Os Planetas/ Astros na astrologia

Planetas em astrologia

Fonte: https://en.wikipedia.org/

Os planetas da astrologia têm um significado diferente do entendimento astronômico moderno do que é um planeta . Antes da era dos telescópios , pensava-se que o céu noturno consistia em dois componentes muito semelhantes: estrelas fixas , que permaneciam imóveis em relação umas às outras, e “estrelas errantes” ( grego antigo : ἀστέρες πλανῆται asteres planetai ), que se movia em relação a as estrelas fixas ao longo do ano.

Para os gregos e outros astrônomos mais antigos, esse grupo consistia nos cinco planetas visíveis a olho nu e excluía a Terra . Embora estritamente, o termo planeta se aplicasse apenas a esses cinco objetos , o termo foi posteriormente ampliado, particularmente na Idade Média , para incluir o Sol e a Lua (às vezes chamado de “Luzes” [1] ), perfazendo um total de sete planetas. Os astrólogos mantêm essa definição hoje.

Para os astrólogos antigos, os planetas representavam a vontade dos deuses e sua influência direta nos assuntos humanos. Para os astrólogos modernos, os planetas podem representar impulsos ou impulsos básicos nos reguladores inconscientes [2] ou de fluxo de energia que representam dimensões da experiência. [3] Eles se expressam com diferentes qualidades nos doze signos do zodíaco e nas doze casas . Os planetas também se relacionam na forma de aspectos .

Os astrólogos modernos diferem na fonte das correlações entre posições e configurações planetárias, por um lado, e características e destinos dos nativos, por outro. Hone escreve que os planetas o exercem diretamente através da gravitação ou de outra influência desconhecida. [4] Outros afirmam que os planetas não têm influência direta em si mesmos, mas são espelhos dos princípios básicos da organização no universo . Em outras palavras, os padrões básicos do universo se repetem em todos os lugares, de maneira fractal , e “como acima, e abaixo”. [5]Portanto, os padrões que os planetas fazem no céu refletem o fluxo e refluxo dos impulsos humanos básicos. Os planetas também estão associados, especialmente na tradição chinesa, às forças básicas da natureza.

Listados abaixo estão os significados e domínios específicos associados aos planetas astrológicos desde os tempos antigos, com o foco principal na tradição astrológica ocidental. Os planetas da astrologia hindu são conhecidos como Navagraha ou “nove reinos”. Na astrologia chinesa , os planetas estão associados às forças vitais de yin e yang e aos cinco elementos , que desempenham um papel importante na forma chinesa de geomancia conhecida como Feng Shui . Os astrólogos diferem nos sinais associados à exaltação de cada planeta.

Simbolismo planetário 

Esta tabela mostra os planetas astrológicos (distintos dos astronômicos) e as deidades gregas e romanas associadas a eles. Na maioria dos casos, o nome em inglês para planetas deriva do nome de um deus ou deusa romana. Também é interessante a fusão do deus romano com um deus grego semelhante. Em alguns casos, é a mesma divindade com dois nomes diferentes.

Planeta Símbolo Divindade romana Deus grego Nomes armênios antigos de planetas e nomes de deuses Deus Hindu Conexão Significado (Europeu) Significado (Védico)
Dom Sol Sol Ἥλιος ( Helios )
Ἀπόλλων ( Apollo )
Արև (Arev)Արեգ (Areg)

Արեգա (Aregak)

Þ (Arþi)

यर्य ( Surya ) antigo Deus da Profecia e Encarnação Solar
Helios significa “sol”.
O Deus do Sol
Associado ao ego, senso de propósito e vitalidade.
Filho de Aditi e Kashyap; Surya significa “a luz suprema”.
Lua Lua do primeiro trimestre Luna
Diana
Σελήνη ( Selene )
Ἄρτεμις ( Artemis )
Լուսին (Lusin)Արծին (Arćin)

Թախծան (Ťaxćan)

( ्र ( Chandra ) antigo Deusa da Caça e Encarnação Lunar
Selene significa “lua”.
A Deusa da Lua
Associada às emoções, à mãe e aos instintos maternais.
Chandra significa “brilhante”.
Mercúrio Mercúrio Mercúrio ʽἙρμῆς ( Hermes ) Lu (Luć)Փայլածու (Þaylaću)

O (Otarit)

Y (Yermu)

Mi (Mihr)

Bud ( Budha ) antigo Deus dos mensageiros, viagens e / ou comércio. Um deus do planeta conhecido por preservar e proteger a natureza para a humanidade e a humanidade. Associado à comunicação, inteligência e inteligência. [6]
Vênus Vênus Vênus Ἀφροδίτη ( Afrodite ) Y (Yełjeru)Լուսաբեր (Lusaber)

Արուսյակ (Arusyak)

Ay (Aygastł)

Ŕ (Vaŕan)

Ast (Astłik)

Uk्र ( Shukra ) antigo Deusa do romance e da luxúria; Vênus significa “amor” e / ou “desejo sexual”. [7] O mentor de Asuras .
Associado à fertilidade, beleza e entusiasmo.
Sempre ajudou demônios na guerra contra os deuses; Shukra significa “claro, puro, brilho ou clareza”.
Marte Marte Marte (Ρης ( Ares ) Ծկրավորի (Çkravori)H (Hrat)

Luc (Luc’ak)

Va (Vahagn)

मंगल ( Mangala ) antigo Deus da guerra Filho da terra.
Este planeta está associado à infelicidade das noivas.
Também associado à força e agressão.
Ceres Ceres Ceres Δημήτηρ ( Demeter ) Arg (Argavana) Sha ( Shakti ) moderno Deusa das estações; Deméter significa “Filha da Colheita”. [8] [9] A Grande Mãe Divina no Hinduísmo; Shakti significa “poder, força, poder, energia ou capacidade”.
Júpiter Júpiter Júpiter (Εύς ( Zeus ) Փառազնոտ (Þaŕaznot)Լուսնթագ (Lusnťag)

Գերվիթակ (Gerviťak)

Ara (Aramazd)

ुरु, बृहस्पती ( Guru , Brihaspati ) antigo Líder dos deuses do Olimpo; Júpiter significa “Rei Jovial” e / ou “Pai do Trovão”. Mentor / Guru / professor de deuses.
Sempre ajudou deuses na guerra contra demônios. Guru significa “professor” ou “padre”. Brihaspati significa “senhor da oração ou devoção”. [10] Associado à sorte e expansão.
Saturno Saturno Saturno Κρόνος ( Cronus ) Արտախույր (Artaxuyr)Y (Yerevak)

Թագօղակ (Tagołak)

Tir (Tir)

