratos que levam molho de masala. O tailandês é mais picante, pois leva pimenta, gengibre, alho e pimenta-do-reino.
Cariz: o mesmo que kummel, cominho de pão, alcarávia
Cassia ou cássia-javanesa (Cassia javanica L.) é uma árvore da família das fabáceas, sub-família Caesalpinioideae. É uma árvore de crescimento rápido, que atinge um porte de 10 metros de altura, para 8 metros de diâmetro da copa arredondada. As folhas são pequenas e semi-caducas. A floração decorre entre dezembro e fevereiro e origina flores de cor rosa. A frutificação é do tipo vagem e decorre de setembro a novembro. Malásia,   transplante difícil. Sin. bot.:Cassia javanica var. indochinensis. O sabor é semelhante ao da canela, que a substitui. – Casca: Na árvore de cássia. Sabor se assemelha a canela. Sugestão de uso: Em picadinho. Para conservas, e decapagem.Buds frutas não-maduros secos da árvore de cássia Sugestão de uso: decapagem tempero doce.
Cayenne – Um tipo especial de pimentão, originalmente cultivada em Cayenne, na Guiana Francesa. O pimentão é seco e moído em um pó fino. O pimentão mesmo é utilizado para fazer molhos de pimenta.é terra e muito quente. Ele pode ser usado para incrementar molhos, carne de peixe, pimenta caiena verdadeiro é muito quente e deve ser usado apenas em pequenas quantidades (beliscões ou menos).Esta pimenta é geralmente vermelho ou amarelo, e de longo e delgado. Pode ser adquirido todo, mas é vulgarmente encontrado como secos e triturados. É um ingrediente favorito de cozinhar Louisiana. Sugestão de uso: carnes, sopas, molhos, pimentão , frutos do mar, pratos mexicanos e pratos de Louisiana.
Cebola (Allium cepa L.): muito versátil, é, além de tempero indispensável, utilizada como prato principal e até como decoração de pratos. Em pó ou granulada, na composição de molhos ou tempero líquidos, para que se hidrate. EQUIVALÊNCIA: 1colher de sopa de cebola em pó corresponde aproximadamente a 1 cebola média. 1colher de sopa de cebolagranulada ou em tiras corresponde a ¼ de xícara de cebola “in natura” picada. Origem Ásia Ocidental. Cebola Frita: tradicional da culinária Francesa, fica uma delícia na sopa de cebola, bifes e legumes refogados. Experimente na massa de pão de cebola. Planta sagrada entre os egípcios. Extremamente popular já naquela época era consumida até desidratada. Três minutos no microondas, com casca, tiram seu cheiro e seu ardor. No churrasco, sempre com casca (retirar casca depois de pronto). Gargarejo com infusão da casca seca da cebola para irritações da garganta.  Um dos cheiros verdes.
Cebolinha (Allium schoenoprasum): ou cebolinha verde, é originária da Sibéria, foi introduzida no Brasil, pelos portugueses. É perfeita para pratos salgados como carnes, peixes, refogados e sopas. Pode ser utilizado tanto o bulbo quanto as folhas, fresca ou refogada. Em pratos quentes, adicionar ao final do cozimento. Junto com a salsa compõe o popular cheiro-verde. Rica em vitaminas A e C, é membro da família das cebolas, mas seu sabor é mais delicado. É um dos itens da mistura ervas finas. Compõe a vinha d’alhos. Os caules, de cor verde-viva, desta erva têm um gosto da cebola, o que faz delas uma guarnição ideal para saladas e sopas de tomate, recheio de batatas assadas e pratos de ovos.  Francês = ciboulette, Inglês = chives, Espanhol = cebollino, Italiano = erba cipollina.  Cebolinha em flocos: Sabor delicado e agradável. Molhos em geral, patês, massas, omeletes, carnes e peixes. Também na decoração de pratos prontos, polvilhando na hora de servir. – Verde tubular deixa de um membro da família de cebola. Sabor cebola suave. Creme de leite, sopas, saladas, pratos de legumes, ovos, queijo cottage, depressões, e guarnições. Erva (caules frescos ou congelados e liofilizados) verde Magro, capim-gosto com caules ocos. Relacionado com a cebola eo alho-poró. Fonte de vitamina A. Cebola ou alho sabor. Usos: aperitivos, sopas creme, peixe, saladas, pratos com ovos e queijo, molhos, mariscos e parte de “multas herbes” blend. Frescas ou liofilizada. Tem uma cebola-como sabor suave. Sugestão de uso: Como um enfeite, em sopas ou molhos, em saladas, ovos ou pratos de batata.Um dos mais popular de ervas aromáticas, as folhas da planta pode ser usado numa variedade de maneiras. As flores são também comestível, e pode ser usado para saladas enfeite e outros pratos frios. Cebolinha está dentro de casa facilmente cultivadas ou fora dela. Eles têm fino, grama, como a folha tubular e trevo como cabeças de flores de lavanda que florescem em meados ao fim do verão. As folhas têm um sabor cebola suave. Cebolinha vai ficar verde monótono quando aquecido.Pode ser ou erva fresca ou secas com um sabor de cebola ligeira e utilizado em uma variedade de pratos de carne, peixe e vegetal.
Cerefólio ou Cerefolho (Anthriscus cerefolium): (Cerfeuil-Chervil) sabor parecido com a salsinha, mas com odor semelhante ao anis, é originário do Oriente e pode ser liso ou crespo. Muito utilizado como condimento em sopas, consomés, omelete, saladas, molhos a base de manteiga e queijo e peixes. É um dos itens da mistura de ervas finas (Fines Herbs).  Essencial na cozinha francesa. Em pratos quentes, usar ao final da cozedura para não perder sabor e aroma.- é usado para preparar peixes e molhos de marisco e em saladas. Pique com partes iguais de cebolinha, salsa e estragão para omeletes, sopas e molho tártaro. Shred folhas frescas em batatas, atum, ou saladas verdes; adicionar às aves de capoeira, ovos, queijo, e pratos de peixe. Sirva como acompanhamento com carne vermelha e ostras. Incluir folhas secas em recheios. traz o sabor de algumas outras ervas muito bem.Relacionada com a salsa, esta erva aromática, com um sabor mais característico, é muito popular na culinária francesa. Cerefólio é usado como a salsa em coisas como purê de batatas, sopas e hambúrgueres. É uma alternativa para mais branda cebola crua.Também conhecido como salsa francês, é um dos componentes das quatro herbes multas. Tem um sabor de alcaçuz delicado com o pepperiness leve de salsa. É um sabor fugaz. Cozinhar e secagem destrói o sabor sutil, tão utilizam grandes quantidades de folhas frescas, em direção ao final do cozimento. São esmagados deixa semelhante no sabor de salsa ou estragão.Cerefólio pode ser usado em sopas, molhos de saladas. Lacy samambaia-como as folhas de uma planta da família salsa. Muito parecido com a salsa, mas mais doce e aromático. Anis-como fragrância com uma nota de pimenta leve. Perde o sabor no cozimento longo – adicionar no último minuto! Saladas, molhos, vinagre, omeletes, e casa / creme de queijos. (ramos frescos ou secos desintegrado) Descrição: chaves, folhas verde-escuras. Membro da família da salsa. Leve aipo alcaçuz-sabor. Usos: ingrediente principal em “multas herbes”, também usado para temporada ovos, frango, peixe, saladas, marisco e tomates. Folhas: Cerefólio . erva aromática da família cenoura Sugestão de uso: pratos de queijo, ovos, sopas e saladas.
Chalotas: Frescos ou liofilizado.  Um tipo de cebola pequena Sugestão de uso: Como o alho para temperar uma variedade de pratos. Grande vinegarettes, e molhos.
Chili: planta da família do pimentão, seu sabor é picante e o fruto costuma ser usado inteiro, moído ou seco. Tradicional da culinária mexicana (9000 anos), é muito usada com carne. Seca substitui a fresca, arde muito. Ver pimenta chili.- flocos: secos, inteiros pimentas vermelhas, que são trituradas ou moído grosso. Chili em pó: Uma mistura de pimenta, cominho, orégano, alho sal, páprica e outros temperos. Sugestão de uso: Em chili com carne, temperos entrecosto, ensopados, aperitivos, etc. tempero (terra): mistura Tempero feita a partir de chiles terra secas, coentro, cominho, alho, orégano e outras ervas e especiarias. Leve a quente. Usos: pimentão, ovos e queijo, sopas, guisados, pratos mexicanos

CHILI PEPPER: Grandes vagens levemente picantes da Califórnia tipo pimentas. A pimenta malagueta termo refere-se a casca leves, e pimentas é o termo dado para as vagens pouco quente. Inúmeras receitas onde o calor é desejável. Muitas variedades de leve a quente, doce a salgado Sugestão de uso: Usado para fazer pós pimenta para chili com carne, pickles, molho quente, sopas e molhos.

Chipotle: É a pimenta jalapeño (capsicum annuum) seca. Forte relação com a páprica.
Ciboulette: cebolinha verde francesa, mais fina do que a cebolinha comum.
Cilantro: gosta de pleno sol, mas quando ele é cultivado ao ar livre, sua folhagem finamente cortada significa que ele fica melhor plantado em abundância. Embora possa ser cultivada dentro de casa, muitas pessoas acham o cheiro desagradável. Folhas verdes da planta coentro, um membro da família da salsa. Sabor exótico forte.Salsa-gosto com um sabor quase cítrico. Alimentos mexicanos, salsa, picante, indiana chutney, e curry.
Coentro (Coriandrum sativum L.) (em folha): é uma erva conhecida desde a Grécia antiga e muito utilizada para temperar conservas, sopas e principalmente peixes e frutos do mar, além de aves, peixes ensopados ou assados, carne de carneiro, recheios de tortas e massas, pães de gengibre e biscoitos. Seco, é usado no preparo de pães, de picles e assados de porco e peixe. Muito consumida na região Nordeste e Sudeste do Brasil, é um ingrediente indispensável da tradicional, única e maravilhosa Moqueca Capixaba. É muito parecido com salsa e tem aroma e sabor muito fortes. Adicione sempre no final do cozimento. Origem na Ásia. As folhas, as raízes, os caules e as sementes desta erva, fortemente aromática, têm gostos levemente diferentes. As folhas frescas são bonitas e dão imediatamente um gosto exótico a qualquer prato, se forem adicionadas antes de servir; também são excelentes em saladas e como guarnição. Pode cozinhar as raÍzes e os caules nos cozidos e sopas, mas retire-as antes de servir.  Francês = coriandre, Inglês = coriander, Espanhol = culantro, Italiano = coriandolo. (semente moída): esfregada em carne de porco ou frango, antes de assar, é sensacional; bom também para molho de carnes. Tem um leve sabor de limão. Use emvinha d’alhos. Antigos romanos usavam em “poções de amor”. Não confundir com folha de coentro, que apesar de vir da mesma planta seu sabor é diferente.  Principais utlizações: Pickles e conservas, Sopas de lentilha, legumes, feijão, ervilha, Torta de cenoura, Frango grelhado, assado de carneiro e porco, Peixe grelhado e marinadas, Molhos para carnes, Pão de gengibre e torta de maçã. Boa alternativa para quem não pode consumir sal. – A folha jovem da planta coentro, esta erva é muito popular no Oriente Médio, do México, e culinária asiática como um contraponto de resfriamento para especiarias ardentes. O sabor é uma mistura de salsa e citros. Finas, redondas e dentadas folhas verdes brilhantes semelhantes de salsinha. Também chamado de coentros ou salsa chinesa. É picante com notas cítricas. Vindo de Marrocos e Roménia, o coentro é uma semente leve, com um sabor semelhante ao de uma mistura de limão e sálvia. O coentro é usado no Oriente cozinha oriental, tomada de salsicha, curries, e as sementes inteiras são usadas na decapagem e bebidas especiais. Pequeno e redondo lustre cor de sementes da planta coentro. Sweet, mofo, aroma suave, delicadamente perfumada com um tom de limão / sage. Bife decapagem, rim, e torta de ostra. (inteira ou moída): Sementes da planta coentro, relacionado com a família da salsa (ver coentro). Mistura de limão, sálvia e sabores de cominho; mofo. Usos: decapagem, cozimento, e receitas mexicanas e espanholas, lingüiça, curries. (folhas frescas): Bright-verdes caules e folhas da planta coentro, assemelha-se a salsa. Também chamado de coentro e salsa chinesa. Fragrância, pungente e sabão. Usos: peixe, arroz, molhos, saladas, e italiano, receitas latino-americanos e mexicanos. O coentro é inteira ou moída com um sabor levemente adocicado de mofo.ele pode ser usado para decapagem, salsichas poek, ou curried pratos. Semente de coentro: Esta erva da família cenoura, tem o sabor de sálvia e casca de limão. Sugestão de uso: Pickles, pratos orientais, curry pratos e pratos de carne.
Colorau ou Colorífico: é um tempero de origem brasileira extraído do urucum moído misturado a fubá e óleo de soja. É usado para dar cor aos alimentos industrializados, molhos e preparações caseiras, como a Moqueca Capixaba, sem interferir no sabor. Sua cor laranja-avermelhada serve para despertar o apetite. Bom em patês, arroz e farofas. Pastas de queijo, Picadinho de carne, Molho cremoso para peixes. O pimentão também pode fazer parte do colorau.
Cominho (Cuminum cyminum): originário do Egito, erva cuja semente amarelada-marrom e aromática é usada como tempero em carnes assada, cozidas ou de panela, peixe, frango, molhos, lingüiças, legumes, queijos, pastéis, cremes, ovos, pães, pratos orientais e mexicanos, e cozimento de hortaliças. Para perfumar pães, adicionar direto à massa. Suas folhas novas são muito usadas em sopas. Esta especiaria faz parte da composição do curry. Tem sabor muito forte e deve ser usado com cuidado.  Maionese, sopa de legumes ou galinha, feijão, arroz, repolho, cenoura,  batatas, queijos, cozidos de carne e aves, chilli com carne, hamburger, peixes cozidos, marinadas, molho de tomate. Semente amarela amarrotada. O cominho substitui o sal com vantagem, quando colocado na carne imediatamente antes da fritura para o bife. Muito gostoso. (Elieny) As sementes de cominho têm um gosto pungente, medianamente picante e ligeiramente amargo. Podem ser usadas inteiras ou moídas, e são úteis para condimentar queijos, pão, molhos e pratos de carnes. É uma especiaria excelente, particularmente quando combinada com hortelã, para borrego assado ou cozido e também para pratos de carne picada. Francês = cumin, Inglês = cumin, Espanhol = comino, Italiano = comino – – Disponível em formas de sementes e moído, cominho é a seca, a semente verde-claro (como cominho) de um membro da família da salsa.Cominho é frequentemente usado em pratos mexicanos e Médio Oriente.Cominho tem um sabor de noz quente. (inteira ou moída): frutas secas a partir de uma planta da família salsa. Ligeiramente amargo, esfumaçado, nozes, quente. Usos: pimentão e misturas em pó de curry, peixes, cordeiro, decapagem, salsichas, Oriente Médio, as receitas da Ásia e do Mediterrâneo. Membro da família de cenoura. Sementes aromáticos. Sabor amargo quente Sugestão de uso: Em pó de pimentão, picles, costelas, e outros pratos de carne. Como pó de caril conter todos os tipos de amido e material lenhoso, é essencial para cozinhar os suavemente em óleo ou manteiga clarificada para domesticar o sabor-prima de alguns deles. Nunca adicione o pó de caril a qualquer prato sem precooking-lo em um gordo ou fazer um colar de com água ou caldo. Semente de cominho é uma pequena semente que se parece com cominho e é usado em pó de pimentão, lingüiças e carnes.
Cominho-armênio ou Alcarávia: ver Kummel