Shan ( Shani ) antigo Deus da AgriculturaLíder e Governante dos Titãs; Saturno significa “Deus das Sementes”, “Pai da Colheita” e / ou “Tempo do Pai”. Deus do “dever”. Pune a pessoa que não cumpre seu dever adequadamente.
Saturno ( Shani ). Este planeta está associado à ambição, status, punição equitativa, sabedoria, paciência, honra, resistência, mas ao pessimismo, dificuldades e fatalismo.
Urano Urano Caelus Ranυρανός ( Uranos ) Երկնակ (Yerknak)Ամանոր (Amanor) अरुण ( Aruna ) moderno Encarnação do céu; “Urano” e “Caelus” significam “Céu” e / ou “Pai Céu”. Cocheiro de Sun e meio-irmão de A serpente mitológica rei Vasuki em Puranas indianos . Vasuki significa “do ser divino”. Este planeta está associado à originalidade, excentricidade e mudanças repentinas. [11]
Netuno Netuno Netuno Ποσειδῶν ( Poseidon ) Mos (Mosmoŕak)Van (Vanatur) ुणरुण ( Varuna ) moderno Deus do mar Deus da chuva na mitologia indiana; Varuna significa “Deus do mar”. Este planeta está associado a sonhos, ilusões e receptividade psíquica, mas às vezes também com imprecisão e incerteza. [12]
Plutão O símbolo astrológico de Plutão.svg Plutão Πλούτων (Plutão) / Ἅδης ( Hades ) Ŕ (Heŕak)Sand (Sandaramet) Lord ( Senhor Yama ) moderno Deus do submundo e da morte; Hades significa “o invisível” e Plutão significa “riqueza”. Deus da morte e renascimento. Associado a forças subconscientes, governando tudo o que está “abaixo da superfície”.

Movimento diário 

Planeta Velocidade média
(geocêntrica)
[13]
Velocidade mais alta
(geocêntrica)
[13]
Velocidade mais baixa
(geocêntrica)
[14]
Dom 00 ° 59’08 “ 01 ° 03’00 “ 00 ° 57’10 “
Lua 13 ° 10’35 “ 16 ° 30,00 “ 11 ° 45’36 “
Mercúrio 01 ° 23’00 “ 02 ° 25,00 “ −01 ° 30’00 “
Vênus 01 ° 12,00 “ 01 ° 22,00 “ -00 ° 41’12 “
Marte 00 ° 31’27 “ 00 ° 52’00 “ -00 ° 26’12 “
Ceres 00 ° 12’40 “ 00 ° 30’00 “ −00 ° 16’00 “
Júpiter 00 ° 04’59 “ 00 ° 15’40 “ -00 ° 08’50 “
Saturno 00 ° 02’01 “ 00 ° 08’48 “ -00 ° 05’30 “
Urano 00 ° 00’42 “ 00 ° 04’00 “ -00 ° 02’40 “
Netuno 00 ° 00’24 “ 00 ° 02’25 “ -00 ° 01’45 “
Plutão 00 ° 00’15 “ 00 ° 02’30 “ -00 ° 01’48 “
Pallas 00 ° 12’20 “ 00 ° 40’30 “ -00 ° 22’30 “
Juno 00 ° 14’15 “ 00 ° 39’00 “ -00 ° 18’00 “
Vesta 00 ° 16’15 “ 00 ° 36’00 “ -00 ° 17’32 “
Quíron 00 ° 02’00 “ 00 ° 10,00 “ -00 ° 06’00 “

História 

O sistema ptolomaico geocêntrico do universo, representado por Andreas Cellarius , 1660-1661

Os tratados sobre os planetas ptolemaicos e sua influência sobre as pessoas nascidas “sob seu reinado” aparecem em forma de bloco de livro , os chamados “livros do planeta” ou Planetenbücher . Este gênero é atestado em numerosos manuscritos a partir de meados do século XV na área alemã alemaica; [15] [16] [17] [18] [19] permaneceu popular durante todo o Renascimento alemão , exercendo grande influência iconográfica até o século XVII.

Esses livros geralmente listam um Titã masculino e um feminino em cada planeta, Cronus e Rhea com Saturno, Eurymedon e Themis com Júpiter, provavelmente Crius e Dione com Marte, Hyperion e Theia com Sol, Atlas e Phoebe com Lua, Coeus e Metis com Mercúrio e Oceanus e Tethys com Vênus. [20] [21]

As qualidades herdadas dos planetas por seus filhos são as seguintes:

Saturno
diligente, melancólico e tranquilo
Júpiter
charmoso e caçador
Marte
soldado e guerra
Dom
música e atletismo
Lua
tímido e ternura
Mercúrio
prudente, astuto e comercial
Vênus
amorosidade e paixão. [22] [23]

Planetas clássicos 

Os sete planetas clássicos são aqueles facilmente vistos a olho nu e, portanto, eram conhecidos pelos astrólogos antigos. Eles são a Lua, Mercúrio, Vênus, O Sol, Marte, Júpiter e Saturno. Às vezes, o Sol e a Lua eram chamados de “as luzes” ou ” luminares “. Vesta e Urano também podem ser vistos a olho nu, embora nenhuma cultura antiga pareça ter notado eles. Os planetas clássicos se encaixam perfeitamente nas teorias de Aristóteles e Ptolomeu , cada um deles faz parte de uma esfera celeste. A ordem dos planetas clássicos é determinada pela taxa de velocidade. A Lua se move mais rápido e, portanto, ela é considerada a primeira esfera celeste acima da Terra. Tudo abaixo da lua faz parte da esfera sublunar . Mercúrio move o próximo mais rápido e, portanto, ele governa a próxima esfera mais alta. Em seguida, Vênus, que leva cerca de 260 dias para girar em torno do Sol. Em seguida é o Sol, depois Marte, Júpiter e Saturno.

Estrutura conceitual para astrologia clássica

As descrições astrológicas anexadas aos sete planetas clássicos foram preservadas desde os tempos antigos. Os astrólogos chamam os sete planetas clássicos de “os sete planetas pessoais e sociais”, porque eles dizem representar os impulsos humanos básicos de cada indivíduo. Os planetas pessoais são o Sol, Lua, Mercúrio, Vênus e Marte. Os planetas sociais ou transpessoais são Júpiter e Saturno. Júpiter e Saturno são freqüentemente chamados de o primeiro dos planetas “transpessoais” ou “transcendentes”, pois representam uma transição dos planetas pessoais internos para os planetas impessoais modernos e externos. Os planetas modernos externos Urano, Netuno e Plutão são freqüentemente chamados de planetas coletivos ou transcendentais. [24] A seguir, é apresentada uma lista dos planetas e suas características associadas.

Lua 

Luna ou Diana, usando uma coroa de lua crescente e dirigindo sua biga puxada por bois ( biga ) , na placa Parabiago (séculos 2 a 5 dC)

A Lua ( Símbolo da lua crescent.svg) é o planeta dominante de Câncer e é exaltada em Touro . Na mitologia romana clássica, a Lua era Luna , às vezes identificada com Diana . A Lua é grande o suficiente para que sua gravidade afete a Terra, estabilizando sua órbita e produzindo o fluxo e refluxo regular das marés. O dia lunar sincroniza-se com a sua órbita ao redor da Terra de tal maneira que o mesmo lado da Lua sempre enfrenta a Terra e o outro lado, conhecido como o ” lado mais distante da Lua “, fica voltado para o espaço.

Lua

Astrologicamente falando, a Lua está associada à composição emocional de uma pessoa, hábitos inconscientes , ritmos, memórias, humores e sua capacidade de reagir e se adaptar às pessoas ao seu redor. Também está associado à mãe, aos instintos maternos ou ao desejo de nutrir, ao lar, à necessidade de segurança e ao passado, especialmente às experiências precoces e à infância. O poeta do século I Manilius descreveu a Lua, ou Luna , como melancólica. Na medicina, a Lua está associada ao sistema digestivo, estômago, mamas, ovários e menstruação (que ocorre em um ciclo mensal) [26] e ao pâncreas. Apesar da atribuição de Manilius, a Lua é comumente associada ao humor fleumático ; governou os espíritos animais. Na astrologia moderna, a Lua é o principal governante nativo da quarta casa, mas tradicionalmente teve sua alegria na terceira casa.