Coriande – Uma especiaria antiga, cujas sementes foram encontrados em túmulos egípcios e foram usadas em Roma, para preservar a carne. Moer sementes secas em pó, e pó em cima de vitela, porco, presunto ou antes de cozinhar. Espalhe sobre bolos, tortas, biscoitos, doces ou pratos. Uso em carne moída, salsicha, e ensopados.
Cravo-da-Índia: (Syzygium aromaticum L. Merr. et Perry ou Eugenia caryophyllata) ou cravo (em flor e em pó): Flor de árvore da família das mirtáceas, muito utilizado em doces, chás, assados, bebidas, molhos, biscoitos, compotas e picles, o cravo é conhecido na Índia, Egito e China desde 600 A .C.  Inteiro no quentão, vinho quente, pickles, suco de tomate, sopas, no cozimento de arroz e verduras frescas, carne assada, pato a Califórnia, frango cozido, peixes, molhos doces, molho de tomate, doces, caldas. Em pó, usar com cuidado em geléias, bolos, biscoitos. Sendo uma especiaria bem conhecida, o cravinho é altamente aromático. Tradicionalmente associado com maçãs, é também usado com canela em vinhos condimentados e ponches, e nos picles. O uso do cravinho é muito vasto. Pode usar-se em carne de vaca. Francês = clou de girofle, Inglês = clove, Espanhol = clavo, Italiano = chiodo di garofano – tempero (inteira ou moída): marrom-avermelhada em forma de prego botões da árvore evergreen tropical cravo. Aromático, pungente, doce. Cloves deve ser usado com cuidado, pois o sabor pode se tornar insuportável.Usos: feijão, tortas de frutas, presunto, decapagem, molhos, bolos e biscoitos de especiarias.  Cravo são secas, botões florais fechados de uma árvore perene nativa de Madagascar, Brasil, e outras áreas. Cloves, com seu sabor muito forte, picante doce, são usados ​​em biscoitos e bolo de especiarias, e muitos outros pratos salgados.São o botão de flor fechado de uma árvore que cresce em muitas das regiões mais quentes do mundo, como Madagascar, Índia, Malásia, Filipinas, Sumatra e Brasil. Dentes pode ser comprado tanto todo e moído. Cloves têm um aroma mais agradável, mas eles são tão fortes que um pouquinho será suficiente para dar sabor a uma grande quantidade de alimentos preparados.Tenha cuidado! São ou toda a terra com um sabor picante doce usados ​​basicamente em presuntos, marinadas, ações e carnes na brasa. Secas fechadas botões florais de uma árvore verde. Intrigante, unha-como a forma faz enfeite exótico. Sabor forte quando utilizado na forma de chão. Ham, carne de porco, beterraba, batata doce, cebolas cozidas, e squash. Rico e picante no sabor. . Botão de flor seca da árvore de cravo Sugestão de uso: Na decapagem, presuntos cozidos, ações, sobremesas, marinadas, bebidas e condimentados.
Cremor tártaro (hidrogeno-tartarato de potássio): Obtido a partir do depósito salino que os vinhos deixam na parede dos tonéis, rico em uma substancia chamada tártaro. É usado na fermentação dos vinhos feitos em casa e outras fermentações artificiais, como na confecção de balas. É o tártaro purificado na recristalização da água.

Cumin: Pequenas alongadas marrom-amareladas sementes de uma planta da família salsa. Sabor forte – tende a dominar os alimentos. Essencial em pó de pimentão e curries.

Cúrcuma (Curcuma longa L.): o mesmo que açafrão-da-terra ou tumerique, essa raiz entra na maioria dos pratos indianos, como o curry. Os monges usam seu pigmento amarelo para tingir roupas. Índia e Jamaica.- Muito parecido com gengibre, especiaria cúrcuma vem de um caule subterrâneo e é um ingrediente principal na maioria dos curries e pó de caril.Embora você provavelmente não chamaria de açafrão quente por conta própria, a raiz é certamente quente e aromático. A curcumina química no açafrão dá curry sua cor de açafrão amarelo brilhante, e é responsável pelo pontapé Spice. tem um sabor suave de pimenta usado em picles, saladas e molhos.- mostarda aromatizada, raiz de planta da família do gengibre Sugestão de uso: Em pratos de curry em pó, corante alimentício (cor de ovo) de carne e ovos. (terra): root amarelo-alaranjado intenso de uma planta tropical relacionado com gengibre, usado para dar sabor e cor dos alimentos. Use com cuidado, pois pode manchar. Picante, levemente amargo, sabor terroso. Usos: principal ingrediente no estilo norte-americano de mostarda, caril, as receitas
Daikon (nabo comprido): é uma raiz carnosa e suculenta. As folhas contêm muita vitamina c, por isso devem ser aproveitadas. É usado principalmente cozido, mas também empicles, ralado cru, marinado em molho de vinagre, ou como tempero para o sashimi.

Dashi (molho de peixe): é o líquido retirado das anchovas salgadas e fermentadas. Um tempero essencial nas cozinhas tailandesa, japonesa e vietnamita.

Dill (Anethum graveolens): o mesmo que Aneto. Erva muito fina, verde brilhante de sabor e cheiro agradáveis. Escandinávia, Europa Central e Oriental. Usar em legumes e batata e pepino. Também em queijos frescos, queijos cremosos e omeletes. A companhia das ervas a considera o mesmo que Endro. (Parece consenso considerar aneto, dill, ou aneto-dill às folhas picadas e secas, e endro à semente, semelhante á da salsa). Bom em arroz, molhos, carnes, legumes e frango. – – é mais associado com a Scandinavian e culinária do Leste Europeu. Adicionar ao saladas de batata, pepino, frios e ovos cozidos, bem como sopas de batata quente, beterrabas cozidas ou sopas de beterraba, omeletes e pratos enriquecidos com creme azedo. Par com carnes delicadas, como a vitela ou frango, e mil com sabor de peixe. Semente (inteira ou moída): as sementes secas da planta dill.Tangy, “picles” sabor mais pungente do que a erva. Usos: carnes, saladas, molhos, legumes. Dill tem muitos benefícios medicinais. Seu nome comum vem do dilla palavra saxã, que significa “calmaria”, e as sementes têm propriedades tranqüilizantes suaves. Os antigos gregos descobriram que dill curado soluços, ea tradição de utilizá-lo nos preparativos para cólica infantil tem sido transmitido através dos tempos. Folhas de endro contêm magnésio, ferro, cálcio e vitamina C, por isso é benéfico para usá-los em saladas, sopas e carnes grelhadas. Tanto as folhas e as sementes desta planta frond penas são usadas na culinária. Ambos têm um sabor forte, mas Weed Dill é mais maduro e mais fresco do que sementes Dill. Dill é frequentemente adicionado a saladas frias e molhos, pratos quentes, batata e carnes delicadas.Uma das mais antigas ervas, é um nativo do sul da Europa e da Ásia ocidental. Tem concurso, penas, folhas verde-azuladas ramificando-se uma haste central. Ambas as sementes e folhas têm um sabor forte levemente amargo. Dill Weed: . erva aromática pertencente à família cenoura Sugestão de uso: Bom com peixe, batatas, sopas e molhos.Dill Semente: Secas fruto da planta dill. . Pungente no sabor Sugestão de uso: Grande, em pickles. (inteiro fresco ou seco)  Feathery folhas verdes da planta dill.Pungente, picante. Usos: Pães, peixes, decapagem, saladas, molhos, legumes. Semente Dill pode ser comprado todo ou esmagado e tem um sabor picles e é amplamente utilizado para decapagem, sopas, saladas e peixes.
Endro (Anethum graveolens): Aparentada também com a erva-doce. Vai muito bem em peixes e sopas. Excelente para conservas de pepinos, pimentões e picles.  Calda de pickles, suco de tomate, Macarrão, Saladas, couve-flor, Pratos com ovos e ricota, Lombo de carne de porco, No tempero para peixe e moluscos, vinagrete. Tempero de peixes, chucrutes, sopas, saladas e patês e frutas em calda. Ásia menor. A companhia das ervas o considera a mesma coisa que aneto e dill. (Parece consenso considerar aneto, dill, ou aneto-dill às folhas picadas e secas, e endro à semente, semelhante á da salsa). Bom em arroz, molhos, carnes, legumes e frango. Semente aromática importada da Índia.Semelhante às sementes de alfavaca ou de funcho, mas de gosto mais suave. Conjuga-se bem com purê de batata e couve cozida e com carne de porco embutida ou picada. – folhas verdes da planta dill. Aroma suave semelhante ao cominho. Carnes, aves, peixes, frutos do mar, os mergulhos, picles, ensopados, sopas, saladas, molhos, molhos, pães e pratos de ovos.
Erva cidreira (Melissa officinalis): da família das labiadas, folhas com cheiro de limão, usadas em chás calmantes. Planta arbustiva que pode atingir de 20 a 80 cm de altura. As folhas apresentam uma coloração verde intenso na parte superior, e verde claro na parte inferior. As flores são brancas ou amareladas, mas com o tempo podem chegar a rosadas. Ver também melissa. (Deve ser acrescentada aos alimentos no final do cozimento, pois perde o sabor com este.) chás, bebidas à base de frutas, sopas, saladas, aves, peixes, frutos do mar. Fresca, desidratada e em pó. Terapêutica  – Uma planta de jardim perfumado que libera seu perfume quando roçou. Deve ser uma primeira escolha para o jardim de ervas como é decorativo e útil.- Erva (ramos frescos) Mint-como as folhas, também chamado de bálsamo. Sabor doce, limão, com um aroma cítrico. Usos: As compotas e geleias, saladas, sopas, chás. Pique as folhas em saladas. Adicionar a saladas de frutas, geléias, sorvetes e cremes. Adicionar ao vinagres misturados. Experimente servir um chá gelado. As folhas podem ser cristalizado e adicionada a pudins frios e bolos. Erva-cidreira também é bom adicionado ao jogo e peixes. Seus agradáveis, limão-scented folhas devem ser colocadas em locais onde eles podem ser escovados contra. Erva-cidreira tem sido estabelecida como uma das ervas mais eficazes em banir a depressão. Uma infusão de erva-cidreira é excelente para acalmar os nervos, e uma xícara do chá tomado ao deitar ajudará dormir.
Erva-doce de cabeça: o mesmo que funcho. Arbusto de até dois metros.
Erva-doce (pimpinella anisum): muito usada em biscoitos, bolos, doces em calda, pães, licores e chás. E tortas de frutas, maçãs assadas. Também chamada Aniz. Origem México. Muito boa no picles. – Todas as partes da planta de erva-doce são usados ​​de várias formas na culinária. Sementes de funcho é semelhante ao anis, mas é mais doce e aromático. É usado em sopas e pimentão. Folhas de erva-doce tem um sabor doce bem adequado para molhos de peixe e carne de vitela. tempero (em pó integral): sementes, ovais, marrom-esverdeadas sementes da planta de erva-doce. Aromático, sabor alcaçuz leve, maior do que sementes de anis. Usos: Pães, peixes, molhos, salsichas, sopas, receitas italianas. Pique as folhas de erva-doce com sabor para uso em sopas, saladas, pratos com ovos, cozidos e queijos cremosos. Ele é excelente com carne de borrego e muito compatível com aspargos. Use estragão a pescar temporada forte sabor, fígado e pato assado. Sirva em manteiga derretida com o peixe, bife, ou legumes ou usar em molho tártaro e chutneys muitos.
Estragão ou Absinto Russo (Artemisia dracunculus): folha de sabor forte e picante e muito aromática (artemísia dracunculus). Folhas (parecidas com as de erva-doce) frescas e secas são utilizadas para condimentar molhos para peixes, aves, especialmente frango, em omeletes, saladas de queijos brancos, na manteiga, cordeiro, molho de mostarda e maioneses. Aromatizador de vinagres para picles e mostardas. Também usado para temperar suco de tomate e vinha-d’alhos. Pratos da cozinha francesa. Origem Sibéria. Também faz parte do tempero ervas finas. Embora citado em muitas listas, não existe “astragão”. Uma erva com bonitas folhas finas, com um sabor forte mas sutil. Se a cultivar, assegure-se de que se trata da variante francesa, pois a russa cresce prolificamente mas não tem o mesmo sabor. O estragão é famoso pela sua aplicação em frangos, manteigas, molhos, ovos e peixe, mas também pode ser usado na carne e peças de caça e em tempero de saladas.  Francês = estragon, Inglês = tarragon, Espanhol = estragón, Italiano = dragoncello ou estragone. As folhinhas são muito parecidas com as de erva-doce. Perfeito para o tempero de porco, galinha, ovos, peixe. Dá um sabor essencial a molho de saladas à base de vinagre, sopas e pasta de queijo. Ótimo bem picadinho junto com manteiga derretida, para derramar sobre aspargos, vagem, beterraba, ervilha ou espinafre. Ou ainda para passar sobre bifes prontos. Um conselho: se você experimentar, vá aos pouquinhos, pois tem sabor muito forte. – é popular como um vinagre de ervas para marinadas e vinagretes.Use-o em pratos franceses, como molho béarnaise e frango com estragão, mas também é um grande parceiro para a lagosta, ovos, legumes e primavera.Folhas aromáticas de um sabor amargo. Sugestão de uso: pratos de molho Béarnaise, ovo, frutos do mar e aves. As escuras, pontiagudas folhas verdes desta erva arbustiva têm um sabor semelhante ao anis. A variedade mais popular é o estragão francês, com o sabor de alcaçuz doce. Estragão é muito popular na culinária francesa, em pratos de peixe, e em vinagre de ervas para cozinhar. grandes, brilhantes, dentes folhas verdes escuras que lembram seu parente margarida. Variedade mais comum é estragão francês. Seu sabor é alcaçuz doce e picante. O sabor pode dominar assim use com cuidado. Pique grosseiramente ou finamente e adicione no final do cozimento.Estragão tem um minty alcaçuz, como o sabor que é usado com peixe, frango e saladas. (folhas, inteiro ou moído) ervas delicadas, estreitas e pontudas, folhas verde-escuras. Sabor de alcaçuz leve. Usos: ovos, carnes, decapagem, aves, saladas, molhos, molhos, “multas herbes” blend
Feno Grego (trigonella foenum graecum): semente de aroma intenso, é um dos itens que usualmente faz parte do condimento curry. Use com moderação. Tempera carnes epicles. Leguminosa, fruto em vagem. – Muito pequenas castanho-avermelhado sementes de um membro da família de ervilha. Agradavelmente sabor amargo. Curry-como aroma. Essencial em pó de caril. É a base do bordo de imitação.
Flocos de aipo: aipo desidratado. Sugestão de uso: Sopas, molhos, saladas, molhos e recheios.
Funcho Florença –  também conhecido como erva-doce ou Finocchio, é um marco da cozinha italiana. As raízes são usadas em muitas receitas e dão um tom maravilhoso de anis para o prato.
Funcho (Erva-doce de cabeça) (foeniculum vulgare): Anis doce. Planta umbelífora de flores amarelo-esverdeadas, fruto oblongo cujas folhas e sementes são usadas em chás, por suas qualidades digestivas. Como condimento, especialmente em peixes, frango, ovos e pães. Suas sementes são utilizadas na composição de certos licores e seu bulbo é usado cru como salada. Família da erva doce e do anis. Chá. Muito confundido com o talo da erva doce, de sabor semelhante. Gostoso até puro. Quatro tipos: silvestre, hortense, piperitum (frutos com sabor pimenta) e dulce. No dulce, as folhas básica, em forma de bulbos, são usadas em saladas. As folhas capilarares muito macias, de verde intenso (todos) servem de legume. Na variedade azoricum, o conjunto das folhas de base têm aparência semelhante a do repolho, e delas sobem os ramos que secos e picados servem como tempero. Estas delicadas sementes, de gosto adocicado, são usadas em pratos com molho de carne, e são boas em pratos de legumes e feijão seco, guisados e em certos bolos.Francês = fenouil, Inglês = fennel, Espanhol = hinojo, Italiano = finocchio . As folhas temperam bem peixes, algumas sopas (os franceses acham indispensável para a “bouilabaisse“). Também da licor. Usa-se o bulbo para fazer saladas. Se tiver paciência de pulverizar na hora, delicioso até em sanduíches. Se é que existe diferença, substitui plenamente o aneto ou dill ou endro. (Vkaehler) – folhas, caules, raízes, sementes, e do petróleo são todas as partes da planta funcho usado de várias maneiras. As folhas têm um sabor adocicado, muito bom em molhos para peixes; útil também com carne de porco ou de vitela, em sopas e em saladas. As sementes têm um gosto mais nítida. Use com moderação de erva-doce em chucrute, molho de tomate, pimentão, sopas saudáveis, e como condimento em produtos de panificação. Pequeno marrom-amarelada semente de melancia em forma de um membro da família da salsa. Anis-como o sabor. A nota distintiva em salsichas quentes e doces italianos. Pickles doces, aves, fígado, vitela, porco, molho de tomate, e enchidos. Semente de funcho tem um sabor de alcaçuz distinta usado em salsicha, molhos de tomate e peixe.
Funghi Secchi: Cogumelos do tipo Bolletus, desidratados. Conferem sabor característico a molhos de massas e pratos com carne. Antes de utilizar, lave-os bem e deixe de molho em água fria por 30 minutos.
Gengibre (Zingiber officinale Roscol): raiz utilizada para enriquecer o sabor de bebidas quentes, pães, biscoitos, carnes, aves, batata doce, cenoura e outros vegetais, bolos e pratos orientais. É originário da África e Jamaica. O gengibre é amarelo-claro e pode ser encontrado fresco nas feiras ou supermercados ouem pó. Em pó, é um condimento picante extraído da raiz da planta de mesmo nome, usado em biscoitos, cremes e pudins. Fica excelente quando combinado com outras especiarias (alho, cravo, canela), para carnes de porco, aves, peixes e em conservas, picles, “chutneys”. Quando torrado, usar em canapés, saladas e arroz. Vatapá, carne moída. Medicinal, gargarejos ou mastigado (pouco) para aliviar problemas com a garganta. Também encontrado seco em lascas com açúcar ou limão, e em balas com mel. Moído, conservado em xarope e cristalizado, o gengibre é um ingrediente picante, apimentado, amplamente utilizado em pratos indianos e orientais e na cozinha inglesa. É uma revelação quando se experimenta pela primeira vez, pois tem um sabor fresco e um maravilhoso odor de limão, muito diferente do  gengibre seco ou em conserva. Combina bem com o alho e é excelente com mariscos, peixe e pratos de frango. O seu sabor é tão rico que é utilizado numa enorme variedade de pratos. Francês = gingembre, Inglês = ginger, Espanhol = jengipre, Italiano = zenzero. O açafrão-da-terra é um parente do gengibre.- raiz pungente secas de uma planta cultivada na China, Japão, Índia e Índias Ocidentais. Sugestão de uso: Em picles, chutney, e conservas. Também é usado em muitos pratos orientais. raiz pungente secas de uma planta cultivada na China, Japão, Índia e Índias Ocidentais. Sugestão de uso: Em picles, chutney, e conservas. Também é usado em muitos pratos orientais. O gengibre pode ser inteira ou moída e usada em produtos de panificação, sobremesas e carnes na brasa. é uma erva aquecimento com um aroma e sabor picante. Ela aumenta todos os tipos de alimentos a partir de confeitaria e bolos para pratos salgados.É amplamente utilizado nas cozinhas do Extremo Oriente, especialmente em curries e frituras. As raízes pode ser comprado fresco e mantido congelado por um período prolongado de tempo. Gengibre é uma raiz aquecimento, pungente que é triturada e em pó para fazer o tempero. O gengibre é usado na panificação, como com pão de especiarias, e em muitos pratos asiáticos. Raízes secas de um membro da família zingiber. Usado todo, rachado, solo ou. Pickles, assados, legumes, pratos chineses, ou friccionada com moderação em carnes. Secos, gengibre em pó é utilizada em bolos, biscoitos e molhos diversos, e comercialmente em doces, refrigerantes e condimentos. As raízes aparecem em todos os tipos de carne e vegetais pratos, incluindo curries, chutneys e marinadas. Em conserva, gengibre aparece na culinária japonesa.
Gergelim: tem um suave sabor de nozes. Usado em pratos árabes, pães, biscoitos, massas. Cruas sobre bolachas, pães e bolos, antes de ir ao forno. Torradas em frigideira ou forno, usar sobre canapés, salada, arroz. Lecitinas, fosfatos, proteínas, calorias, vitamina A. – As sementes minúsculas amarelo, vermelho ou preto vem de uma erva anual e tem um sabor suave e agradável. Semente de gergelim é a semente mais comum produzido e é usado em muitos pães, frituras, massas e outros pratos. Pequenas ovalular de cor de pérola sementes de um membro da família Pedaliacae. Crocante com um sabor doce, de noz. Pode ser usado no lugar de nozes e pães, bolos, tortas, biscoitos, pães carnes, recheios, saladas e legumes na manteiga para. branco cremoso na cor com o sabor de amêndoas torradas Sugestão de uso: Ao assar como rolos, e pães.O óleo é utilizado na cozinha oriental. (secas sementes inteiras): Tiny, sementes achatadas marfim pálido (mais comum), marrom, vermelho ou preto. Enfeite bun Familiar hambúrguer. Nutty, ligeiramente doce.Usos: frutos do mar Pães, bolos, biscoitos, molhos, aves, saladas,
Gochujan: nome coreano da pasta de pimenta vermelha usada como tempero ou acompanhamento.
Hissopo: erva usada como condimento em saladas e omeletes e na fabricação de licores.
Hortelã (Menta viridis): originária da Inglaterra, a hortelã é utilizada em pratos árabes, licores, doces, chás, saladas, sopas, molhos e também em drinques, inclusive para efeito decorativo. Mais suave que a menta. Molho com limão espremido e hortelã, bom para regar carnes. Entre as mais importantes ervas culinárias encontra-se a hortelã, que tem uma vasta gama de sabores -conforme a variedade. Como alternativa ao molho de hortelã, é excelente espetada num assado ou cozido de carneiro; picada, fica bem em sopas de creme e em almôndegas. Tem um sabor interessante quando adicionada a molhos picantes de frutas e especiarias, a groselha negra, ameixas e outros frutos de Verão em calda, e fica ótima em saladas de fruta. A hortelã picada também pode ser espalhada sobre legumes cozidos.Francês = menthe, Inglês = mint, Espanhol = hierbabuena, Italiano = menta. Suas folhinhas aromáticas são geralmente usadas frescas. Mas podem ser guardadas frescas também. Excelentes no tempero de molhos para saladas, sopas, carne, peixes. Muito popular na cozinha árabe. Gostosa em refrescos e complemento de drinques (mint julep). Faz licor saboroso para se tomar com gelo moído. Vai bem em geléias também. Experimente mastigar folha inteira junto com o quibe. – hortelã vem da folha de um erva perene, que é normalmente seco. O sabor popular é forte, doce e refrescante. Mint é usado em sopas, pratos de cordeiro, e sobremesas de chocolate, só para citar alguns.
Jalapeño ou Pimenta jalapeño: (capsicum annuum) pimenta verde que recebeu esse nome graças à cidade de Jalapa, capital de Veracruz, no México. É uma das mais suaves e pode ser encontrada fresca ou em conserva. Seca , é conhecida como chipotle.  Interessante ter a mesma classificação da pimenta comari, que é muito menor, e a do pimentão, bem maior.
Kummel (Carum carvi L.) ou cominho de pão ou cominho-armênio ou alcarávia: as sementes desta planta são usadas na pastelaria, também em pães, bolos e biscoitos. Como condimento, em queijos fortes, salames, patê, carnes gordas, pato e ganso, sopas e saladas de batata ou de repolho, chucrute. Especialmente usado na fabricação do licor Kümmel. Suas folhas novas são usadas em sopas e as raízes são consideradas uma “delicatesse” na mesa. Cozinha alemã. Aromatizante. Creme de ervilha, torta de queijo,  pão de milho, maçãs assadas.
Lavanda ou Alfazema: de todas as lavandas, é a mais perfumada. Das flores, se usa o óleo (extraído por destilação), que serve para preparar essências e perfumes. As folhas, às vezes, são usadas como condimento de cozinha. – é usado na maioria das vezes em sobremesas e chás, mas também empresta seu sabor esfumaçado floral para carnes, peixes, frutos do mar e legumes assados. Mel de lavanda é um deleite gourmet, e vinagre infundido com lavanda irá adicionar mistério para saladas verdes.
Lemon Grass: erva (caules frescas ou secas ou solo): longos, finos, cinza-verdes folhas. Sabor de limão e aroma, muito fibrosa. Usos: peixe, frango, marisco, sopas, tailandês e indonésio receitas- Esta erva aromática é um versátil. É amplamente usado como um ingrediente aromatizante é Sudeste Asiático pratos. Há mais de 50 espécies neste género de ervas perfumadas. As plantas podem ser cultivadas no exterior, em zonas mais quentes e felizmente sobreviver Nos meses mais quentes fora em áreas frias, contanto que eles são trazidos
Lemon Pepper: a picância e o aroma característicos da pimenta-do-reino com um leve sabor de limão. Excelente para frangos, peixes, molho para churrascos e saladas. (pepper =pimenta)
Levístico (Levisticum officinale): sabor semelhante ao do aipo. Planta cujas folhas vão do verde ao dourado, e suas flores são pequenas e amarelas. Só usar fresco. Fama de :afrodisíaca, diurética, expectorante. Para sopas e ensopados.
Losna: o mesmo que Absinto.
Louro (Laurus nobilis): largamente utilizado em molhos, marinados, ensopados,  conservas, carnes, feijão (inclusive na Feijoada), sopas, chás, vinha-d’alhos. É originário do Mediterrâneo. Faz parte do “Bouquet Garni”, juntamente com a salsa e o tomilho. Dá sabor especial ao molho de tomate. Principalmente como aromatizante em carnes, vinha d’alho e marinada, e para aliviar sabor e odor de carnes fortes, como dobradinha, mocotó e rabada.  Ásia Menor. As aromáticas folhas de louro são utilizadas frescas ou secas e têm um lugar essencial num ramo de cheiros. Ficam particularmente bem no peixe e também com caça e com legumes como o feijão. Se se extrair a nervura central das folhas e estas forem finamente picadas, produzem um magnífico efeito nos molhos de natas e ovos. Nos cremes doces, faz-se uma infusão das folhas inteiras em leite quente, antes de levar ao lume. Ao cozer batatas, junte-as à água. Francês = laurier, Inglês = laurel ou bay leaf, Espanhol = laurel, Italiano = Lauro. Seu óleo essencial é liberado lentamente, o que o torna mais adequado a cozimentos longos. A folha deve ser retirada antes de servir a comida, pois ela é muito ruim de mastigar.- Grandes folhas verde-oliva da baía doce ou loureiro. Cheiro pungente. Comumente usado em original, forma todo-folha. Também conhecido como louro. Um grampo de cozinha continental e bouquet garni. Usado em marinadas, sopas, ensopados, picles, molhos, carnes e peixes. Folhas de