A Lua ou Luna está associada à segunda-feira, a palavra segunda-feira vem da palavra em inglês antigo para dia da lua ou dia da lua e, nos idiomas românicos, o nome da segunda-feira vem de luna (por exemplo, luni em romeno, lundi em francês, lunas em Espanhol e lunedi em italiano). Dante Alighieri associou a Lua à arte liberal da gramática .

Na astrologia chinesa , a Lua representa Yin , o princípio da vida feminina passiva e receptiva. Na astrologia indiana , a Lua é chamada Chandra ou Soma e representa a mente, a rainha e a mãe. O nó lunar norte (chamado Rahu ) e o nó lunar sul (chamado Ketu ) são considerados de particular importância e recebem um lugar igual ao lado dos sete planetas clássicos como parte das nove navagraha .

Mercurio 

Mercúrio voador (final do século XVI) por Giambologna

Mercúrio ( Mercury symbol.svg) é o planeta governante de Virgem e Gêmeos e é exaltado em Virgem e Aquário . Na mitologia romana clássica, Mercúrio é o mensageiro dos deuses, conhecido por sua velocidade e rapidez. Ecoando isso, o mundo arrasador e sem ar, Mercúrio circula o Sol na órbita mais rápida de qualquer planeta. Mercúrio leva apenas 88 dias para orbitar o Sol, gastando cerca de 7,33 dias em cada signo do zodíaco. Mercúrio está tão perto do Sol que existe apenas um breve período depois que o Sol se pôs, onde pode ser visto a olho nu, antes de seguir o Sol além do horizonte. [27]

Astrologicamente falando, Mercúrio representa os princípios de comunicação, mentalidade, padrões de pensamento, racionalidade e raciocínio, adaptabilidade e variabilidade. Mercúrio governa a escolaridade e a educação, o ambiente imediato de vizinhos, irmãos e primos, transporte por curtas distâncias, mensagens e formas de comunicação, como correio, email e telefone, jornais, jornalismo e escrita, habilidades de coleta de informações e destreza física. O poeta do século I, Marcus Manilius, descreveu Mercúrio como um planeta inconstante, vivaz e curioso.

O planeta Mercúrio

Na medicina, Mercúrio está associado ao sistema nervoso, cérebro, sistema respiratório, tireóide e órgãos dos sentidos. Tradicionalmente, considera-se essencialmente frio e seco, de acordo com a sua colocação no zodíaco e em qualquer aspecto de outros planetas.

Na astrologia moderna, Mercúrio é considerado o governante da terceira casa; tradicionalmente, teve a alegria na primeira casa. Mercúrio é o mensageiro dos deuses na mitologia. É o planeta da expressão e dos relacionamentos cotidianos. A ação de Mercúrio é desmontar as coisas e juntá-las novamente. É um planeta oportunista, decididamente sem emoção e curioso.

Mercúrio governa na quarta-feira. Nas línguas românicas, a palavra quarta-feira costuma ser semelhante a Mercúrio ( miercuri em romeno, mercredi em francês, miercoles em espanhol e mercoledì em italiano). Dante Alighieri associou Mercúrio à arte liberal da dialética . citação necessária ]

Na astrologia chinesa, Mercúrio representa a água , o quarto elemento, simbolizando, portanto, comunicação, inteligência e elegância.

Venus 

Vênus, usando o signo de Libra na barriga e Touro aos pés, no Castelo de Cardiff , país de Gales

Vênus ( Venus symbol.svg) é o planeta governante tradicional de Libra e Touro e é exaltado em Peixes . Na mitologia romana clássica, Vênus é a deusa do amor e da beleza, famosa pelas paixões que poderia provocar entre os deuses. Seus cultos podem representar o charme e a sedução religiosamente legítimos do divino pelos mortais, em contraste com as relações contratuais formais entre a maioria dos membros do panteão oficial de Roma e o estado, e a manipulação ilícita e não oficial das forças divinas por meio da magia. A ambivalência de sua função é sugerida na relação etimológica da raiz * venenos – com o veneno latino (veneno, veneno), no sentido de “um encanto, filtro mágico”.

Vênus orbita o Sol em 225 dias, gastando cerca de 18,75 dias em cada signo do zodíaco. Vênus é o segundo objeto mais brilhante no céu noturno, a Lua é o mais brilhante. Geralmente é visto como um planeta gêmeo na Terra.

Astrologicamente falando, Vênus está associado aos princípios de harmonia, resiliência, beleza, refinamento, solidariedade, afetos, igualdade e o desejo de simpatizar e se unir aos outros. Está envolvido com o desejo de prazer, conforto e facilidade. Governa as relações românticas, o casamento e as parcerias comerciais, o sexo (a origem das palavras ‘venery’ e ‘venérea’), as artes, moda e vida social. O poeta do século I, Marcus Manilius, descreveu Vênus como generoso e fecundo e o menor beneficiado .

O planeta Vênus

O planeta Vênus em medicina está associado à região lombar, veias, paratireóides, garganta e rins. Pensa-se que Vênus era moderadamente quente e úmido e estava associado ao humor fleumático . Na astrologia moderna, Vênus é o governante da sétima casa; tradicionalmente, tinha a alegria na quinta casa.

Vênus é o planeta da sexta-feira. Em idiomas derivados do latim, como romeno, espanhol, francês e italiano, a palavra sexta-feira muitas vezes se assemelha à palavra Vênus ( vineri , viernes , vendredi e venerdì, respectivamente). Dante Alighieri associou Vênus à arte liberal da retórica . [28] Na astrologia chinesa , Vênus está associado ao elemento metal , que é inflexível, forte e persistente. Na astrologia indiana , Vênus é conhecida como Shukra e representa riqueza, prazer e reprodução. No paganismo nórdico , o planeta está associado a Freyja, a deusa do amor, beleza e fertilidade. [29]

Sol 

Helios em um alívio de Ilion, início do século IV aC

O Sol ( Sun symbol.svg) é o planeta dominante de Leão e é exaltado em Áries . Na mitologia grega clássica, o Sol era representado pelos titãs Hyperion e Helios (Roman Sol , e mais tarde por Apollo, o deus da luz). O Sol é a estrela no centro do nosso sistema solar, em torno da qual a Terra e outros planetas giram e nos fornecem calor e luz. O arco em que o Sol viaja todos os anos, nascendo e se pondo em um local ligeiramente diferente a cada dia, é, portanto, na realidade, um reflexo da própria órbita da Terra ao redor do Sol. Esse arco é maior no norte ou sul da latitude do equador, dando uma diferença mais extrema entre dia e noite e entre as estações do ano. O Sol viaja através dos doze signos do zodíaco em sua jornada anual, passando cerca de um mês em cada um. A posição do Sol no aniversário de uma pessoa, portanto, determina o que geralmente é chamado de signo “sol”. Contudo,definições tropical e sideral, respectivamente.