louro – cultivado no Mediterrâneo, folhas de louro, com seu sabor forte e salgados, são uma parte importante da culinária americana e muitos pratos franceses. Uma ou duas folhas inteiras são adicionados a molhos, ensopados e sopas, mas removida antes de servir. Colocar algumas folhas de par em grãos armazenados ajuda a repelir insetos.são folhas moídas inteiras com um aroma picante usado basicamente em sopas, guisados ​​e carnes na brasa. folhas secas do arbusto de louro Sugestão de uso: Em sopas, ações, molhos, marinadas, e tal. erva (folhas secas inteiras): Folhas do verde loureiro baía, também chamado de louro ou louro folha. Aroma, terrena pungente.Usos: Carnes, decapagem, molhos, sopas, garam masala, ensopados, legumes. São as folhas da árvore de louros da Grécia antiga, e não o nativo americano mountain laurel, cujas folhas são tóxicas. É um poderoso tempero, com a essência profundamente saboroso de noz-moscada e especiarias quentes. É possível crescer bastante uma planta grande em uma pequena panela, e vai prosperar durante anos sem repotting.

Mace e noz-moscada – Noz-moscada é fruto de Myristica fragrans, uma árvore de sessenta metros de altura que é nativo para as Molucas. O fruto é um falso fruto, ou drupa-como cerejas ou damascos-a carne de que é usado como alimento. Abaixo da carne é uma semente que consiste em duas partes, o arilo carmesim cor-de-, ou membrana exterior, que é achatada, secou-se, lentamente e torrado a tornar-se mace.
Macis: é a casca da noz-moscada (Myristica fragrans Houtt.), de cor vermelho-vivo que fica castanho quando seca. Tem apenas o ligeiro sabor da noz-moscada. Inteiras são usadas para realçar o sabor de sopas e cozidos. Moído pode ser usado em bolos, biscoitos, molhos cremosos e diversos tipos de carne, inclusive peixes e de caça. Usar pouco. O melhor é deixar  o pedaço marinando em óleo, e usar gotas do óleo como tempero. Mace – A árvore de noz-moscada produz duas especiarias: noz-moscada e mace.Mace é a cobertura externa da semente de noz-moscada, que é seco e assado lentamente para criar o tempero. Mace é semelhante à noz-moscada, mas mais picante. Mace é usada em pratos doces e salgados e é muitas vezes o sabor dominante no donuts. Arilo de cor laranja Lacy que envolve a semente da fruta noz-moscada. Semelhante a noz-moscada, mas um pouco mais picante. Assados, doces, frutas, chantilly, e qualquer chocolate. tempero (lâminas secas ou terra): revestimento externo Brown da semente de noz-moscada que se torna amarelo-laranja quando seca. Sabor mais suave e cheiro de noz-moscada. Usos: Os cremes, sobremesas de frutas (pêssegos, ameixas e maçãs), bolos e biscoitos de especiarias, vegetais (cenoura, brócolis brotos, Bruxelas e couve-flor). A cobertura da casca interna que mantém a noz-moscada. Sugestão de uso: inteiro em conserva ou em pó em produtos de panificação.
Manjericão (Ocimum basilicum): fortemente aromático, com sabor característico,  é muito utilizado em molhos, carnes, sopas, peixes, pizzas, na maioria das receitas com tomates, recheios de massas, macarrão, risotos e saladas. É muito usado no molho pesto. Há duas variedades: verde e roxo. Pode ser encontrado fresco ou seco. Chamado “erva dos reis” na Grécia antiga. Obrigatório na pizza marguerita e no molho pesto. Índia. Principal é o odor. Planta labiada. Bom ter plantado em casa.- manjericão doce com suas grandes folhas verdes, o pequeno com folhas greco-romana arbusto de manjericão; roxo-com folhas de manjericão tailandês, manjericão limão com seu cheiro de limão forte é popular em saladas, marinadas e sobremesas; opala manjericão roxo com seu iridescente folhas e mais picante sabor picante do gengibre, canela, manjericão, e cerca de 150 variedades não comumente usados ​​nos Estados Unidos.
Manjerona (Origanum majorana): originária do Oriente, a manjerona pode substituir o orégano por ter aroma semelhante, embora mais requintado. É utilizada em carnes, como as de porco e carneiro, queijos, ovos, aves, peixes ensopados, camarão, molho de tomates, pizzas, vegetais, ovos e pães. Combina especialmente bem com a páprica. Entra no final do cozimento para não perder o sabor e aroma. Labiada. Mais suave que a alfavaca. Seca é mais picante, e deve ser adicionada 5 a 10 minutos antes de servir o prato.- As folhas. Esta erva pertencente à família da hortelã é potente em sabor Sugestão de uso: Aves recheio, salsicha, ensopados, molhos, sopas, pratos de vitela, pratos de carne, pratos de batata e molhos mais italianos. – A folha da planta de um membro da família de hortelã, manjerona é originária do Mediterrâneo e é usado em aromatizantes pratos de carne. Tem um sabor delicado doce e um aroma floral em negrito, e contribui para aprofundar o sabor dos alimentos como espinafre e cogumelos.  (Doce) – macias, pequenos, ovais folhas verdes empoeirados dispostos ao longo de uma haste de concurso. Tem um perfume, em negrito floral com hortelã e pimenta. O sabor pode ser tão potente usar cuidadosamente. Escolha as folhas inteiras, pique grosseiramente ou fino para adicionar direção final do cozimento. Manjerona não é muitas vezes usado cru em pratos frios. Polvilhe picado folhas frescas ou secas mais cordeiro, porco, vitela e antes de assar. Manjerona são secas esmagadas deixa mais suave no sabor do orégano e usado com molhos, aves, cordeiro e carnes. Cinzento-verdes folhas de um membro da família de hortelã. Um primo de orégano com sabor mais suave, mais doce. Guisados, sopas, recheios, cordeiro, legumes e queijo cottage. Perde o sabor no cozimento; deve ser adicionado por último. erva (ramos, folhas frescas ou solo) ovais, polegada de comprimento pálidas folhas verdes. Membro da Casa da Moeda / família orégano. Aromático, ligeiramente amargo, semelhante ao orégano, mas muito mais suave. Usos: peixes, patés, carnes (especialmente cordeiro), aves, embutidos, recheios, legumes.