O Sol , a estrela no centro do Sistema Solar

Astrologicamente falando, geralmente se pensa que o Sol representa o ego consciente , o eu e sua expressão, poder pessoal, orgulho e autoridade, qualidades de liderança e os princípios de criatividade, espontaneidade, saúde e vitalidade, cuja soma é chamada de “vida”. força”. Uma das primeiras referências registradas ao culto ao Sol é da Religião Mesopotâmica e descrita na Epopéia de Gilgamesh . O poeta do século I, Marcus Manilius, em seu épico poema de 8000 versos, Astronomica , descreveu o Sol , ou Sol , como benigno e favorável. Na medicina, o Sol está associado ao coração, sistema circulatório, [30]e o timo. Além disso, os seres humanos dependem do sol para produzir e obter vitamina D ; um complemento importante que ajuda o sistema imunológico do corpo e a saúde óssea. No Ayurveda , rege a força da vida ( praan-shakti ), governa o temperamento biliar ( pitta ), estômago, ossos e olhos. Na astrologia moderna, o Sol é o principal governante nativo da quinta casa, mas tradicionalmente teve sua alegria na nona casa.

O Sol está associado ao domingo. Dante Alighieri associou o Sol à arte liberal da música. Na astrologia chinesa , o Sol representa Yang , o princípio ativo e assertivo da vida masculina.

Mars 

Ilustração do início do século XVIII de Marte (al-mirrikh) para o Bestiário de Zakariya al-Qazwini ( Museu de Arte Walters )

Marte ( Mars symbol.svg) é o planeta governante tradicional de Áries e Escorpião e é exaltado em Capricórnio . Marte é o deus romano da guerra e derramamento de sangue, cujo símbolo é uma lança e um escudo. Tanto o solo de Marte quanto a hemoglobina do sangue humano são ricos em ferro e, por isso, compartilham sua cor vermelha profunda. [31] Ele era o segundo em importância apenas para Júpiter e Saturno, devido a Marte ser o mais proeminente dos deuses militares adorados pelas legiões romanas.

Marte orbita o Sol em 687 dias, gastando cerca de 57,25 dias em cada signo do zodíaco. É também o primeiro planeta que orbita fora da órbita da Terra, tornando-o o primeiro planeta que não se põe junto com o Sol. Marte tem duas calotas polares permanentes. Durante o inverno de um poste, ele fica na escuridão contínua, resfriando a superfície e causando a deposição de 25 a 30% da atmosfera em placas de gelo de CO 2 (gelo seco).

Astrologicamente falando, Marte está associado à confiança e auto-afirmação, agressão, sexualidade, energia, força, ambição e impulsividade. Marte governa esportes, competições e atividades físicas em geral. O poeta do século I, Manilius, descreveu o planeta como ardente e como o menor maléfico . Na medicina, Marte preside os órgãos genitais , o sistema muscular, as gônadas e as glândulas supra-renais. Era tradicionalmente considerado quente e excessivamente seco e governava o humor colérico . Foi associado a febre, acidentes, trauma, dor e cirurgia.

O planeta Marte

Na astrologia moderna, Marte é o principal governante nativo da primeira casa. Tradicionalmente, porém, Marte governava a terceira e a décima casa, e teve sua alegria na sexta casa. Enquanto Vênus tende à atmosfera geral do relacionamento, Marte é o impulso e a ação apaixonados, o aspecto masculino, a disciplina, a força de vontade e a resistência.

Marte está associado à terça-feira e, nas línguas românicas, a palavra terça-feira geralmente se assemelha a Marte (em romeno, marţi , em espanhol, martes , em francês, mardi e em italiano “martedì”). A “terça-feira” inglesa é uma forma modernizada do “dia de Tyr”, sendo Tyr o análogo germânico de Marte. Dante Alighieri associou Marte à arte liberal da aritmética . Na astrologia chinesa, Marte é governado pelo elemento fogo , que é apaixonado, enérgico e aventureiro. Na astrologia indiana , Marte é chamado Mangala e representa energia, confiança e ego.

Júpiter 

Júpiter entronizado, com os símbolos de Peixes e Sagitário a seus pés ( xilogravura de Johannes Regiomontanus , 1512)

Júpiter ( Jupiter symbol.svg) é o planeta governante tradicional de Sagitário e Peixes e é exaltado em Câncer . Na mitologia romana clássica, Júpiter é o governante dos deuses e seu guardião e protetor, e seu símbolo é o raio. Os romanos acreditavam que Júpiter lhes concedia a supremacia porque o haviam honrado mais do que qualquer outra pessoa. Júpiter era “a fonte dos auspícios sobre os quais repousava o relacionamento da cidade com os deuses”. Ele personificou a autoridade divina dos mais altos cargos, organização interna e relações externas de Roma. Sua imagem no Capitólio republicano e imperial apresentava regalias associadas aos reis antigos de Roma e às mais altas honras consulares e imperiais.

Da mesma forma, o planeta Júpiter é o rei dos outros planetas, um gigante em tamanho, com nuvens espetaculares de cores vivas e tempestades intensas. [32] Alguns astrônomos acreditam que ele desempenha um papel importante de proteção ao usar sua enorme gravidade para capturar ou expulsar do sistema solar muitos cometas e asteróides que, de outra forma, ameaçariam a Terra e os planetas internos. [33] Júpiter leva 11,9 anos para orbitar o Sol, passando quase um ano terrestre (361 dias) em cada signo do zodíaco. Além disso, Júpiter é geralmente o quarto objeto mais brilhante do céu (depois do Sol, da Lua e de Vênus).

Astrologicamente falando, Júpiter está associado aos princípios de crescimento, expansão, prosperidade e boa sorte. Júpiter governa viagens de longa distância e estrangeiras, grandes negócios e riqueza, ensino superior, religião e lei. Também está associado ao desejo de liberdade e exploração, bem como ao jogo e à diversão.

O planeta Júpiter

O poeta do século I, Manilius, descreveu Júpiter como temperado e benigno, e o maior beneficiado . Era considerado quente e úmido por natureza e, portanto, favorável à vida. Na medicina, Júpiter está associado ao fígado, glândula pituitária e disposição de gorduras; governava o humor sanguíneo . Na astrologia moderna, Júpiter é o principal governante nativo da nona casa, mas, tradicionalmente, Júpiter era designado para a segunda e a nona casas: a casa dos valores e a casa das crenças, respectivamente, e tinha sua alegria na décima primeira casa da boa sorte.

Júpiter está associado à quinta-feira e, nas línguas românicas, o nome da quinta-feira geralmente vem de Júpiter (por exemplo, joi em romeno, jeudi em francês, jueves em espanhol e giovedì em italiano). Dante Alighieri associou Júpiter à arte liberal da geometria . Na astrologia chinesa, Júpiter é governado pelo elemento madeira , que é paciente, trabalhador e confiável. Na astrologia indiana , Júpiter é conhecido como Guru ou Brihaspati e conhecido como o ‘grande professor’. citação necessária ] [34]

Saturno

Saturno, com Capricórnio e Aquário a seus pés e o Ano Novo nos braços, de Os sete planetas com os signos do zodíaco (1539) por Hans Sebald Beham

Saturno ( Saturn symbol.svg) é o planeta governante tradicional de Capricórnio e Aquário e é exaltado em Libra . Na mitologia romana clássica, Saturno é o deus das sementes, das colheitas e da colheita (agricultura), líder dos titãs, pai e fundador das civilizações, ordem social e conformidade. O glifo tem a forma de uma foice, mas é conhecido como o “crescente abaixo da cruz”, enquanto o glifo de Júpiter é o “crescente acima da cruz”. Anéis famosos do planeta Saturno, que o envolvem e circundam, refletem a idéia dos limites humanos. Saturno leva 29,5 anos para orbitar o Sol, gastando cerca de 2,46 anos em cada signo do zodíaco. Durante a sociedade romana antiga, os romanos adoravam Saturnocomo o deus mais alto e mais importante no panteão de divindades, compartilhando o mesmo prestígio com Júpiter.