Melissa: da família da erva-cidreira. Água de melissa sempre se usou para acalmar os nervos. Mas é também uma especiaria (aromatizante). Um pouquinho em caldos e carnes dá certo.
Menta (Mentha piperita): Ver hortelã. Mesmo que não seja a mesma coisa. Ver também essência de menta. -Folhas verde-escuras de qualquer hortelã ou hortelã planta. Forte e aromático. Balas, doces, gomas, e chá. Mint (folhas ou flocos): . erva picante sabor fresco Sugestão de uso: Como um enfeite, utilizado no meio de cozinha oriental, e de borrego. Mint é tradicionalmente utilizado com cordeiro e vai destacar as ervilhas frescas, batatas novas, e saladas de frutas. Infundir as folhas inteiras, em creme ou leite de creme inglês e chocolates. Brew as folhas em chá, ou usar para bebidas frias enfeite. Hortelã é geralmente usado para fazer molho de hortelã ou geléia. Use ramos como a decoração em pratos de sobremesa. Diz-se que a hortelã é o aroma mais popular do mundo, aparecendo em alimentos e tantos medicamentos que muitas vezes é mal dado um segundo pensamento.São degustação folhas aromáticas como hortelã ou hortelã-pimenta e usado principalmente com cordeiro. erva (folhas ou flocos): Peppermint e hortelã são dois dos tipos mais populares dos 25 ou mais variedades que existem. Forte, doce, sabor familiarizado legal.Usos: Bebidas, sobremesas, cordeiro, molhos, sopas

Mostarda (Brassica sinapis): planta cujas folhas secas e moídas serve como condimento. Pasta de preparação caseira ou industrial, feita com mostarda, mosto, vinagre, sal e substâncias aromatizadas, e que se usa como condimento ou sobre determinados pratos. Pode ser encontrada em grãos (de cor branca, preta ou castanha – estas últimas, de óleo mais picante são geralmente usadas em pratos da culinária indiana), creme ou pó. É muito utilizada na preparação de picles, comida alemã (salsichas e chucrute), sanduíches e chucrute. São famosas as de produção inglesa, francesa (Dijon), alemã e americana. Usar grãos em saladas, temperos de carnes. Oeste da Ásia. Existe em pó e sob formas preparadas. São populares as de preparação inglesa, francesa, alemã e americana. As sementes podem ser brancas, pretas ou castanhas – estas últimas contêm os óleos mais picantes e são geralmente usadas nos pratos indianos, mas podem dar gosto também a embutidos, caça ou carne de porco. A mostarda inteira é útil para misturar em molhos cremosos e condimentar bifes. Francês = moutarde, Inglês = mustard, Espanhol = mostaza, Italiano = senape. Da semente se faz um pó que pode ser usado assim mesmo, ou então, em pasta com vinagre e temperos. Ideal na maionese e molhos para salada (principalmente de batatas). Tempera muito bem carnes. A semente pode ser usada para dar gosto em conservas e picles. Tipos de Mostarda: Mostarda em pó – é uma mistura de farinha de mostarda, feita com sementes de mostarda e farinha de trigo. Pode-se também adicionar cúrcuma. Muito picante é tradicional na Inglaterra. É usada no preparo de mostarda em pasta e para temperar maionese.  Mostarda com pimenta verde – elaborada a partir da Dijon, asmostardas temperadas podem ser encontradas com pimenta verde, estragão ou ervas de Provence, entre outras. São indicadas para molhos.Mostarda granulada – também conhecida como mostarda à antiga (à l´ancienne) é elaborada com grãos inteiros de mostarda castanha (clara e torrada). É agradavelmente picante e indicada para acompanhamento de carnes frias. Combina também com aves e peixes. Mostarda com estragão – elaborada a partir da Dijon, é indicada para carne de porco. Mostarda preta ou escura – de sabor bem característico, é elaborada com sementes de mostarda, açúcar caramelizado, raiz-forte ralada, vinagre de vinho e especiarias. Produzida na Alemanha, é indicada para acompanhar salsichas e carnes frias. Mostarda Dijon – originária de Dijon, na França, é preparada a partir de sementes de mostardas moídas e misturadas em vinho branco, vinagre e ácido cítrico. Suave, é indicada para molhos de saladas ou para acompanhar carnes frias. Sementes de mostarda negra – originárias da Índia são mais picantes do que as mostarda castanha. Na culinária indiana, costuma-se fritar as sementes para que seu sabor seja mais acentuado. São utilizadas no preparo do curry.  Sementes de mostarda castanha – mais suaves que as mostarda negra, são usadas na composição de temperos na Europa e nos Estados Unidos. Podem ser usadas em molhos. No Brasil , são vendidas como mostarda em grãos. (cit. Wasser Gonçalves, , (5.7)) A mostarda brasileira é feita a partir da Sinapis alba ou Brássica Alba ou Brássica hirta (veja o verbete http://pt.wikipedia.org/wiki/Mostarda, da Wikipédia).- – as sementes de mostarda vem dos arbustos de mostarda marrom e branco nativas para a Ásia. Mostarda é mais pungente. O sabor picante da mostarda todo e mostarda em pó aumenta a pratos de carne, saladas, e do processo de decapagem. Pequenas sementes amarelas ou marrom de um membro da família do repolho. Sementes amarelas ou brancas têm uma mordida forte, mas não pungência aromático. Sementes marrons são aromaticamente pungente, bem como a mordida. Decapagem, aromas, saladas, cozidos, legumes e carnes. Semente de Mostarda: Descrição tempero (inteira ou moída): sementes brancas (ou amarelo) e marrom (ou asiático) são dois tipos principais. A marrom é mais forte. Quente, muito picante. Usos: Carnes, decapagem, aromas, molhos e molhos. semente da planta da mostarda. Semente à terra misturada com vinagre e outros condimentos, faz mostarda preparada. Sugestão de uso: Decapagem, molhos e caldos. Semente de mostarda é usada inteira ou moída e tem um sabor muito forte pungente. É utilizada em carnes, molhos e molhos.
Mirim: vinho de arroz com sabor adocicado, usado em grelhados, cozidos, caldos e molhos.
Misk: é um tipo de resina vegetal extraída da árvore Pistachia lentiscus, típica do Oriente Médio. Aromatiza doces e sorvetes.
Naga Morich: ver pimenta Naga Morich –  a mais ardida das ardidas do mundo
Negui, wakegui e asatsuki (cebolinhas verdes): estas variedades de cebolinha são muito utilizadas na cozinha japonesa.  A negui divide-se em duas subvariedades: ha-negui é verde em sua maior parte, e apreciada justamente por isso; o nebuka-negui tem a parte branca mais desenvolvida que a verde. O wakegui, que mede de 20 a 30 cm , é mais fino e macio que o negui, e tem um sabor menos ardido. É delicioso quando rapidamente cozido (apenas 1 ou 2 segundos) em água fervente. Tanto o negui quanto o wakegui são ingredientes do sukiyaiki e de outros pratos preparados à mesa (nabemono). São indispensáveis para tirar o gosto forte do peixe. O asatsuki é a cebolinha verde mais delicada, de sabor leve e aroma muito suave. Mede de 10 a 15 cm e é usada, de preferência, cortada bem fina, para dar colorido a sopas ou para temperar pratos.
Nirá: folha de alho.
Noz-moscada (Myristica fragrans) utilizada tanto para salgados quanto para doces, pode ser encontrada em pó ou inteira, para ser ralada. Deixa um sabor diferente em recheio de massas, em carnes e até em coquetéis. Também empregada em marinados, assados, peixes, legumes, molho branco, doces de sabor delicado e em pães de massa fina. E carne moída. Pudins de pão. Originária do Oriente. Fica ótima no purê de batata, sendo usada, também, em  leite e bebidas à base de chocolate. Obrigatória no molho bechamel. Melhor guardada inteira em vidros fechados, ralar na hora, para conservar o odor. É uma especiaria versátil com um sabor pungente a noz. É tradicionalmente usada para polvilhar pudins de leite, como o pudim de arroz ou a coalhada, mas também é um condimento perfeito para purê de batata, pratos com abóbora, espinafres e massa, e é maravilhosa combinada com queijo e em todos os purês de legumes de raízes. Deve ralar-se a noz-moscada na hora de usar, pois os seus óleos essenciais e o seu sabor perdem-se rapidamente. Francês = muscade, Inglês = nutmeg, Espanhol = nuez moscada, Italiano = noce moscata – –  é sempre melhor quando usado todo e ralado. Tanto a noz-moscada e maça contêm um óleo essencial, que pode se ligar com a gordura da manteiga derretida ou de óleos de sabor neutro, se você quer produzir o seu próprio óleo de noz-moscada ou óleo de mace. A árvore de noz-moscada de altura produz duas especiarias: noz-moscada e mace. Noz-moscada vem da semente interior marrom da árvore da “fruta”, e é mais doce que maça, feito a partir do revestimento externo da semente.Noz-moscada é uma especiaria de cozimento, comum aos pratos de frutas, e uma parte essencial da gemada. é uma especiaria aromática inteira ou moída doce usado com sopas, legumes, sobremesas e doces. A semente marrom da fruta de uma árvore verde. Quente, doce e picante. Assados, pudins, molhos, sopas, bebidas, peixes e legumes (espinafre ou seja, e batata doce). Na árvore de noz-moscada esta semente de fruta é uma das mais antigas especiarias conhecidas. Sugestão de uso:Em sopas cremosas e molhos, e uma grande variedade de sobremesas.  (inteira ou moída): cinza, marrom, sementes ovais da árvore de noz-moscada. Mace é o tempero obtido a partir da membrana das sementes. Nutty, quente, picante, doce. Usos: bebidas (esp. gemada), bolos, biscoitos, molhos, batatas doces, tortas e pães. Livres da maça, as sementes, ainda cercada por seu tegumento, são, então, seca ao sol e voltou duas vezes ao dia. Após a noz-moscada encolheu para longe do revestimento de semente, este último é quebrado aberto e os noz-moscada acastanhadas são colhidos, limpos, e processados ​​para a venda.
Orégano (Origanum vulgare): erva usada como tempero, especialmente em pratos típicos da  cozinha italiana, como molhos de tomate, berinjela à parmegiana, massas e pizzas. Também pode ser usado em caldos de verdura, em carnes, peixes e aves, saladas e aperitivos. Originário do Mediterrâneo. Produzido no Chile e Turquia. Seco ou fresco. Estreitamente relacionado com a manjerona, mas de sabor mais forte e aromático, os oréganos são muito úteis, pois são a única erva que fica melhor seca do que fresca. Ligam bem com carne, frango, legumes e com queijo e ovos. Esta erva é muito conhecida pela sua utilização nas cozinhas italiana, grega e portuguesa.  Francês = origan, Inglês = origan,wild marjorans, Espanhol = orégano, Italiano = origano – Folhas (Folha Orégano): . manjerona selvagem Sugestão de uso: Em pratos italianos, sopas ou molhos, ensopados de carne, e em pratos de feijão.Cebola (sal, pó, picada ou picada): . Cebolas secas em várias formas Sugestão de uso: em pó ou sal para temperar. Picados ou cortados em textura é procurado. como a hortelã, orégano vem da folha seca de uma erva perene.Orégano é apimentado com um odor pungente, e é responsável pelo sabor característico da pizza. A erva é muito popular em pratos de carne saudáveis, molhos de tomate, e combina bem com alho e limão. Também chamado de manjerona silvestre. A planta é semelhante a manjerona, mas shrubbier e mais divulgação. Orégano é muito assertivo e picante com notas de pinho. Cortar as folhas aproximadamente ou finamente e adicionar no início de cozedura. Orégano é mais conhecida como a “pizza erva”.Combine-o com limão e alho para criar sabores gregos. Orégano é usada fresca ou seca em muitos pratos italianos, molhos de tomate e pratos de carne. Folhas verde claro dos membros da família de hortelã. Forte e aromático. Pratos italianos, carnes, peixes, queijos, ovos e legumes. (folhas frescas ou secas desintegrado): Membro da família de hortelã, relacionado com manjerona e tomilho.Forte, aromático, com um sabor “pizza” pungente. Usos: peixes, carnes, aves, molhos de tomate; receitas grega, italiana e mexicana. Use orégano para carnes vermelhas, acento frango assado, ou pratos substanciosos, como moussaka e ratatouille. Use-o em marinadas e molhos picantes para saladas ousadas. As folhas secas são usadas freqüentemente em italiano, espanhol e mexicano cozinhar, especialmente em carnes e molhos de tomate, onde se misturam bem com alho e especiarias quentes. Também pode ser utilizado em saladas, ensopados, recheio de ovo, e queijo, e com pratos de peixe.
Papoula (Papaver somniferum): as sementes dessa planta têm sabor e textura agradáveis, além de contribuir com o aspecto visual de vários pratos. São utilizadas em saladas, biscoitos, strüdel, ovos mexidos, patês, salgadinhos e pães, salgadinhos e arroz, além de doces, bolos e compotas, proporcionando um sabor amendoado. Sementes bem miudinhas. Sensacional, polvilhadas em cima de pães, bolos, bolachas, antes de ir ao forno, e na massa de pudins, pães e tortas. Ou junto com manteiga derretida, para assar batatas, cenouras, ou ainda macarrão de forno. Dá um recheio diferente para bolos, misturando um pouquinho com mel e uma colherada de caldo de limão. Principais utilizações:  Aperitivos de queijo e patês; Na ricota e requeijão, massa, torta, macarrão; Na maioria das saladas; Ovos mexidos;  Molhos para saladas; Compotas de frutas, cobertura para salada de frutas, bolos. Crocante.- As sementes variam em cor do branco para um tom ardósia que é chamado de azul na classificação comercial. Crocante, sabor agradável, nutty. Sementes de papoula são favorecidos como um condimento para assados ​​e pastelaria, devido ao seu odor e sabor de noz. A partir de uma planta de ópio marrom amarelado, sementes de papoula são minúsculos e noz-gosto. As sementes crocantes são usados ​​em produtos de panificação, como muffins, são populares em sobremesas, e são usadas em pratos de peixe e legumes. sementes de papoula ter uma noz, sabor levemente doce e são utilizados em panificação e em pratos indianos, como um enfeite para saladas, massas e legumes. (inteira): Tiny (menos de 1/16 polegadas de diâmetro), azul-preto sementes da papoula.Textura crocante, sabor de noz desmaiar. Usos: Pães, bolos, doces, tortas, molhos de salada, vegetais, molhos de carne. sementes muito pequenas da planta papoula Sugestão de uso: Enfeite para macarrão. No cozimento de pães, pães, bolos e biscoitos.
Páprica (Capsicum annuum): com frutos semelhantes a um pequeno pimentão (doce, vermelho) (Capsicum frutensces) existe em dois tipos, a apimentada e a doce, mais suave, utilizada em ensopados, patês, saladas, carnes e aves. Sua origem é duvidosa, pois afirmam ser européia ou da América Central. Muito utilizado na culinária húngara. É um pó avermelhado e seus frutos são secos e moídos, obtendo-se a páprica em pó. Também utilizada no Goulash, para dar sabor em maioneses, em arroz, pratos com ovos e em algumas saladas. Espanha e Hungria.- Moído em pó da carne de vagens das plantas capsicum certos. Gamas de sabor doce e suave a levemente picante. Pratos espanhóis e húngaros, salsichas, goulash, e enfeite. Este pó vermelho brilhante vem de uma leve pimenta vermelho, e é o sabor principal no cozimento húngara. Os sabores da gama de páprica doce e leve a quente e picante, e muitos consideram húngaro paprika melhor. Paprika é popular em pratos de mariscos, guisados, e como um enfeite. Um pó feito de Pimentos doces ou pimentões (pimentos). Disponível em leve, doce, ou quente. Paprikas húngaros são consideradas superiores em sabor. Paprika é uma pimenta doce vermelha com um sabor suave. É normalmente utilizado em carnes na brasa e aves. Paprika: tempero (terra): Seco, doce terra vermelha pimentas em pó. Ligeiramente amargo, que vão desde doces a quente (mexicano é mais brilhante na cor e no sabor mais doce do que húngaro, que é mais escura e mais pungente). Utilizações: molhos, peixes, aves, saladas (batata e ovo), sopas, ingrediente necessário para goulash.
Peppercorn: (terra, inteiro ou quebrado): tempero mais usado. Bagas da planta de pimenta que crescem em cachos de uva-like.Preto, branco pimenta, verde e vermelho são processados ​​a partir das bagas. Quente, picante.Usos: Melhora o sabor da maioria das carnes, aves e pratos doces.
Peppercorn-BLACK: Secos frutos maduros de uma videira tropical. Fogo médio. Usado principalmente para várias formas de pimenta. Inúmeras aplicações.Peppercorn-BRANCO: Semente tan-colorido luz da baga pimenta, a partir do qual a casca escuro exterior é removida. Contém o calor da pimenta preta, mas não o buquê da total. Muitas vezes escolhido para a luz cor-de-molhos e sopas. Molhos, sopas, molhos e em receitas onde a cor é importante. Peppercorn-GREEN: Secos frutos imaturos de uma videira tropical. Escolhidas quando verde, resultando em um sabor mais suave. Normalmente encontrado em misturas Peppercorn inteiras. Peppercorn-PINK: Secas bagas vermelhas de um arbusto perene-like. Sem relação com pimenta preta. Termo apropriado é baises rosa. Normalmente encontrado em misturas Peppercorn inteiras. Peppercorns são pequenas preto, branco ou verde bagas secas rígidos com um sabor picante usado em quase todas as receitas. Pimenta branca – pimenta preta são permitidos para amadurecer e, em seguida, cascas são removidos. Podem ser preferidos para molhos pálidos ou levemente colorida. Disponível como grãos inteiros, quebrados ou em terra.
Pimenta: nome genérico principalmente paras as “capsicum”.  A pimenta possui um princípio ativo medicinal que é a capsaícina, que é responsável pela ardência. É boa para quem tem problemas respiratórios, como gripe, sinusite, rinite, porque desobstrui as vias nasais. Por outro lado, é o primeiro tempero a ser proibido pelos médicos proctologistas, que dizem ser a pimenta-do-reino pior que as demais.  Veja a Escala de Ardência das pimentas: http://www.pimentas.org/forum/viewtopic.php?t=369 – – A pimenta é o tempero mais popular do mundo e vem das bagas Peppercorn secas. Pimenta preta, da qual a variedade Tellicherry são o mais valorizado, adicionar tempero a mais cozinhar e dar o melhor sabor quando moída na hora. Pimenta brancos são produzidos quando as bagas Peppercorn negros estão autorizados a amadurecer e as cascas são removidos. (preta ou branca): A pimenta preta é os frutos imaturos. Pimenta branca é os frutos maduros com o casco removido.Sugestão de uso: Todo em ações, e decapagem. Terreno na maioria dos outros pratos.  – pimenta é o tempero mais popular do mundo. É vendido em ambas as variedades preto e branco e para a maior parte é importada da Índia, Indonésia e Bornéu. É vendido em variedades inteiras ou em pó, e é usado em quase todos os pratos imaginável. –
Pimenta branca: extraída da pimenta-do-reino tem sabor mais suave que a preta e é utilizada em pratos mais claros como molho branco, carnes brancas, peixes, sopas claras e maioneses. Usada também no tempero de saladas.
Pimenta Caiena (Capsicum baccatum): especiaria extremamente picante, parte da família da pimenta malagueta. Natural da América Central,  pode ser encontrada ao natural ou seca e são largamente utilizadas em queijos e pratos de peixe, apesar de acompanhar bem qualquer tipo de carne. É a pimenta com maior quantidade de vitaminas. Em pó. Ótima para peixes e molhos. Uma especiaria muito picante, derivada das malaguetas secas de uma pimenta vermelha, natural da América Central. Torna mais picantes os pratos e condimenta queijos e pratos de peixe. Francês = poivre de Cayenne, Inglês = cayenne pipper, Espanhol = cayena, Italiano = pepe di Cajenna . É a mesma pimenta conhecida entre nós como dedo-de-moça, ou muito semelhante. Se retirada a semente antes de ser curtida perde o ardor e pode ser mastigada até pura. Também existe uma mistura de pimentas que é vendida como se fosse a caiena.
Pimenta Calabresa ou pimenta vermelha: obtida a partir da desidratação (e flocagem) da pimenta vermelha. No Brasil, usada para deixar picantes as “comidas de botequim”. Usada em temperos de carnes bovina, suína, frango e peixes.
Pimenta Cambuci (chapéu de frade): pimenta mansa, como a de cheiro (sem sementes) e a  pimenta-de-bico. Usada como legume.
Pimenta Chili: Ver chili. Muito picante, pratos mexicanos e italianos. Sopas, cremes, molhos cremosos e de tomate. Frutos do mar, carnes, aves, vegetais e coquetéis.
Pimenta chora-menino: variedade da pimenta-de-cheiro, grande, amarela e muito picante.
Pimenta com cominho: Mistura muito popular nos pratos nordestinos, utilizada com grande fartura no feijão, cozidos de peixes e frutos do mar, caldas e molhos em geral.
Pimenta Comarí-do-Pará (Também é uma capsicum anuum.): Seria a mesma pimenta Cumari ou Cumaí? Semelhante à pimenta Murupi (capsicum chinense), menor e mais arredondada. Formato triangular,podem ser verdes quando imaturas ou amarelas meio palidas quando maduras. Usada para temperar arroz e carnes brancas. A pimenta jalapeñotambém tem nome capsicum annuum). Também chamada pimenta-apuã. Ver comentários sobre pimentão, diferente mas tambem mencionda como capsicum anuum.
Pimenta Coração-de-moça: vermelha ou verde, redonda, ardida.
Pimenta Cumaí: Redonda, verde, dizem que não faz mal. (Seria a mesma cumari ou comari?)
Pimenta Cumari Verdadeira (Capsicum praetermissum) : Variedade exclusiva do Brasil, frutos verdes e vermelhos, bastante picante e de baixo aroma. A vermelha é bastante rara.Indicada para molhos cozidos e marinados. Diferente da Cumari-do-Pará
Pimenta da Costa: africana, o mesmo que atarê (nagô).
Pimenta da Jamaica (pimenta officinallis ou Pimenta karst ou Pimenta dioica) : muito usada na cozinha Síria. Utilize em sopas, molhos,marinadaspara frutos do mar, bebidas e picles. Combina também com patês, vinha d’alhos, carnes, berinjela e cenoura. Moída pode ser utilizada em bolos, biscoitos, sorvetes, pudins, molho para churrasco, charcutaria e picles de ovos. Assemelha-se a grandes grãos de pimenta, mas seu gosto lembra o sabor de uma mistura de noz-moscada, macis, canela e cravo-da-Índia. Nos Estados Unidos é conhecida como Allspice. Doces, tortas e pudins. Mais gostosa moendo na hora. Componente da pimenta síria, as vezes vendida como “pimenta síria”. Esta especiaria assemelha-se a grandes grãos de pimenta, mas o seu gosto parece uma mistura de noz-moscada, macis, canela e, especialmente, cravo-da-índia. Utilize-a em bolos de frutas, empadas de carne picada e pudins de Natal. É um ingrediente importante para temperar bifes. A pimenta-da-jamaica moída é uma só especiaria, não uma mistura de especiarias, como o seu nome em inglês (allspice) sugere. Francês = poivre de la Jamaica , Inglês = allspice, Espanhol = pimienta deJamaica, Italiano = pepe della Giammaica Ver curiosidades  em http://wiki.pimentas.org/wiki//Pimenta-da-jamaica . Também chamada murta-pimenta, pimenta e pimenta-de-coroa. Classificação científica: Plantae Magnoliophyta Myrtales Família:MyrtaceaeGénero:Pimenta Espécie: P. dioica (links e imagem da wikipedia)- – Este tempero aromático vem dos frutos secos de uma árvore nativa perene para a Jamaica, México e Honduras. Remanescente de uma mistura de cravo, noz moscada e outras especiarias, pimenta da Jamaica é usado para cozinhar, decapagem, especiarias e temperos empurrão. – vem das bagas de terra de uma árvore que cresce na Jamaica e pertence à família Myrtaceae. Tem o aroma de uma mistura de canela, cravo e noz-moscada. É vendido tanto todo e moído. Todo é usado principalmente na decapagem, carnes, peixes e molhos. Terreno é usado em assados, aromas, pudins, e conservas de frutas. pode ser comprado todo ou em pó. O sabor tem gosto de uma mistura de canela, cravo e noz-moscada e é amplamente utilizada em carnes estufadas, tortas e pudins. baga seca da árvore pimento da família cravo. Este secos, fruta não-madura tem a combinação sabor de canela, noz-moscada e cravo, pimenta da Jamaica daí o nome. Crescido nas Índias Ocidentais. Sugestão de uso: Terreno usado em assados, ketchup e carne assada. Todo utilizado na decapagem, ensopados, peixes cozidos, sopas e molhos .  (inteira ou moída): marrom-escuro, ervilha de tamanho frutos da árvore pimento verde. Também chamado Jamaica pimenta. Sabor picante que lembra uma mistura doce de canela, cravo e noz moscada. Usos: salsichas e carnes na brasa, peixe cozido, pães, bolos, biscoitos, frutas cozidas, tortas, pudins. Bagas secas marrons de uma árvore verde.  O sabor é semelhante ao cravo, mas mais suave e mais suave. Undertones de canela e noz-moscada. Também chamado de pimento. Marinadas, ações, guisados, alimentos em conserva, caril, frutas / especiarias, conservas, bolos e Prazeres.
Pimenta de bode: Também é uma capsicum anuum. Parece uma pitanga,vermelha,laranja ou amarela .Grau médio de picância . Peixes, caldos e molhos. Variedade da pimenta de cheiro, cultivada na região sudeste.
Pimenta de Caiena – Feito a partir das vagens secas de pimenta, esse tempero de fogo é muito popular em México, sudoeste americano, indiano e culinária italiana. Tem aroma pouco, mas é quente ao paladar. (terra): em pó tempero feito a partir de uma variedade de chiles tropicais, incluindo o vermelho cayenne pimenta. É muito quente e picante, assim use com cuidado. Também chamado de pimenta vermelha. Parece paprika. Muito quente, picante. Usos: carnes, ovos, queijo, receitas Cajun.
Pimenta de mesa: Espécie ornamental , vermelha ou amarela, com frutos que podem ser ovalados ou cônicos.É usada em carnes,molhos e saladas.
Pimenta dedo-de-moça: (capsicum baccatum) variante suave da pimenta malagueta. Também arde, mas se curtida sem a semente, é suave como o pimentão. Difícil perceber que é a pimenta caiena (ou parente muito próximo).
Pimenta em pó – é uma especiaria terra mista de cominho, pimenta, alho e orégano e usado principalmente em pratos mexicanos.