Astrologicamente falando, Saturno está associado a foco, precisão, nobreza, ética, civilidade, objetivos elevados, carreira, grandes realizações, dedicação, figuras de autoridade, hierarquia ordenada, estabilidade, virtudes, produtividade, valiosas lições aprendidas, destino, tradições, estruturas, papéis protetores, equilíbrio e karma (colhendo o que plantou ou justiça cósmica divina), mas com limitações, restrições, limites, ansiedade, testes, praticidade, realidade e tempo. Diz respeito ao senso de dever, comprometimento, responsabilidade de uma pessoa, incluindo sua resistência física e emocional em tempos de dificuldades. Saturno também representa a parte da preocupação de uma pessoa com planejamento ou previsão a longo prazo. O retorno de SaturnoDiz-se que marca eventos significativos na vida de cada pessoa. De acordo com o poeta do século I, Manilius, Saturno é triste, sombrio e frio, e é o maior maléfico . Segundo Claudius Ptolomeu, “Saturno é o senhor da orelha direita, do baço, da bexiga, da fleuma e dos ossos”. [35] Saturno simbolizava processos e coisas que eram secas e frias, que são aspectos de equilíbrio necessários para manter a vida. Governava o humor melancólico .

De acordo com Sefer Yetzirah – Versão GRA – Kaplan 4:13 [36]

“Ele fez a letra Resh reinar sobre a paz e amarrou uma coroa a ela. E combinou uma com a outra. E com elas formou Saturno no universo sexta-feira do ano. A narina esquerda na alma, homem e mulher.”

O planeta Saturno

Antes da descoberta de Urano, Saturno era considerado o planeta dominante de Aquário ao lado de Capricórnio , é claro, que é o signo anterior. Muitos tipos tradicionais de astrólogos se referem a Saturno como o governante planetário de Capricórnio e Aquário . Na astrologia moderna, é o principal governante nativo da décima casa. Tradicionalmente, porém, Saturno governava a primeira e a oitava casas, e tinha sua alegria na décima segunda casa de travessuras e azar.

Saturno está associado ao sábado, que recebeu o nome da divindade Saturno. Dante Alighieri associou Saturno à arte liberal da astronomia ( astronomia e astrologia ).

Na astrologia chinesa, Saturno é governado pelo elemento terra , que é quente, generoso e cooperativo. Na astrologia indiana , Saturno é chamado Shani ou “Sani”, representando uma carreira e longevidade notáveis. Ele também é portador de obstáculos e dificuldades. [37]

Planetas modernos 

Desde a invenção do telescópio, a astrologia ocidental incorporou Urano, Netuno, Ceres, Plutão e outros corpos em sua metodologia. As astrologias indianas e chinesas tendem a manter o antigo sistema dos sete planetas. Os significados tiveram que ser atribuídos a eles pelos astrólogos modernos, geralmente de acordo com os principais eventos que ocorreram no mundo no momento de sua descoberta. Como esses astrólogos são geralmente ocidentais, os eventos sociais e históricos que descrevem têm uma ênfase ocidental inevitável. Os astrólogos consideram os planetas “extra-saturnianos” como “impessoais” ou geracionaisplanetas, significando que seus efeitos são sentidos mais em gerações inteiras da sociedade. Seus efeitos nos indivíduos dependem de quão fortemente eles aparecem no mapa de nascimento desse indivíduo. A seguir, são apresentadas as características aceitas pela maioria dos astrólogos. [38]

Urano 

Figura sincrética de Aion – Urano em pé dentro de uma roda do zodíaco, com uma deusa da Terra reclinada e quatro filhos representando as estações ( mosaico da era romana de Sentinum , 200-250 dC)

Urano ( O símbolo astrológico de Urano.) é o planeta governante moderno de Aquário e é exaltado em Escorpião . Na mitologia grega clássica, Urano é a personificação do céu. O planeta Urano é muito incomum entre os planetas, pois gira de lado, de modo que apresenta cada um de seus pólos ao Sol, por sua vez, durante sua órbita; fazendo com que ambos os hemisférios se alternem entre tomar banho de luz e ficar na escuridão total ao longo da órbita.

Urano leva 84 anos para orbitar o Sol, gastando cerca de 7 anos em cada signo do zodíaco. Urano foi descoberto como um planeta apenas em 1781 por Sir William Herschel .

Interpretações astrológicas associam Urano aos princípios de engenhosidade, idéias novas ou não convencionais, individualidade, descobertas, eletricidade, invenções, democracia e revoluções. Urano, entre todos os planetas, mais governa o gênio.

O planeta Urano

Urano governa sociedades, clubes e qualquer grupo com base em ideais humanitários ou progressistas. Urano, o planeta das mudanças repentinas e inesperadas, rege a liberdade e a originalidade. Na sociedade, rege idéias e pessoas radicais, além de eventos revolucionários que perturbam estruturas estabelecidas. Urano também está associado a quarta-feira, ao lado de Mercúrio (já que Urano está na oitava mais alta de Mercúrio).

Na arte e na literatura, a descoberta de Urano coincidiu com o movimento romântico, que enfatizava a individualidade e a liberdade de expressão criativa. Além disso, é freqüentemente associado ao espírito animal de um indivíduo. No que diz respeito à medicina, acredita-se que Urano esteja particularmente associado ao sistema nervoso simpático, transtornos mentais, quebras e histeria, espasmos e cãibras. Urano é considerado pelos astrólogos modernos como o principal governante nativo da décima primeira casa. [39]

Neptune 

Netuno ( Netuno symbol.svg) é o planeta governante moderno de Peixes e é exaltado em Câncer (como é Júpiter). Na mitologia romana clássica, Netuno é o deus do mar, e a cor azul profundo do oceano do planeta Netuno reflete isso. [40] Seu glifo é obtido diretamente do tridente de Netuno, simbolizando a curva do espírito sendo perfurada pela cruz da matéria. Netuno leva 165 anos para orbitar o Sol, gastando aproximadamente 14 anos (13,75) em cada signo do zodíaco. [41] Neptuno foi descoberto em 1846.

O planeta Netuno

Astrologicamente falando, Netuno está associado ao idealismo, sonhos, dissolução, arte e empatia, mas também à ilusão e à imprecisão. [42]

Júpiter, Netuno e Plutão , mural do teto ( ca. 1597) criado por Caravaggio para uma sala adjacente à destilaria alquímica do cardeal Francesco Maria Del Monte : pairando em torno de um globo translúcido que representa o mundo estão Júpiter com sua águia, Netuno segurando uma bidente e Plutão com um cavalo e Cerberus [43]

Assim como Vênus, o planeta Netuno também está associado a sexta-feira, porque Netuno é a oitava mais alta de Vênus. Na arte, o movimento impressionista iniciou uma tendência que se afasta da representação literal, para uma baseada nos modos sutis e variáveis ​​de luz e cor. Na medicina, Netuno é visto como particularmente associado ao tálamo, canal medular e doenças ou neuroses incertas. Netuno é considerado pelos astrólogos modernos como o principal governante da décima segunda casa .

Plutão 

Plutão ( O símbolo astrológico de Plutão.svg) é o planeta governante moderno de Escorpião e é exaltado em Leão. Na mitologia romana clássica, Plutão é o deus do submundo que é extremamente rico. O símbolo alquímico foi dado a Plutão em sua descoberta, três séculos após as práticas alquímicas terem praticamente desaparecido. O símbolo alquímico pode, portanto, ser lido como espírito sobre a mente, transcendendo a matéria.

Plutão leva 248 anos para fazer um circuito completo do zodíaco, mas seu progresso é altamente variável: gasta entre 15 e 26 anos em cada signo.

Plutão, capturado pela nave New Horizons em 14 de julho de 2015, quase na cor verdadeira.

Astrologicamente falando, Plutão é chamado de “o grande renovador” e é considerado como representando a parte de uma pessoa que destrói para renovar, trazendo à tona necessidades enterradas, mas intensas, e intensas, e expressando-as, mesmo à custa do pedido existente. Uma palavra-chave comumente usada para Plutão é “transformação”. [44] Está associado ao poder e ao domínio pessoal, e à necessidade de cooperar e compartilhar com o outro, para que cada um não seja destruído. [45] Plutão governa os principais negócios e enorme riqueza, mineração, cirurgia e trabalho de detetive, e qualquer empresa que envolva cavar sob a superfície para trazer à luz a verdade. Plutão também está associado à terça-feira, ao lado de Marte, já que Plutão é a oitava mais alta desse planeta na astrologia.

Sua entrada em Câncer em 1913, o sinal em que foi descoberta mais tarde, coincidiu com a Primeira Guerra Mundial. Também está associada ao armamento nuclear devido a essas armas que usam plutônio , que recebeu o nome do planeta anão. A pesquisa nuclear teve sua gênese nas décadas de 30 e 40 e, posteriormente, deu origem ao impasse nuclear polarizado da Guerra Fria, com as sociedades de consumo de massa dos Estados Unidos e outras democracias enfrentando o estado totalitário da URSS. A descoberta de Plutão também ocorreu logo após o nascimento da psicanálise moderna, quando Freud e Jung começaram a explorar as profundezas do inconsciente.

Nos eventos e cultura da vida real, Plutão tem sido um importante aspecto astrológico. Quando se trata de arte, movimentos como o cubismo e o surrealismo começaram a desconstruir a visão “normal” do mundo. Na medicina, Plutão é visto como associado às forças regenerativas do corpo, envolvendo a formação celular e o sistema reprodutivo. [44] A maioria dos astrólogos tradicionais não usa Plutão como planeta dominante, mas o usa para interpretação e trabalho preditivo, fazendo referência oblíqua às projeções de influências dos espaços dimensionais mais altos para os mais baixos. [44] Plutão é considerado pelos astrólogos modernos como o principal governante nativo da oitava casa.

Ceres 

Ceres com uma tocha em busca de Proserpina (medalhão de Martial Reymond , início do século XVII)

Ceres ( Ceres symbol.svg) é o menor planeta anão identificado no Sistema Solar, mas é significativamente o maior objeto no cinturão de asteróides . Foi descoberta em 1 de janeiro de 1801 por Giuseppe Piazzi e recebeu o nome de Ceres, a deusa romana do cultivo de plantas, da colheita e do amor materno. Foi o primeiro asteróide descoberto, ocupando cerca de um terço de toda a massa do seu cinturão de asteróides. [46] A classificação de Ceres mudou mais de uma vez e foi objeto de algum desacordo. [47] Johann Elert Bode acreditava que Ceres era o “planeta desaparecido” que ele propusera existir entre Marte e Júpiter , a uma distância de 419 milhões de quilômetros (2,8). AU ) do sol. Foi atribuído a Ceres um símbolo planetário e permaneceu listado como um planeta em livros e tabelas de astronomia por cerca de meio século. O debate de 2006 em torno de Plutão e o que constitui um planeta levou Ceres a ser considerado para reclassificação como planeta, mas no final, Ceres e Plutão foram classificados como os primeiros membros da nova categoria de planeta anão .

Ceres passa pelo zodíaco a cada 4 anos e 7 meses, passando por pouco mais de 2½ signos a cada ano.

Na mitologia, Ceres é o equivalente romano da deusa grega Deméter e é a deusa da agricultura. A deusa (e metaforicamente o planeta) também está associada aos problemas reprodutivos de uma mulher adulta, bem como à gravidez e outras transições importantes na vida de uma mulher, incluindo os nove meses de gestação, os laços e os relacionamentos familiares. Na opinião antiga, Ceres é o planeta dominante de Virgem citação necessário ], mas à medida que mais conhecimento sobre o caráter do planeta foi revelado, a opinião majoritária dos astrólogos modernos indica que Ceres é o governante de Touro , no entanto, Ceres é exaltado em Virgem . [48] Em uma revisão atualizada, Taurus também é governado por Quíron com o mesmo centauro tendo um caráter dissidente astrológico sendo co-governante de Virgem, e exaltado em Sagitário . [49] Embora seja mãe, Ceres também é o arquétipo de uma deusa virgem. Ceres simboliza mulheres independentes que muitas vezes são solteiras (uma vez que, segundo o mito, Ceres é uma deusa solteira que optou por se tornar mãe sem marido ou parceiro.) Enquanto a lua representa nosso ideal de “maternidade”, Ceres representaria como nossa real e a natureza maternidade deveria ser. [50]

O planeta anão Ceres

Ceres, como a Deusa que tem controle sobre os recursos e ciclos da natureza, pode ser astrologicamente considerado o planeta do Meio Ambiente. Voltando a mitologia, um vilão ambiental precoce é a figura de Erysichthon , o tearer-se da terra, que cortar as árvores em um bosque sagrado para Ceres-Deméter, para o qual ele foi punido pela deusa com fome medo. Nesse sentido, Ceres se tornou um arquétipo emergente na consciência das mudanças climáticas no século XXI e está entrando na consciência coletiva como uma necessidade de cuidar de nossos recursos naturais e insubstituíveis. Ceres representa um salto em direção a um futuro de responsabilidade e conhecimento ecológicos. Como indicador do ativismo ambiental ou comunitário, Ceres representaria para alguns astrólogos a onda do futuro.[51]

Outros corpos do sistema solar 

Alguns asteróides como Pallas ( Pallas symbol.svg) e Vesta ( Vesta symbol.svg), bem como o planeta anão Ceres , às vezes podem ser vistos com binóculos (Vesta mesmo a olho nu), mas eles não foram reconhecidos como planetários e talvez nem tenham sido notados até que início do século XIX. citação necessário ] No início do século XIX, Ceres , Juno (Juno symbol.svg) e os outros dois asteróides acima mencionados foram considerados por um tempo como planetas. Embora os asteróides sejam conhecidos por astrônomos e astrólogos há mais de 200 anos, eles são frequentemente ignorados pelos astrólogos. A tradição de alguns astrólogos que lançam mapas com planetas menores se origina desses asteróides. Desde a descoberta de Quíron ( Chiron symbol.svg) na década de 1970, alguns astrólogos estão lançando o novo “planeta”, embora os astrônomos o considerem um centauro (um tipo de objeto intermediário entre o cometa e o asteróide). [52]

No século 21, vários novos corpos do tamanho de um planeta, incluindo Sedna , Quaoar , Haumea e Eris , foram descobertos, mas ainda não incorporados às previsões astrológicas convencionais, embora alguns grupos mais avant-garde tenham tentado incorporá-los. [53] [54]

Cometas e novas foram observados e discutidos por vários milhares de anos. Os cometas em particular eram presságios de grande interesse para os povos antigos e recebiam várias interpretações astrológicas. Ambos os fenômenos raramente são visíveis a olho nu e são ignorados pela maioria dos astrólogos modernos.