Pimenta experiente: .Uma mistura de pimenta preta, outras especiarias, e os flocos de pimentão sugerida usar: Use sempre que pimenta é usado para um toque único.
Pimenta Fatalii: segunda pimenta mais ardida do mundo
Pimenta Jalapeño (capsicum anuum): pimenta suave, ver jalapeño.  Ver também pimentão. ardor médio (~5)
Pimenta Karst: ver pimenta-da-Jamaica.
Pimenta macaco ou pindaíba (xylopia aromática (Lam.) Mart.) ou pimenta-de-bugre ou pimenta-de-negro: sabor semelhante ao da pimenta da Jamaica. A semente seca é mais amarga que a casca seca. É um anonácea, parente da anona e da fruta-do-conde.; Annonaceae: é uma árvore brasileira nativa do cerrado.   Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Classe: Magnoliopsida Ordem: Magnoliales Família:Annonaceae Género: Xylopia Espécie: X. aromatica  (wikipédia”Neide Benante, http://www.pimentas.org/forum/viewtopic.php?t=1794 Nome: Pimenta-de-macaco, pindaíba  Familia: Annonaceae  Genero: Xylopia  Especie: aromatica  Botanico: (Lam.) Mart. Ocorrencia: cerrado, cerradão  Floração: de agosto a novembro  Porte: Árvore, 8 metros,  Folhas: simples, alternas, dísticas, lanceoladas, cartáceas, curto-pecioladas, pilosas  Flores: brancas, 6 pétalas, sépalas  vermelhas,axilares,actinomorfas Frutos: frutículos, deiscentes, 2 a 5cm  Uso: Usa-se os frutos e sementes moídas como condimento. O tronco é usada para construções rurais, principalmente em populações carentes, para fazer caibros de telhados.  Obs.: Planta pioneira, nasce fácil após corte da vegetação. Sua madeira, leve e de pouca durabilidade é usada pela população mais pobre. Daí vem o termo “na pindaíba”.  O óleo da pimenta de macaco pode ser obtido por intermédio dos técnicos da EMBRAPA, pois os mesmos estão desenvolvendo uma pesquisa com o óleo da pimenta de macaco para uso na agricultura como inseticida portanto logo teremos um substituto do óleo de neem.  As folhas, casca e frutos são usados como antiinflamatório. Retirado do sitewww.petrobras.com.br e www.floresdocerrado.fot.br”.  Origem: Regiões de Cerrado do Brasil  Características da planta: Árvore até 6 m de altura com casca escura e copa rala. Folhas com pilosidade em ambas as faces, de coloração verde-intensa. Flores brancas, surgindo de setembro a novembro.Fruto: Forma irregular, de coloração esverdeada. Polpa avermelhada contendo sementes escuras, quase negras, envoltas por arilo branco. Frutifica de abril a julho. Cultivo:Prefere solos arenosos e ricos em matéria orgânica. Possui desenvolvimento lento e sua propagação é feita por sementes. A pimenta-de-macaco, também conhecida como pimenta-de-negro, faz parte da família das Anonáceas, sendo parente, portanto, dos araticuns, da pinha, do biribá, da graviola e da pindaíba. Ocorre, espontânea e basicamente, na região dos Cerrados e dos Campos Cerrados do meio do Brasil. Apesar de apresentar uma distribuição ampla que abrange os Estados de Minas. (Respostahttp://www.sbrt.ibict.br – Serviço Brasileiro de Respostas técnicas)
Pimenta malagueta (Capsicum frutescens): Fruto de uma solanácea. Bem ardida. Encontrada madura (vermelha) ou verde, em conserva feita em aguardente, azeite ou vinagre. A semente arde mais. Assados, suco de tomate, molhos chili. Este membro da grande família das pimentas tem várias formas, tamanhos e cores. É o ingrediente que torna picantes os pratos, mas cada espécime varia na força. A pimenta verde fresca é apanhada antes de amadurecer, a vermelha já está madura, mas não é necessariamente mais picante. Em geral, a pimenta mais carnuda é mais suave do que a pequena e fina. As sementes são a parte mais picante e convém retirá-las. Prepare sempre a pimenta debaixo de água e não toque nos olhos ou na boca. Francês = pil-pil, Inglês = chillies ou hot red pepper, Espanhol = zabasco, Italiano = piccanti Indicada para pratos do dia-a-dia e receitas com carne de porco.É fundamental para os pratos afro brasileiros da Bahia. Pode ser usada fresca,curtida e em molhos. Não é indicada para peixes.
Pimenta Mineira: redonda, semelhante à pitanga, ardida.
Pimenta Murupi: (capsicum chinense): semelhante à pimenta comari, maior e mais ovalada.
Pimenta Naga Morich – ver link no wiki pimentas: a mais ardida do mundo. Naga Morich
Pimenta preta – Disponível como bagas inteiras, rachado, ou solo. A pimenta Telicherry é um dos mais valorizada. Mignonette ou tiro de pimenta é uma combinação de moído grosso ou esmagados pimenta preta e branca.
Pimenta rosa: (Schinus terebinthifolius), muitas vezes confundida com a pimenta-do-reino, não pertence à família das pimentas. Trata-se da fruta (de tamanho semelhante ao da pimenta-do-reino) da aroeira (Schinus molle) uma espécie pioneira e nativa do Brasil, parente do caju, da manga e do cajá mirim que, apesar do aroma de pimenta, apresenta sabor levemente adocicado e ardência bem delicada (quase imperceptível). Há outra variedade de aroeira, conhecida como aroeira-de-capoeira ou aroeira-vermelha (Schinus terebinthifollus) que também produz a pimenta-rosa. Deve-se tomar cuidado pois algumas variedades, como a aroeira-brava, causam alergia e urticária. A aroeira é nativa da América do Sul e seus frutos são comuns na cozinha francesa, daí ser conhecida como poivre rose (pimenta-rosa em francês). Só há pouco tempo passou a fazer parte da culinária brasileira, que até então exportava a pimenta-rosa para a Europa e depois importava. Pela baixa ardência não é usada como condimento e sim como elemento de decoração. Por outro lado, dá um sabor especial na preparação, pois quando as sementes são mastigadas nota-se a suave ardência. Quando fresca e bem conservada, a pimenta-rosa apresenta uma película fina e delicada de cor avermelhada ou rosada, de textura quebradiça que envolve uma semente escura de sabor levemente adocicado e pouca ardência. Evite as pimentas em que as películas estejam soltas, com a cor rosa desbotada e cheiro de mofo. A melhor maneira de armazená-la é em recipientes herméticos, secos e limpos. Evite deixá-los expostos à luz e em ambientes úmidos. A pimenteira chega a 7 m de altura. A pimenta-rosa combina tanto em preparações salgadas como doces. É usada, de maneira especial, em molhos para medalhões de filé mignon grelhado, mas também fica muito bom com filé de frango e de peixe e no camarão. Sorvetes de frutas, musses, crêpes e saladas (doces e salgadas) ganham mais cor e sabor com a pimenta-rosa adicionada no momento de servir. Experimente servir queijo-de-minas fresco ou queijo de cabra fresco temperado com azeite de oliva, ervas frescas e pimenta-rosa. Além de seu uso em pratos quentes e frios, também pode ser utilizada em bebidas como: caipirinha de laranja, limão, hortelã e grãos de pimenta rosa e caipirinha de pimenta-rosa e tangerina. Que são feitas como qualquer outra caipirinha. Retirado de “http://moonchild.openbots.org:10080/wiki//Pimenta_Rosa”. usar com parcimônia. Aroma menos delicado que o da pimenta-do- reino.  Embora não se trate de verdadeira pimenta, os grãos cor-de-rosa são suaves, muito aromáticos, e fazem um bonito efeito. Cuidado, sabor pode predominar sobre outros temperos. Saladas, molhos, grelhados, frutos do mar. Curiosidades: http://wiki.pimentas.org/wiki//Pimenta_Rosa
Pimenta Scoth Bonet: Esta pimenta é ideal para ser utilizada diretamente: picada ou inteira.
Pimenta síria ou Bhar: é uma mistura de especiarias como, pimenta-da-jamaica, canela, pimenta-do-reino preta e branca, noz-moscada e cravo em pó. Amplamente usada na cozinha de várias regiões árabes. Carnes de esfiha, quibe e carne de recheio de charuto e legumes recheados. Cozinha árabe. Em alguns lugares, a pimenta jamaica é vendida como pimenta síria.
Pimenta Tellicherry – Pimenta vêm da planta Piper Nigrum. Estes membros particularmente reverred da família baga provenientes da área Costeira Malabar da Índia do Sul Pennensula, e são geralmente maiores e mais saborosos do que aqueles cultivados na Indonésia e América do Sul.
Pimenta Tepim: Capsicum annuum var. glabriusculum –  Consulte http://wiki.pimentas.org/wiki//C._annuum_var._gabriusculum
Pimenta verde – pimenta Unripe que são embalados em vinagre ou em salmoura.Estão também disponíveis liofilizado.
Pimenta Vermelha ou Calabresa: é muito picante e deve ser usada com moderação. Muito utilizada em pratos mexicanos e italianos. Molhos de tomate e saladas, aves, peixes, frutos do mar, patês e pizzas. Carnes.