Pensa-se que o asteróide próximo da Terra Cruithne influencie o zodíaco e alguns horóscopos pessoais. citação necessária ]

Planetas hipotéticos 

Alguns astrólogos levantaram a hipótese da existência de planetas invisíveis ou não descobertos. Em 1918, astrólogo Sepharial propôs a existência de “Dark Moon” da Terra Lilith , e desde então, alguns astrólogos têm sido usá-lo em suas cartas; embora o mesmo nome também seja (e agora, mais comumente) usado em astrologia para se referir ao eixo da órbita real da Lua. A escola alemã de astrologia do século XX, conhecida como astrologia uraniana, também alegou que muitos planetas não descobertos existiam além da órbita de Netuno, dando-lhes nomes como Cupido, Hades, Zeus, Kronos, Apollon, Admetos, Vulcanus e Poseidon e seus mapas. órbitas supostas. Essas órbitas não coincidiram, no entanto, com descobertas mais recentes de astrônomos de objetos além de Netuno.

Outros astrólogos se concentraram na teoria de que, com o tempo, todos os doze signos do zodíaco terão cada um seu próprio governante, de modo que outros dois planetas ainda não foram descobertos; ou seja, os “verdadeiros” governantes de Touro e Virgem. Os nomes dos planetas mencionados a este respeito por alguns são Vulcano (governante de Virgem) e Apolo , o deus romano do Sol (governante de Touro). [55] Outra versão dessa teoria afirma que os planetas modernos descobertos até agora correspondem aos elementos conhecidos pelos antigos – ar (Urano, deus dos céus), água (Netuno, deus do mar) e fogo (Plutão, deus do submundo) – que deixa os elementos terra e éter(o quinto elemento do ar superior de fogo). Em outras palavras, afirma-se que os dois planetas a serem descobertos terão o nome de um deus ou deusa da terra (como a Horae ), e de Aether , o deus romano e grego do ar e das estrelas. citação necessária ]

O Thema Mundi

Planetas dominantes dos signos e casas astrológicas 

Na astrologia ocidental, o simbolismo associado aos planetas também se relaciona com os signos do zodíaco e as casas do horóscopo em seus vários governantes . Por exemplo, a descrição de Marte é masculina, impulsiva e ativa. Áries é governado por Marte e tem uma descrição semelhante, representando um arquétipo masculino ativo . Da mesma forma, a primeira casa também é governada por Marte e lida com a saúde física e a força de uma pessoa, e com a maneira pela qual ela se projeta.

Tabela 1: Sinais modernos , casas e associações planetárias

Placa casa Domicílio Detrimento Exaltação Cair Alegria Planetária
Áries 1ª Casa Marte Vênus Dom Saturno Plutão
Touro 2nd House Chiron , Ceres Plutão Lua Urano Júpiter
Gêmeos 3ª Casa Mercúrio Júpiter Ceres Quíron Urano
Câncer 4th House Lua Saturno Júpiter Marte Vênus
Leo 5ª Casa Dom Urano Netuno Mercúrio Marte
Virgem 6ª Casa Ceres , Quíron Netuno Plutão , Ceres , Mercúrio Vênus Saturno
Libra 7th House Vênus Marte Saturno Dom Netuno
Escorpião 8th House Plutão Chiron , Ceres Urano Lua Saturno
Sagitário 9ª Casa Júpiter Mercúrio Quíron Ceres Dom
Capricórnio 10ª Casa Saturno Lua Marte Júpiter Plutão
Aquário 11ª Casa Urano Dom Mercúrio Netuno Mercúrio
Peixes 12ª Casa Netuno Ceres , Quíron Vênus Plutão , Ceres , Mercúrio Lua

Nota : Os planetas na tabela regem os signos na mesma linha e as casas correspondem aos signos na mesma linha (isto é, Marte rege Áries; Áries e a primeira casa compartilham algumas correspondências). No entanto, é apenas a astrologia moderna que liga os planetas às casas nesta ordem. [56] A maior parte da tradição atribui os governos planetários de acordo com a antiga ordem astronômica dos caldeus dos planetas citação necessária ] (Saturno, Júpiter, Marte, Sol, Vênus, Mercúrio, Lua; a ordem anterior dos planetas à distância da Terra geocentricamente ):

Tabela 2: Casas tradicionais e relações planetárias .

casa Planeta governante tradicional Alegria Planetária
1ª Casa Saturno Mercúrio
2nd House Júpiter N / D
3ª Casa Marte Lua
4th House Dom N / D
5ª Casa Vênus Vênus
6ª Casa Mercúrio Marte
7th House Lua N / D
8th House Saturno N / D
9ª Casa Júpiter Dom
10ª Casa Marte N / D
11ª Casa Dom Júpiter
12ª Casa Vênus Saturno