Pimenta Vermelha: Frutas secas (casca) de várias pequenas pimentas. Cayenne é moído das mais quentes pimentões. Pimenta vermelha é a designação actual da indústria para qualquer massa de pimentão vermelho. Dá calor para vegetais, carnes, ovos, molhos, peixes e molhos.

Pimenta Peter Pepper ( Capsicum annuum) “Origem: U.S.A.  (Louisiana e Texas). Também chamada de Penis Pepper, é uma das variedades mais incomuns do mundo devido ao seu formato lembrar o órgão sexual masculino. Embora seja uma pimenta de excelente sabor, é mais cultivada como ornamental, chegando a provocar gargalhadas ao observador desavisado. A planta é de porte médio/baixo, atingindo 60cm de altura por 60cm de largura, com hastes múltiplas e folhas verde escuras lanceoladas medindo medem 12 x 6cm . Gosta de sol pleno, mas prefere áreas abrigadas de ventos por possuir hastes delicadas. O solo deve ser fértil, mas bem drenado, devendo ser recoberto por uma camada de palha, com a finalidade de manter a umidade. Flores únicas por nó, pendentes na antese, de corola branco-leitosa sem manchas na base dos lóbulos e anteras coloração cinza. Frutos em posição pendente, protegido e camuflado pela sua própria folha, atrás da qual se esconde. Tem pungência média em torno de 30.000 SHU na escala Scoville. Seu formato é bastante enrugado e retorcido, terminando em uma cabeça arredondada com uma depressão na extremidade que lembra um furo. Medem uma média de 7,5  a 10 cm de comprimento por 2 a 2,5 cm de diâmetro. Sua coloração vai do verde (imaturo), passando pelo marrom, até atingir o vermelho vivo que caracteriza o fruto maduro. Contêm uma média de 50 sementes de cor creme que germinam em um período de 14 a 28 dias. A colheita se inicia entre 110 e 120 dias após a semeadura.  Uso: Principalmente como ornamental, mas pode ser usado fresco (molhos e saladas), em conservas, e seco moído (pó).” Texto e foto integralmente extraídos de http://br.geocities.com/c.caminha/minha_pagina.html
Pimenta-de-bico ou biquinho-doce: (capsicum chinense) Sabor agradável e suave, em conserva enfeita e dá sabor à pratos salgados. Pode mastigar sem medo. Uma C. Chinense sem ardência, muito apreciada em conserva e “in natura”, cujo consumo tem crescido muito no Brasil nos últimos anos. Altamente produtiva, produz frutos pequenos, que vão do verde ao vermelho e com formato característico, como sugere o nome, de um bico, com sabor próximo ao de um pimentão. (http://wiki.pimentas.org/wiki//Variedades )
Pimenta-de-cheiro: Também é uma capsicum anuum. Redonda, vermelha, ardida, perfumada. Bahia. A variedade Chora-Menino é geralmente amarelada de tamanho grande e bem picante. Indicada para saladas, peixes, caldos e sopas.  Existem alongadas, arredondadas,triangulares; frutos amarelos, alaranjados, vermelhos, pretos. Combinam melhor com as carnes brancas. É mais uma familia, da qual faz parte também a pimenta de bode.
Pimenta-do-reino (piper nigrum): em sua forma preta em em pó é utilizada em praticamente todos os tipos de pratos, como vinha-d’alhos, saladas, peixes, carnes vermelhas e marinados. Em grãos, também conhecida como pimenta-negra, entra no preparo de conservas. É planta trepadeira originária da Índia. Cultivada no Norte e Nordeste do Brasil. Variedades branca, preta e verde (seca). Fresca, sempre em salmoura, usar em molhos Steak ou Poivre, patês e manteiga aromatizada. Da fruta madura sai a branca (mais suave), da verde sai a preta. Este grupo de especiarias inclui os grãos de pimenta pretas, verdes e brancas. São as bagas do pimenteiro. Pode-se comprar pimenta moída, mas é muito melhor conservar os grãos secos e moê-Ios quando necessário. Faça a sua própria mistura. Os grãos de pimenta verde inteiros em salmoura são ótimos em molhos para frango, carne de vaca e bifes. Francês = poivre, Inglês = pipper, Espanhol = pimienta, Italiano = pepe Curiosidades em http://wiki.pimentas.org/wiki//Pimenta-do-reino
Pimentão (Capsicum frutensces ou Capsicum annuum) : não é tempero, mas é da família da pimenta. Base para muitos pratos. Excitante, digestivo, anti-hemorroidário. Ácido arcórbico, vitaminas A e C, cálcio, fósforo e ferro. Evita e cura aftas (comprovado). Verde, vermelho, amarelo. O vermelho (capsicum anuum) é comprido, o curto parecendo maçã é o doce americano, o médio alongado é o doce espanhol.  Em pó, pode fazer parte do colorau. Do vermelho sai a páprica. Ver também pimenta jalapeño. Da semente sai apáprica.
Pimentas doces: Cambuci, aroeira vermelha,pimenta biquinho ou de-bico, pimenta americana, pimentões, não (ou quase não) picantes. Usadas geralmente como legume,temperando ou acompanhando pratos dive
Pimentas mistas: mistura de  pimentas do reino preta, verde e branca, pimenta rosa e Jamaica.
Pimentas secas: Geralmente as  vermelhas. Muito ardidas, usar com cautela.
Pimento: o mesmo que pimentão (termo espanhol).
Pimentón: o mesmo que colorau (termo espanhol). Nada a ver com pimenta.

Pimiento: fruto carnudo madura de uma planta de pimentão vermelho Sugestão de uso: Enfeite para saladas, sopas, ou entradas.Sabor suave para sopas, saladas, guisados, e vinagretes.
Pinholi: cozinha árabe e italiana. Complemento de quibe, esfiha, participa do molho pesto, com manjericão e alho. Saltado na frigideira, usado sobre saladas de folhas.
Piripiri: membro da família das pimentas, largamente utilizado na culinária portuguesa, principalmente nos pratos de caril. Suas sementes são a parte mais picante. Nos Estados Unidos é mais conhecido como chillies ou hot red pepper.
Pistache: compõe o Dukkah
Pó de pimentão – é uma combinação de especiarias e ervas de terra secas.Ele pode conter todos ou apenas alguns dos seguintes e em proporções variáveis.
Rábano silvestre: erva perene Picante Sugestão de uso: molho cocktail, molho de raiz-forte, ou ralada como um condimento.
Raiz Forte:(Armoracia rusticana G. M. Sch.): o mesmo que Wasabi.  Sabor penetrante e odor picante. Tempero japonês usado no sushi e sashimi. A pasta é feita misturando o pó com água morna e esperando dez minutos para o sabor se desenvolver. Oriente.
Ras el Hanout – é usado principalmente em Marrocos e em todo o Magreb (norte da costa da África). É um pó maravilhosamente perfumado com a qual o cuscuz tradicional não tem alma. Dependendo do país (Marrocos, Argélia, Tunísia ou), o ras el Hanout variam em composição, a partir de doze especiarias na Argélia para vinte a vinte e quatro especiarias em Marrocos. Na Tunísia, as especiarias são menores, mas acrescenta uma secos rosebuds pulverizadas.
Rosemary – Brilhante, folhas agulhas com um limão e aroma a pinho. O sabor pode dominar e sabor amargo por isso use com moderação. Coloque um raminho ou dois em cordeiro, vitela, porco ou frango antes de assar. Atire alguns em carvão sobre os quais carne, frango ou costela está cozinhando. Salpique folhas picadas mais de carne ou peixe antes de grelhar. Também uma planta da família da hortelã, alecrim vem das folhas de agulha de um arbusto verde. Rosemary tem um aroma de limão e pinho e sabor. A erva é usada em chás, arroz, pizza, pães, e muitos molhos diferentes. Rosemary é folhas frescas ou secas utilizadas para cordeiro, aves. sopas e molhos. Verdes agulha como folhas de um arbusto da família das mentas. Intenso de hortelã-pimenta sabor. Cordeiro, camarão, frango, frutas cítricas e vegetais. Sábio pode ser fresco ou em pó e tem um sabor picante usado principalmente com aves, recheio e carne de porco.
Rosmaninho: tempero português, molhos para saladas e carnes. Difícil no Brasil. Bom na vinha d’alhos.
Rosmarino: o mesmo que alecrim (termo italiano). ( Rosmaninho português?)
Rúcula ou Erúca: sabor forte e picante, semelhante ao agrião. Usar fresca em massas e saladas.
Ruibarbo: planta cujos talos são usados em compotas, geléias, tortas, pastéis e sobremesas diversas. ATENÇÃO: não usar as folhas, pois são venenosas!