Notas 

  1. ^ Hone (1978), p.22
  2. ^ Hone (1978) p. 19
  3. ^ Arroyo (1989) pp. 7, 27
  4. ^ Hone (1978), p.19 8o parágrafo
  5. ^ Copenhaver, Brian P. (1992) Hermetica: O grego Corpus Hermeticum e o latim Asclepius em uma nova tradução em inglês com notas e introdução, Cambridge University Press: New York, NY.
  6. ^ http://spokensanskrit.de/index.php?tinput=budha&direction=SE&script=HK&link=yes
  7. ^ http://www.behindthename.com/name/venus
  8. ^ http://www.etymonline.com/index.php?term=Demeter
  9. ^ Dórico Da , proto-grego * De , “terra” + metro , “mãe”. Oelemento dā não é tão simplesmente igualado à “terra”, de acordo com John Chadwick (Chadwick, The Mycenaean World [Cambridge University Press] 1976, p. 87): “Todo grego sabia das funções maternas de Deméter; se seu nome tivesse a menor semelhança com a palavra grega para ‘mãe’, seria inevitavelmente deformada para enfatizar essa semelhança. […] Como ela escapou da transformação em * Gāmātēr , um nome transparente para qualquer falante de grego? “* Deus pai .
  10. ^ Monier-Williams, também “ele é o principal ofertante de orações e sacrifícios, e, portanto, representado como o tipo da ordem sacerdotal, e o Purohita dos deuses com quem intercede pelos homens”.
  11. ^ http://spokensanskrit.de/index.php?tinput=vaasuki&direction=SE&script=HK&link=yes
  12. ^ http://spokensanskrit.de/index.php?script=HK&tinput=Varuna&country_ID=&trans=Translate&direction=AU
  13. bIr para: Todas as velocidades tiradas do StarFisher
  14. ^ Com as exceções do Sol e da Lua, todos os planetas são capazes de se transformar em movimento retrógrado e temporariamente parecerem não se mover, não é a isso que a velocidade mais baixa se refere neste caso. “Velocidade mais baixa” na seção refere-se à velocidade mais rápida em que um planeta pode se mover quando retrógrado, revertendo seu progresso.
  15. ^ Darmstadt Hs. 266
  16. ^ Blockbuch Basileia AN V 37a
  17. ^ Thott 290,2 (1459)
  18. ^ Wolfegg Hausbuch (C. 1470)
  19. ^ CGM 558 (C. 1490)
  20. ^ Fuchs, BA (1909). Die Ikonographie der sieben Planeten in der Kunst Italiens bis zum Ausgang des Mittelalters [ A iconografia dos sete planetas na arte dos italianos através do final da Idade Média ] (Tese). Munique.
  21. ^ Panofsky, E .; Saxl, F. (1990). Saturno e Melancolia . Frankfurt.
  22. ^ Hauber, A. (1916). Planetenkinderbilder und Sternbilder . Straßburg.
  23. ^ Baer, ​​E. (1968). “Representações de” crianças do planeta “em manuscritos turcos”. Boletim da Escola de Estudos Orientais e Africanos . 31 .
  24. ^ Michael Meyer em khaldea.com, Rob Hand “Horoscope Symbols”
  25. ^ Jeff Mayo, Teach Yourself Astrology , pp. 17–28, Hodder e Stoughton, Londres, 1964; Sasha Fenton Understanding Astrology , pp. 106–112, The Aquarian Press (Harper Collins), Londres, 1991; Derek e Julia Parker, The New Compleat Astrologer , pp. 86–99, Crescent Books, Nova York, 1971; Maritha Pottinger Astro Essentials , pp. 11-14, 17-18, ACS Publications, San Diego, 1991
  26. ^ De volta de Sarany, Géza Ibid., 37.
  27. ^ https://theastrocodex.com/2017/07/20/mercury-rulership-exaltation-detriment-fall/
  28. ^ New Yorker, 20 de maio de 2013.
  29. ^ https://theastrocodex.com/2017/08/01/venus-rulership-exaltation-detriment-fall/
  30. ^ De volta de Surany, Géza. Manual de Astrología Médica. Índigo.1988. 214 páginas, p. 32.
  31. ^ Henbest, ibid
  32. ^ Ingersoll, AP; Dowling, TE; Gierasch, PJ; Orton, GS; et al. “Dinâmica da atmosfera de Júpiter” (PDF) . Instituto Lunar e Planetário . Consultado em 1 de fevereiro de 2007 .
  33. ^ George W. Wetherill (1994). “Possíveis consequências da ausência de” Júpiteres “nos sistemas planetários”. Astrofísica e Ciência Espacial . 212 : 23–32. Bibcode : 1994Ap & SS.212 … 23W . doi : 10.1007 / BF00984505 . PMID  11539457 .
  34. ^ 1952-, Dalal, Roshen, (2010). Hinduísmo: um guia alfabético . Nova Deli: Penguin Books. ISBN 9780143414216. OCLC  664683680 .
  35. ^ .html Tetrabiblos por Claudius Ptolemy publicado na Biblioteca Clássica Loeb, 1940
  36. “Sefer ha-Yetzirah (O Livro da Formação)” (PDF) . Gra Version Traduzido por Aryeh Kaplan .
  37. ^ https://theastrocodex.com/2017/08/02/saturn-rulership-exaltation-detriment-fall/
  38. ^ Jeff Mayo, Ibid , pp. 28-33, 1964; Sasha Fenton Ibid , pp. 112-115, 1991; Derek e Julia Parker, Ibid , pp. 100-105, 1971; Maritha Pottinger Ibid , pp. 15–19, 1991
  39. ^ https://theastrocodex.com/2017/08/02/uranus-astrology/
  40.  Julian Ting (2014). Astrologia racional, Julian Ting – Amazon.com . p. 144
  41. ^ Julian J.-L. Ting (2013). mecânica clássica: Julian J.-L.Ting: Amazon.com Books . Plataforma de Publicação Independente CreateSpace; 2ª edição (25 de novembro de 2013). p. 384. ISBN 978-1494279295.
  42. Netuno: Planeta da ilusão . ASTROLOGY.COM. 24 de novembro de 2009 . Consultado em 29 de julho de 2016 .
  43. ^ Creighton Gilbert, Caravaggio e seus dois cardeais (Penn State University Press, 1995), pp. 124-125.
  44. cIr para: https://theastrocodex.com/2017/08/02/pluto-astrology/
  45. ^ http://astrologyclub.org/pluto-control-vs-empowerment/
  46. ^ EV Pitjeva, “Determinação precisa do movimento dos planetas e algumas constantes astronômicas das observações modernas”, União Astronômica Internacional de 2004,http://journals.cambridge.org/production/action/cjoGetFulltext?fulltextid=303499
  47. ^ http://astrologyclub.org/asteroid-ceres/
  48. ^ http://pandoraastrology.com/blog/ceres-rules-taurus
  49. ^ http://astrodynamics.net/tag/chiron-ruler-of-virgo/
  50. ^ Martin, Helena Planetas no universo astrológico (los planetas no universo astrológico) , pp. 333-334, ed. Indigo, Barcelona, ​​1990
  51. ^ http://www.astrostar.com/articles/Ceres.htm
  52. “Cópia arquivada” . Arquivado a partir do original em 19 de novembro de 2010 . Consultado em 2 de fevereiro de2011 .
  53. ^ Richard Brown: Planetas novos
  54. ^ AstroTransits.blogspot.com Novos planetas anões em Astrologia (Sedna, Eris, Haumea, Quaoar, Makemake, 2002 TC302, Orcus, e outros
  55. ^ Linda Goodman, Sun Signs , p226, Pan Books, Londres, 1982
  56. ^ http://theastrologypodcast.com/2014/06/10/rationale-significations-houses/

Referências 

  • Arroyo, Stephen (1989). Manual de interpretação de gráficos . Califórnia: Publicações do CCRS.
  • Hone, Margaret (1978). O livro de texto moderno da astrologia . Edição revisada. Inglaterra: LN Fowler & Co. Ltd.
  • Houlding, D (2006). As Casas – Templos do Céu O Astrólogo Wessex, Bournemouth, Inglaterra.
  • Ptolomeu, C. trans Ashmand, J. (2002). Tetrabiblos Astrology Classics, Maryland, EUA

>>>><<<<<<

Atenção: Para a Sabedoria iniciática Feminina; os astros acima: sol, lua, ceres, venus, e outros como asteróides e estrelas: ver aqui: http://sagradofeminino.saberes.org.br/saberes-ancestrais-femininos-sabedoria-espiritualidade-psicologia-saude-danca-feminina/astros-asteroides-estrelas-constelacoes-de-tonicas-femininas-para-encontra-los-e-entender-o-feminino-no-seu-mapa-astrologico/