Salgados: Folhas pequenas (marrom-esverdeado quando seca) de um membro da família de hortelã. Ligeiramente amargo. Salsichas, feijão, recheio, e bouquet garni. Salgados é uma erva aromática usada com pratos de carne, aves, peixes e vegetais. Salgados:  (ramos frescos ou secos desintegrado) . Dois tipos: verão e inverno. Verão saborosa é ligeiramente mais suave, mas ambos estão fortemente aromatizado e deve ser usado com moderação. Verão é geralmente preferido. Intimamente relacionado com a família da hortelã. Minty, aromático, ligeiramente picante. Usos: Beans (feijão, vagem e lentilha) carnes, molhos, sopas, recheios, legumes
Salsa (petroselinum sativum ou hortense ou crispum): erva de sabor suave muito usada,  fresca ou desidratada, como tempero ou finalizando pratos, em marinados, molhos, saladas, pratos com carnes, omeletes, aves, peixes e sopas. Faz parte do cheiro-verde, junto com a cebolinha. E também do tempero ervas finas. Dois tipos: de folhas crespas (salsa-musgo) e a de folhas lisas, de sabor mais forte. A palavra também quer dizer molho, em espanhol. Cozinha do Mediterrâneo oriental. Sabor levemente azedo. Também na ornamentação. Embora tradicionalmente utilizada apenas para guarnição, a salsa fresca também dá um excelente sabor a sopas e molhos. Existem duas variedades, com folhas lisas ou frisadas, sendo a de folhas lisas mais decorativa e de sabor mais forte. Muita salsa picada, um pouco de alho esmagado e azeite extra virgem aromatizado constituem um excelente toque de acabamento para pratos de carne e peixe grelhados. A salsa também pode ser frita e servida com o peixe, ou reduzida a purê, com um pouco de manteiga, para obtenção de um molho rápido para servir com frango ou vitela. Em tempos de abundância, a salsa faz uma boa salada e pode ser utilizada para fazer um molho verde.  em temperos de carnes de toda a espécie, em sopas refogados, pratos de forno, farofas, pastas de queijo, verduras,  molhos. Tanto no preparo, como picadinha e salpicada por cima depois.     Francês = persil, Inglês = parsley, Espanhol = perejil, Italiano = prezzemolo- Esta folha erva é mais popular como um enfeite (e um purificador de ar), e é mais frequentemente usado seca do que fresca. O sabor leve, refrescante e aroma se presta a muitos pratos diferentes ea aparência acrescenta a qualquer apresentação. Vivid aglomerados verde-folha dentadas ramificando-se uma haste fibrosa. Variedades mais comuns: as folhas de salsa crespa encaracolados, e as folhas largas planas de salsa italiana. O sabor é de pimenta, aipo fresco e sutil leve e pode ser usado generosamente. Salsa é melhor utilizada fresco e tem um sabor doce luz usado em uma ampla variedade de alimentos. Brilhantes folhas verdes da planta salsa. Folha plana é leve. Curly folha é para enfeitar. Realça o sabor da maioria dos não-alimentos doces. Molhos, misturas de manteiga, sopas, ovos, peixe, carne, frutos do mar, aves, e enfeite. (ramos frescos ou secos desintegrado) Descrição: erva mais amplamente utilizado. Curly folha e salsa (flat-folha) italiano, mas são apenas duas das variedades mais populares que existem. Sabor delicado, levemente picante. Usos: Sprigs usados ​​como enfeite, misturas de ervas (ver multas herbes), molhos, sopas, ensopados. Grande variedade de usos. fresco ou seco. Sugestão de uso: Para enfeitar ou temporada ações, sopas, molhos, saladas, ovos, batatas e pratos.Paprika: Uma forma de pimenta vermelha; húngara é mais quente que o leve espanhol colorau. O método de moagem determina o sabor. Sugestão de uso: Para sabor suave e coloração de frutos do mar, pratos com ovos, molhos e saladas.
Salsão (Aipium graveolens): tipo de  Aipo, mas com folhas mais curtas.  Também é conhecido como aipo, todas as suas partes podem ser utilizadas na cozinha. As folhas são ótimas para dar um sabor especial a sopas e molhos, os talos podem ser servidos crus, em saladas,ou cozidos junto com outros legumes, acompanhando pratos à base de carne. Servido como entrada, o salsão é um excelente alimento porque contém substâncias que estimulam a formação dos sucos gástricos, aumentando o apetite. Sabor mais forte que a salsa.
Sálvia ou Artemísia (salvia officinallis), labíada originária do sul da Europa, erva aromática levemente azeda usada na culinária como condimento para carne de carneiro, porco, queijos, tomates, recheios, saladas, molhos diversos, omeletes e suflês,cremes, massas com manteiga, batatas, biscoito e chá. vinha d’alhos e pratos da cozinha italiana. Contrabalança com a gordura da carne de pato, ganso e suína. Farofas de recheio de aves. É essencial em muitos tipos de lingüiça e dá realce a vários pratos com tomate e queijo. Use com moderação. Seu óleo é usado na fabricação de sabonetes perfumados e dentifrícios. Pode ser usada para substituir o louro em cozidos. Amarga , tem tanino.  Famosa pela Saltimboca à romana. Para combinar com tomate, alho e azeite, a salva é uma erva ótima quando utilizada com carnes gordas, como a de porco ou pato, ou com fígado. Também fica surpreendentemente bem em carne cozidas com tomate, assim como em pratos quentes com queijo. A salvia tem um sabor potente, pelo que deve ser usada com cuidado. É excelente para recheios. Francês = sauge, Inglês = sage, Espanhol = sálvia, Italiano = salvia –
Sálvia – Também na família da menta, a sálvia é a folha de erva de um arbusto verde e tem um sabor terroso e quente. Soft, folhas prateadas sálvia são frequentemente terra levemente. A erva é destaque em pratos de férias muitos, saladas e pratos de carne. Uma erva intensamente perfumado com suaves, oblongas, prateadas folhas verdes. Variedade de cozinha mais comum: sábio jardim. Outras variedades incluem sálvia roxa e sálvia abacaxi. Sage tem um sabor potente, salgados e terroso. Ele pode dominar e gosto medicinal para usar com critério. Longas folhas delgadas que são cinza-prateado quando secas. Membro da família de hortelã. Encontrado no todo ou esfregou formulário. Medicinal sabor mentolado. Carnes, recheios, salsichas, peixes, saladas e sopas. Uma folha seca de um arbusto pertencente à família de hortelã sugerida a utilização: forte no sabor. Usado para temporada recheio, carne de porco, aves, pratos de bovino.Açafrão: De uma espécie de roxo o açafrão é o estigma seco. Sugestão de uso: Em alimentos espanhóis e italianos para sabor suave e coloração amarelada.  (ramos frescos, secos folhas inteiras, terra, desintegrado) Descrição: estreitas, ovais, cinzento-verdes folhas. Mofado, menta, ligeiramente amargo, “salsicha” sabor. Usos: frango, pato, ganso, carne de porco, salsichas, recheios Sal de aipo ou sementes: . semente Picante da planta aipo Sugestão de uso: Cole slaw, salada de batata, pickles, e tal.
Segurelha ou Alfavaca-do-campo (Satureja montana): as folhas desta planta, frescas ou secas, são muito utilizadas como tempero para recheios de carnes, peixes e aves, pratos com ovos, hambúrgueres, molhos, sopas, sobre vegetais crus ou cozidos como ervilhas, couves de Bruxelas e suco de tomate. Lembra orégano com menta. Aromática e picante. Faz parte da vinha d’alhos.Semente alcaravia são inteiros e é um sabor amplamente conhecida em pães de centeio, mas pode também ser utilizado em chucrute, propagações de queijo e carne de porco.
Semente de aipo – pequenos, secos sementes marrons das mesmas espécies vegetais como o aipo com um caloroso similar, ligeiramente amargo, sabor.

Semente de aipo pode ser inteira ou moída com um sabor forte e aipo usado em saladas e molhos para saladas. Fruto da planta aipo selvagem (não o mesmo que o vegetal). Forte sabor – deve ser usado com moderação. Molhos para salada, salada de batata, pickles, legumes, peixes, assados, sopas, croquetes e misturas canape. tempero (inteiro ou em pó, por vezes, misturado com sal – sal de aipo) Sementes de aipo índio selvagem chamado Lovage. Ligeiramente amargo, o sabor forte de aipo. Usos: Moderadamente para decapagem, saladas (batata e cole slaw), sopas, recheios
Shoga (gengibre): com um sabor característico e forte e um aroma delicioso, é muito usado como tempero. Os brotos de gengibre em conserva (ha-shoga) são utilizados como acompanhamento de peixe grelhado e outros pratos. A raiz já bem desenvolvida (ne-shoga) é utilizada cortada em tiras bem finas ou ralada, para quebrar o cheiro da carne ou do peixe em pratos cozidos com temperos (nomono). Acompanha obrigatoriamente o sushi.  Pronúncia: shôôga (cont.:Mitsuo)
Shoyu: é um ingrediente essencial na cozinha chinesa, mas de origem japonesa. O molho de soja é feito pela fermentação da soja com farinha de trigo e água, que depois é envelhecida e destilada para fazer o molho. Há dois tipos de molho de soja: o leve e o escuro. O molho de soja escuro é mais envelhecido que o leve, mais grosso e tem um sabor mais forte. Os chineses preferem usar este molho para os ensopados ou para mergulhar nele os alimentos. É importante escolher sempre um molho de soja de excelente qualidade. Ele é um ingrediente fundamental na cozinha oriental. Um molho de soja excessivamente salgado pode comprometer o sabor de um prato. Sempre tem sal. Enzimas, proteínas, aminoácidos, lactobacilos. Conservante de alimentos. Tônico fortificante e rejuvenescedor do sangue. Bom para fadiga. Pronúncia: Shôôyu. (cont.:Mitsuo)
Sorrel – No passado, esta planta foi usada medicinalmente, mas hoje em dia, é usado principalmente por seu sabor picante em saladas e sopas ou cozida com outros vegetais folhosos. Uma erva com sabor ácido agradável Sugestão de uso: Grande, em sopas, saladas ou adicionado no lugar de vinagre ou suco de limão.
Summac: pó avermelhado, de gosto bastante ácido, obtido da fruta de mesmo nome e usado como tempero de receitas como acelga recheada e tabule. De origem árabe.
Tabasco: Nome comercial de pimentas mexicanas, salgado e curado por três anos, em seguida, misturado com vinagre e tensa.Sugestão de uso: Sopas, molhos, molhos para saladas, e marinadas.
Tamarindo (Tamarindus indica): vagens que produzem uma substância castanha, ligeiramente pegajosa, usada em pratos da culinária portuguesa (caril), indiana e do Extremo Oriente, sendo vital em chutneys. Geralmente é encontrado seco ou ao natural. Tem um gosto amargo, que proporciona sabor mais complexo que o limão aos pratos, principalmente aos condimentados e às sopas. Utilizado especialmente em pratos de caril, é uma substância castanha, ligeiramente pegajosa, que provém das vagens do tamarindo. Tem um gosto amargo, que adiciona um sabor mais complexo do que o do limão aos pratos de caril, a outros pratos condimentados e às sopas. Geralmente vendido em forma compacta ou seco, é um ingrediente vital em chutneys e em muitos pratos indianos e do Extremo Oriente. Francês = tamarin, Inglês = tamarind, Espanhol = tamarindo, Italiano = tamarindi

Tarragon: Delgadas folhas verde-escuras de um membro da família aster. Distinto para a sua pitada de sabor de anis. Mais comumente utilizado em vinagre, mas também é complementar a frutos do mar, frango, molhos tártaro e frutos do mar / ovo saladas.

Tomilho (Thymus vulgaris): geralmente é usado seco. Semelhante ao orégano, mais suave e de melhor digestão. Tempero para molhos, recheios, sopas, carnes, peixes, aves e frutos do mar. Também é usado em patês, legumes, vinagretes de alho, pratos a base de tomate e como aromatizador de vinagres. A infusão de folhas e ramos misturados com mel formam um ótimo remédio contra a ressaca. Faz parte da tradicional mistura “Bouquet Garni”.  Aromatizante de sabor forte. É adequado para pratos de cozidos e embutidos. Ao contrário da maior parte das ervas, com exceção dos oréganos, o tomilho é tão bom seco como fresco. É maravilhoso com carneiro, mas também é bom com porco, frango, peixe e ovos. Deve ser utilizado com cuidado porque o seu sabor se sobrepõe facilmente a todos os outros.Francês = thym, Inglês = thyme, Espanhol = tomillo, Italiano = timo – Cinzento-verdes folhas de um membro da família de hortelã. Uma das mais fortes ervas. Sabor fresco e ligeiramente mentolado. Clam chowder e outras sopas; molhos, recheios, guisados, pratos de carne, peixe, aves e tomate. Tomilho limão pode ser usado no cozimento em muito da mesma maneira como o tomilho comum. O sabor é menos picante e distintamente limão. É particularmente saboroso recheio de carne de vitelo e de aves. Misturar folhas picadas em cremes, pudins, e chantilly, coberturas. Polvilhe levemente sobre morangos frescos e outras frutas ácidas. Clusters de pequenas folhas verdes em um caule lenhoso fino.Variedade mais comum para cozinhar é tomilho Inglês. Outras variedades incluem tomilho limão e tomilho cominhos. Tem um pinheiro e sutil aroma de limão e especiarias. É versátil e amplamente complementar, mas pode sobrecarregar alimentos delicados. Use livremente, mas com cuidado. Thyme vem dos pequenos, cinzento-verdes folhas de uma erva da família das mentas. As folhas de tomilho são muitas vezes secos e moídos. A erva versátil tem hortelã, pinho, e os sabores de limão, e um aroma sutil.  funciona bem com aves, sopas, carneiro, ovos, e muito mais.pode ser folhas frescas ou esmagado utilizados em ações de sopa, molhos, carnes e aves. (folhas ou terra) tomilho Jardim (mais comum) é um arbusto com folhas verde-acinzentadas, membro da família de hortelã.Muito aromático, hortelã, chá-gosto. Usos: peixes, carnes, aves, sopas, ações, legumes (berinjela, cogumelos, batatas e abobrinha). Um rico sabor Sugestão de uso: Chowders frutos do mar, molhos, ações, e pratos de carne. Adicionar ramos inteiros ou folhas picadas em qualquer fase do cozimento. O tomilho é uma erva excepcionalmente adaptável para carnes, frutos do mar, verão e inverno vegetais. Use molas em bouquet garni a ações sabor totalmente, molhos e sopas.
Tumerique ou tumeric: mesmo que açafrão-da-terra – Tem um sabor almiscarado, apimentado. Usado principalmente na forma de terra para alimentos de cor amarela, curries indianos e especialmente pratos de feijão. Use com moderação como uma alternativa ao açafrão. Cor de laranja raízes de um membro da família do gengibre. Sabor ligeiramente amargo e seco. Confere uma coloração dourada. Caril, mostardas, batatas, arroz, frango e ovos.
Urucum: fruto do anato, uma pequena árvore de cuja polpa é retirado um corante usado em vários pratos à base de arroz, farofa, frango, peixes, mariscos, crustáceos e carnes em geral. As sementes são moídas e misturadas com especiarias, como o cominho e o orégano, e  aproveitadas em tempero para legumes, peixes, carne de porco e de boi, mariscos e camarões, entre outros. O urucum moído, quando misturado a fubá e óleo de soja forma o colorau ou colorífico, com sua cor laranja-avermelhado que serve para despertar o apetite e é muito usado em moquecas, carnes, frangos e peixes.
Verbena (Verbena officinalis) – leve sabor de limão, É uma planta do tipo arbusto, que atinge até 80 cm de altura. Suas folhas são finas e serrilhadas, enquanto as flores, pequenas, azuis ou violetas. Fama de afrodisíaca, calmante, digestiva e diurética. Para peixes. Conservar: seca em potes fechados, ou fresca em azeite. Cafés , chás, licor de verbena. – Lemon Verbena – As folhas são colhidas no verão e usadas frescas em chás de ervas e xaropes, saladas ou recheio de carnes e aves. Eles também podem ser picado e polvilhado sobre bebidas e sobremesas de frutas.
Wasabi (Armoracia rusticana G. M. Sch.): o mesmo que raiz-forte. É uma raiz apimentada e de aroma muito forte que imita o sabor da verdadeira Wasabi (planta rara que deu origem ao condimento). É vendida crua (apenas no Oriente), em pó ou em pasta pronta para ser usada. Crua, deve ser ralada. Em pó, é dissolvida na água tépida  e mexer bem para ligar e formar uma pasta. Descansar dez minutos para o sabor se desenvolver. É usada no sashimi, no sushi (niguiri-zushi), em molhos (aemono, etc), molho para churrasco, molhos para carnes cozidas e assadas, etc. Leva o nome da planta rara que deu origem ao condimento. Muito comum, também, nos pratos da cozinha alemã.
Zimbro (Juniperus communis L.): também conhecido como o sabor do gim, são pequenas bagas de cor negra-arroxeada (pequeno arbusto), com cheiro que lembra pinheiro. Usado em charcutaria, marinadas, cozidos, pratos de caça, porco, patês, picles e chutney. Aromatiza genebra e outros spirits na Holanda e Alemanha.  Valoriza temperos de carnes, como a vinha d’alhos.- bagas secas do arbusto verde Sugestão de uso: Em chucrute, o making of gin, e muitos pratos de caça. (em pó integral): bagas ligeiramente suaves que lembram o tamanho e cor de blueberries. Sabor pungente, pinho, amargo quando princípio, prima aromatizante em gin. Usos: marinadas, pratos de caça, chucrute.

chil pepper, Espanhol = zabasco, Italiano = piccanti Indicada para pratos do dia-a-dia e receitas com carne de porco.É fundamental para os pratos afro brasileiros da Bahia. Pode ser usada fresca,curtida e em molhos. Não é indicada para peixes.

…………………..

TIPOS, USO CULINÁRIO e PROPRIEDADES

Especiaria (português e indiano) Usos / aplicação Curiosidades Terapêuticas e antídotos alimentares

Açafrão:

arroz, sopas, saladas, carnes, pães. É usada em pratos de peixe como paella, Zarsuela e Bouillabaisse. Usa-se também em pães, biscoitos e bolos.

antioxidante, antiinflamatório, auxiliar no tratamento da prisão de ventre.

Alcarávia:

pães, batatas, cogumelos, pato, ganso, sopas, recheios e vegetais.

digestivo,

Aipo ou Salsão:

sopas, minestrone e salpicão.

diurético, digestivo, indicado para flatulência (gases).

Alecrim: carnes e massas – deve ser usada com discrição em assados, aves, caça e, em especial, no assado de cordeiro. digestivo, antioxidante, estimulante, ativador da circulação sangüínea, antidepressivo e anti-séptico.
Alfavaca ou Manjericão Cheiroso: tomates, massas, berinjela, peixes de carne firme. digestivo, sedativo, tônico, auxiliar no tratamento de infecções intestinais provocadas por bactérias e parasitas.

Alho:

carnes, aves, molhos em geral e refogados.

antioxidante, digestivo, melhora a circulação sanguínea e purifica o sangue.

Anís (Sounf) ou Erva doce

pratos orientais com porco, pato ou galinha e em legumes preparados com molho de soja. Usa-se também uma estrela em bule de chá mate.

estimula a digestão, e usada como refrescante após as refeições. Regula a mestruação e alivia dores abdominais.

Assa-fétida (Hing):

Indipensável na culinária indiana, deve ser usado em pequenas quantidades, quando frito em óleo fervente adquiri um sabor refinado lembrando as trufas. É um poderoso agente digestivo e também indicado para o tratamento de problemas   respiratório. Antídoto dos feijões e leguminosas em geral (dhal de ervilha e lentilha), pois ela ajuda a dissipar os gases decorrentes desses alimentos.
Baunilha: perfumar bolos, doces, cremes, mingaus, bebidas e licores. estimulante, afrodisíaca e digestiva.

Canela (Dalchini):

compotas, infusões, marinados, picles e ensopados (em casca) e bolos,  pães, biscoitos, mingaus e doces (em pó). Usada em pedaços para  aromatizar calda de doces e, em pó, para polvilhar sobre bananas assadas, tortas e arroz doce. É usada para aromatizar café, chás e chocolates. digestiva, antioxidante, indicada no tratamento e prevenção de osteoporose, controle da pressão sanguínea e alívio dos sintomas da menopausa, afrodisíaco. estimulante das funções digestivas é usado também no –  tratamento de sinusite, gripe e dores de garganta. É um bom analgésico, desintoxicante e expectorante.

Cardamomo (Ilaichi):

pratos indianos, tortas e bolos escandinavos, carne de carneiro e porco, fígado, peixes e sopas, arroz, bolachas, massas, licores, café, conservas de arenque e saladas de frutas, bolos, bolachas, licores, café e conservas de arenque. Usa-se também em saladas de frutas. Entre os árabes, utiliza-se algumas sementes no café para perfumar e tirar a acidez.

antioxidante, afrodisíaco, estimulante, muito estimado por sua capacidade digestiva, regula  a quantidade de ácido no estomago e ajuda a parar vômito e tosse. Ajuda a regular o metabolismo do açucar e previne a formação de muco, antídoto de lactícinios como o leite e iogurte. Também é antídoto de qualquer alimento frio ou doce, como as bananas, tortas e sorvetes. Mascar as sementes de cardamomo após a refeição é digestivo e ajuda a manter um bom hálito. Misturado com um pouco de gengibre pode ser útil nos enjôos matinais da gravidez.

Cebola: pratos salgados. antioxidante e digestiva.

Coentro (Dhaniya) :

peixes, frutos do mar, molhos, sopas, carnes, aves, pães.

antioxidante, digestivo, auxiliar no tratamento da ansiedade, moderador de apetite. constipações, gripes e condições de sangue tóxico. Também limpam e descongestionam o fígado e são bons para a   digestão nervosa e hiperacidez. Essencial no preparo de masalas.

Cominho (Jira): (um dos principais ingredientes da garam massala)

molhos, cremes, peixes, carnes,   assados, legumes, ovos, sopas e pães. É essencial no curry.

diurético, auxiliar no tratamento de gases. bom para o tratamento da diarréia, disenteria e cólicas.

Cravo (Loung):

doces, pães, marinados, assados de porco, molhos e chutney. Em flor, é usado em caldas, doces e, em pó, em pão de mel, bolachas e bolos..

aliviar sintomas da menopausa, indicada no tratamento e prevenção da aterosclerose e colesterol alto.
moderadamente afrodisíaco, estimula as atividades do estômago, promove a digestão, rejuvenecedor e purifica o sangue. O óleo de cravo é usado como poderoso analgésico e alivia a dor de dente.

Curcuma ou açafrão da terra (Haldi): refogados e pratos de legumes. Antibiótico natural. Melhora a digestão e desenvolve a flora intestinal. Purifica o sangue e estimula a formação de novas células. Deve ser usado em alimentos com muita proteína. garganta inflamada e tosse.
Curry: (especiarias diferentes) culinária indiana, arroz. ação estimulante, digestiva e pode proteger os neurônios dos danos causados pelos radicais livres. É indicado no tratamento de câncer e aids.
Dill batatas e pepino e também em queijos cremosos, frescos e omeletes.
Endro peixes, chucrutes, sopas, saladas e patês.
Erva doce: A base da haste é usada como legume. As folhas podem ser servidas em saladas ou guarnecendo outras preparações. combate tontura, náuseas, infecções intestinais e estomacais.

Finas Ervas (Combinação de vários tipos de ervas: tomilho, o alecrim, o louro, a segurelha e alfazema etc)

omeletes e suflês

Estragão: saladas, sopas, assados de forno, peixes, carnes, aves e molhos (sabor fino e penetrante) estimulante de apetite; alivia reumatismo e artrite, regulariza a menstruação, diurético.
Gengibre (Adrak): como acompanhamento, picles,   molhos, doces, bolos, pães, saladas, carnes de porco e chás. Em pó, usa-se em biscoitos, cremes e pudins. Entra também em tempero de carnes,   porcos, aves e peixes. antioxidante, ajuda a tratar enjôos, gastrites e infecções; é auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares, no emagrecimento e no tratamento da depressão. bom expectorante, analgésico e estimulante. tratamento de gripe, indigestão, vômito, dores abdominais, hemorróidas, dor de cabeça.
Gergelim (Til): É usado normalmente em doces e para polvilhar pães. bom para rejuvenecer, fortalece as articulações e é usado para solidificar as fezes nos casos de diarréia. As sementes preta são boas para os dentes e ossos porque contém maior quantidade de energia solar .

Hortelã:

sucos, saladas, molhos para carnes e massas, pratos da cozinha do médio oriente.

estimulante, digestiva. No Recife, o pó da folha é usado para combater parasitas intestinais (ameba e giárdia) em crianças.

Louro:

cozidos, assados, feijões, massas, caldos e carnes. vinhadalhos e marinadas. (alivia o sabor e odor das carnes fortes com dobradinha, mocotó e rabada.)

antioxidante, digestivo, estimula o apetite, é auxiliar no tratamento da gripe.

Manjericão

tomate, em salada ou em molho principal componente do “molho pesto”.

Manjerona (sabor e aroma requintado)

final de cozimento de carnes e molhos.

Mostarda (Rai e Sarsõ): Mostarda negra, branca e castanha. conservas, pães, assados, picles e marinados (em grão) e carne de porco, embutidos, peixes e maionese (em pó ou pasta). chutneys. Os grãos ficam excelentes em saladas de folhas e legumes. Em pó, utiliza-se em molhos e temperos de carnes bovinas. Molhos e para tempero de frangos, peixes e carnes. Indispensável no molho bechamel. temperar os refogados e nos picles. antioxidante, é auxiliar no emagrecimento pela ação termogênica (transforma parte das calorias dos alimentos ingeridos em calor). Não é indicada para quem tem tendência a desenvolver cálculos renais. Tem propriedades analgésicas, alivia a congestão e neutraliza as   toxinas. Serve como antídoto para constipações e comidas pesadas, como o queijo.
Noz moscada (Jaifal): doces, molhos e massas. Deve ser ralada somente na hora do uso e necessita de pequena quantidade para dar seu aroma.  É usada em pequenas quantidades para dar um gosto e aroma especial ao molho bechamel, fondues, legumes, molhos e omeletes. A mistura “quatre épices” dos franceses inclui: noz moscada, cravo, pimenta-do-reino e gengibre em pó. afrodisíaca, é usada para problemas hepáticos. sedativo eficaz para dores abdominais, dismenorréia e insônia. É um ótimo calmante, alivia a contração muscular. Tem um sabor aromático e açucarado. Para um sono profundo acrescente no leite uma pitada do pó de cardamomo, uma pitada de noz moscada, mel e tome antes de deitar, a noz moscada intensifica o efeito relaxante do leite.

Orégano:

molhos italianos, de tomate, ensopados, massas, sopas e espetinhos (de carneiro e porco). pizzas, saladas e para temperar aperitivos

digestivo, antioxidante, antibacteriano, antibiótico, analgésico, sedativo, auxiliar no   tratamento de gripes, resfriados e cólicas menstruais.

Páprica:

pode ser usada no lugar da pimenta seca. Existem duas espécies, doce e picante. Entra como tempero no molho de carnes bovinas, suínas e em preparo do tradicional Goulash. Utilizada também para dar sabor a molhos à base de maionese.

estimulante e digestiva.

Papoula:

bolos, pães, tortas, doces e molhos. biscoitos e salgadinhos.

digestiva.

Pimentas:

pratos salgados. (Pimenta Calabreza (desidratação e flocagem da pimenta vermelha – deixar bem picantes as chamadas “comidas de botequim”, na elaboração de lingüiças e outros embutidos. / Pimenta Cayena –variedade da Malagueta. Em pó : pratos que pedem um sabor picante. / Pimenta Chili – variedades da malagueta. seca, substituindo a pimenta vermelha fresca, mas com parcimônia.

Pimenta do Reino – inteira ou moída na hora: em molhos, patês e manteigas aromatizadas, na preparação do steak au poivre. /Pimenta Jamaica-  moída na hora,  em conservas, marinadas para frutos do mar, carnes de caça e   charcutaria, doces, tortas e pudins. / Pimenta Síria – pratos da culinária árabe, como carne de esfiha, quibe e as carnes para recheio de charuto, legumes recheados e outros pratos.

antioxidantes, purifica o sangue, auxilia na prevenção de doenças do coração, no tratamento da obesidade, nas dores reumáticas (compressas locais). É contra indicada em casos de problemas no trato gastrintestinal (gastrite, úlcera, hemorróidas). Afrodisíacas.

Raiz Forte – Wasabi Sushi e no Sashimi. Para se obter a pasta é necessário misturar quantidades iguais de pó e água tépida, mexendo bem. Depois deixar essa massa descansar por trinta minutos na geladeira para desenvolver o sabor.

Salsinha:

molhos, patês, saladas, legumes, peixes, omeletes, sopas e guisados, suflês ou mesmo para ornamentar pratos.

favorece o equilíbrio hormonal, é rica em Betacaroteno (pré-vitamina A) e Vitaminas do Complexo B, alivia os sintomas da bronquite, asma, cólicas menstruais e cistite; é auxiliar no tratamento de cálculos renais e cólicas.

Sálvia:

carne de boi e porco, peixes firmes, ovos, queijos e saladas. cozinha européia, Ótima para carne de carneiro, cabrito e aves, em alguns queijos e molhos.

digestiva, antioxidante; auxiliar no tratamento de problemas de fígado, suor excessivo, ansiedade, depressão e sintomas da menopausa.

Segurelha:

tempero de carnes e sobre vegetais

crus e cozidos.

Tomilho: sopas, aves, peixes, carnes, saladas, molhos, preparações a base de tomate. digestivo, desinfetante, anti-séptico, expectorante, limpa as vias respiratórias e o intestino.

Mais sobre as especiarias como ANTÍDOTOS dos alimentos e indicações Ayurvédicas (sabedoria medicinal indiana):

Abacate (aumenta kapha): açafrão, limão, alho, pimenta do reino…

Álcool (depressivo/estimulante/dependência): Mastigar cominho ou cardamomo.

Alface (Produz gases/sonolência): limão e azeite de oliva.

Alho (aumenta Pitta): coco grelhado e limão

Alimentos ricos em proteína: acrescentar açafrão no cozimento.

Arroz (aumenta kapha): Cravo e pimenta em grão, pimenta do reino, gengibre

Aveia (aumenta Kapha): açafrão, semente de cominho, canela,…

Banana (aumenta Pitta e kapha): cardamomo, canela, hortelã.

Batata (gases/kapha):  pimenta em grão.

Cafeína (estimulante/depressivo/dependência):noz moscada/cardamomo.

Carne Vermelha* (aumenta violência psico-emocional/ indigestão/ agressividade/ apóia ao desmatamento de arvores e florestas): ir diminuindo o consumo até parar, utilizar muitos condimentos (pimentas/cravo…). (*Carnes (branca, vermelha, …) caçar ou pescar sua própria carne, se realmente sentir necessidade de comer ai sim talvez seja pra você, quem sabe? Mas se encontrar a preguiça, a falta de coragem e alguns empecilhos no caminho é sinal de reconhecer que não é sua natureza matar, alimentar a violência no universo e realmente parar.)

Chá preto (estimulante/efeito depressivo): gengibre

Chocolate (estimulante): cardamomo e cominho.

Coalhada (aumenta muco/causa congestão): coentro e cardamomo.

Doces (aumentam Kapha e congestão de muco – evitar ao máximo): gengibre

Frutas secas (secam, agrava vata): embebidas em água.

Leite (aumenta muco – evitar ao máximo): canela, cravo, cardamomo.

Iogurte (aumenta muco/congestão – evitar): cominho, cardamomo e gengibre.

Legumes (promovem gases): cravo, alecrim, pimentas e alho s/ miolo.

Manga (causa diarréia): ghee com cardamomo.

Manteiga de amendoim (pesado/dor de cabeça/Pitta) A: gengibre e cominho.

Melancia (retenção de liquido): sal com chilli.

Melão (retenção de liquido/kapha): coco grelhado e coentro.

Nozes (gases/aumentam Pitta): embebidas de véspera, ghee.

Ovos (ao fogo aumenta Pitta, cru – Kapha) A: salsa, coentro, açafrão.

Peixes* (aumenta Pitta): coco, limão e lima.

Queijos (aumentam muco – evitar ao máximo): pimentas (do reino, chilli, malagueta).

Repolho (produz gases): óleo de girassol e açafrão.

Sementes (podem agravar Pitta): embebidas, cozidas ficam + leves.

Sorvetes (aumenta muco/causa congestão): cravo e cardamomo.

Tabaco (aumenta Pitta/estimulante): raiz de cálamo.

Tomate (aumenta kapha): limão e cominho.

Trigo (aumenta kapha): Gengibre, pimentas.

Obs: Observe também os alimentos incompatíveis – São aqueles que ingeridos combinados atrapalham o processo de digestão. A conseqüência desta mistura é a contaminação do meio intestinal com desequilíbrio da flora, elevada formação de elementos tóxicos ao organismo (ex. amônia) e comprometimento da absorção correta de nutrientes vitais para nossa saúde e longevidade.

Incompatibilidades entre os alimentos:

. Alimentos ricos em proteína entre si: carnes, peixes, ovos, laticínios, feijões.

. Leite e derivados entre si e com: frutas ácidas, cereais, legumes, verduras.

. Amidos (cereais em geral, seja em grão ou em forma de farinha) com: ovos e leite.

Frutas doces com frutas ácidas.

. Melão, Melancia e Banana devem ser ingeridas isoladamente e longe das refeições.

OBS. Cereais = trigo, arroz, aveia, cevada, centeio, milho, painço

Antídotos = especiarias que propiciam maior digestibilidade para alimentos considerados complexos, por serem pesados e frios (formados predominantemente pelos elementos água e terra) ver acima.

“As informações fornecidas não são individualizadas. Portanto, o nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar um tratamento e/ou acompanhamento nutricional.”